Jequié: Servidores públicos lotam Câmara para acompanhar pedido de suplementação

/ Jequié

Governistas buscam alternativa para aprovar suplemetação
Governistas buscam alternativa para aprovar suplementação

A as galerias da Câmara Municipal de Jequié estiveram lotadas de servidores públicos nesta terça-feira (7), quando foi apresentado pelo presidente da Casa, José Simões (PP), o Projeto de Lei 18/2014, de autoria do Executivo, constante do pedido de autorização para suplementação de mais de 22% no Orçamento Municipal. De acordo com o Jequié Repórter, o Projeto foi encaminhado pelo líder do Poder Legislativo para as Comissões de Justiça e Finanças (presididas pelos vereadores José Wanderley e Ednael Almeida, respectivamente) para emitirem seus pareceres. Com a presença de dezenas de funcionários terceirizados e prestadores de serviços, não se chegou a um acordo nas propostas apresentadas por vereadores das bancadas da maioria e minoria. Presidentes do Sinserv (Servidores Municipal), APLB (trabalhadores da Educação) e dos Agentes Comunitários de Saúde e de Agentes de Combates às Endemias foram chamados para acompanhares a discussão das propostas.

Servidores lotaram as galerias da Câmara Municipal de Jequié
Servidores lotaram as galerias da Câmara Municipal de Jequié

O vereador João Cunha defendeu a aprovação de uma suplementação parcial de 10% para quitar salários de setembro até o final do ano, incluindo o 13º salários de funcionários ativos e inativos. Já o líder da prefeita na Câmara, vereador Manoel Gomes defendeu a inclusão de pagamentos de outras rubricas incluindo o transporte e a alimentação escolar. Estabelecida a divergências entre as várias propostas levadas à tribuna, foi decido o encaminhamento do texto original do projeto às Comissões, devendo os pareceres, individuais ou em conjunto serão levados a análise e votação na sessão de quarta-feira, 8. O entendimento dos vereadores de oposição é de que o pedido de suplementação, apesar de incluir o pagamento de salários, inclui outras despesas que não estariam explícitas. No índice de 22% do orçamento, a suplementação garante uma dotação na ordem de R$ 56.152 milhões ao município de Jequié.

Os comentários estão fechados.