Jaguaquara: PRF revela redução nas mortes por acidentes na BR-116, trecho da Serra do Mutum

/ Imprensa, Jaguaquara

Serra do Mutum tem redução de acidentes. Foto: Blog Marcos Frahm

Um levantamento feito pela redação do Blog Marcos Frahm junto a Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostra que houve redução nas mortes por acidentes na BR-116, sobretudo na Serra do Mutum, entre os municípios de Jaguaquara e Jequié, trecho considerado um dos mais perigosos da rodovia federal no Sudoeste baiano. Na Serra, que é área de abrangência da Delegacia 10/3 da PRF de Jequié, o último acidente com vítima fatal foi registrado em (05) de fevereiro deste ano. Na ocasião, uma carreta – caçamba desgovernada atingiu vários veículos e provocou uma morte no local, no KM 643, por volta das 19h. A carreta atingiu inicialmente um Ford/KA, um VW/Gol e um automóvel Hyundai Tucson, vitimando fatalmente a passageira do carro, identificada como Rita de Cássia Santos Correa, de 57 anos, moradora de Jequié, que não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no local. O marido da vítima e motorista do carro, Dermival Jospe Souza Correia, chegou a ser socorrido ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, transferido posteriormente para uma unidade hospitalar da capital baiana, mas também não resistiu. A morte do casal comoveu a população regional, que desenvolveu campanha em rede social pela duplicação do trecho. Contudo, até hoje, nem a Concessionária ViaBahia, que administra a rodovia, nem o Governo Federal se manifestaram sobre a prometida obra de duplicação. A redução no número de acidentes com mortes na Serra do Mutum é significativa em comparação com anos anteriores, quando acidentes graves eram registrados com frequência. Melhorias na sinalização, instalação de radares e a intensificação das fiscalizações e conscientização dos motoristas por parte da PRF contribuem para a redução.

Os comentários estão fechados.