Justiça decreta prisão preventiva do ex-prefeito de Santo Amaro, acusado de desviar verbas

/ Justiça

Ricardo Machado já se encontra preso. Foto: Reprodução

A justiça decretou nesta quinta-feira (17) a prisão preventiva do ex-prefeito de Santo Amaro da Purificação, Ricardo Machado, e mais dois acusados da Operação Adsumu: os empresários Jonaldo do Carmo e Manuel Barreto. O ex-prefeito se encontra preso temporariamente desde domingo (13), após se entregar. Machado é acusado de integrar um esquema de desvio de verbas e fraude em licitações e ficou um tempo foragido. Segundo a investigação do Ministério Público Estadual, o grupo teria desviado cerca de R$ 24 milhões.

Deixar uma Resposta