Jerônimo critica ACM: ”Não assume seu presidente, foge de debates e não tem postura”

/ Política

Jerônimo é candidato ao governo do estado pelo PT. Foto: Divulgação

O candidato a governador Jerônimo Rodrigues (PT) criticou a ‘postura’ do ex-prefeito de Salvador Acm Neto (União Brasil) por, segundo o petista, ‘não assumir seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL) e tentar pegar carona na popularidade de [ex-presidente e candidato] Lula’.

”Não tem coragem de assumir quem é seu presidente, não tem coragem de ir aos debates e não tem postura para governar”, criticou Jerônimo. ”Eu digo e repito: a Bahia precisa de Lula, Lula precisa da Bahia e o Brasil precisa de Lula. O Brasil tem jeito e a Bahia tem lado. Lula lá, Jerônimo cá e Otto senador.”, continuou.

Jerônimo também criticou a gestão do ex-prefeito na capital baiana. De acordo com o petista, se não fossem as obras realizadas pelo Governo do Estado, Salvador estaria ‘largada e toda maquiada’. ”O ex-prefeito só maquiou a cidade”, ressaltou. ”Quem fez Salvador avançar foi a gestão estadual, ele só maquiou tudo.”, disse.

Acompanhado pelo candidatos a vice, Geraldo Júnior (MDB), e ao Senado, Otto Alencar (PSD), e pelo governador Rui Costa (PT), além de várias lideranças políticas, o candidato de Lula na Bahia participou, na manhã deste domingo (21), de uma megacarreata pelo Subúrbio Ferroviário de Salvador. Seguida por milhares de veículos e muito festejada pelos moradores, a celebração percorreu 23 quilômetros, da Calçada até Nova Brasília de Valéria, passando por Plataforma e Periperi.

”Nosso time é o time que cuida de gente”, afirmou Jerônimo, enfatizando que vai realizar uma gestão focada na inclusão social, no combate ao desemprego e à fome e na atuação firme na área da segurança pública.

Os comentários estão fechados.