Levantamento da SEI indica que 180 mil mulheres se tornaram mães em 2021 na Bahia

/ Bahia

Mais de 180 mil mulheres se tornaram mães em 2021 na Bahia, segundo um levantamento divulgado nesta sexta-feira (6) pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais (SEI-BA). Entre estas, 1,5 mil eram crianças ou adolescentes com menos de 14 anos.

O perfil das mães indica que a grande maioria era jovem (20 a 29 anos) ou adulta (30 anos ou mais). Esses grupos etários respondiam por, respectivamente, 48,1% e 35,6% das mulheres que se tornaram mães na Bahia em 2021. Já entre a população feminina adolescente na Bahia, de 10 a 19 anos, 2,56% tiveram filho(s) em 2021.

Entre os filhos nascidos vivos, a maioria foi do sexo masculino, o que equivalia uma razão dos sexos de 104, ou seja, para cada 100 meninas nascidas vivas na Bahia em 2021, nasceram 104 meninos.

No ano passado, 164 mulheres morreram por causas maternas. Isso significa que houve 8,9 óbitos maternos a cada 100 mil nascidos vivos. Metade dos óbitos ocorreu durante o puérperio. As principais causas foram: eclampsia (10,4%); hipertensão gestacional (5,5%) e; hemorragia pós-parto (5,5%).

Os comentários estão fechados.