Maracás: Indivíduo é preso acusado de matar o próprio pai e atear fogo no corpo da vítima

/ Polícia

A Polícia Civil de Maracás prendeu, na quinta-feira (20),um jovem de 26 anos, acusado de matar o próprio pai, José Adenaldo Sampaio de Almeida, e em seguida atear fogo no corpo e enterrar os restos mortais da vítima.

O caso, segundo informou a Polícia Civil, ocorreu no dia 19 de dezembro de 2019. Após as investigações, foi cumprido o mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça local. Ainda conforme a Polícia, o suspeito é usuário de drogas e já possui passagens por furtos e outros crimes.

A motivação do homicídio não foi informada. Os restos mortais da vítima, encontrados enterrados no quintal de casa, foram encaminhados à perícia em Jequié, e foram colhidos material para exame de DNA, cujos laudos estão sendo aguardados pela autoridade policial, para a conclusão dos trabalhos da Polícia Civil.

Os comentários estão fechados.