Jaguaquara: Prefeito recorre ao Estado para discutir apoio ao Colégio Luzia Silva e SEC garante até 2019

/ Jaguaquara

Audiência na SEC discute situação do Luzia Silva. Foto: Divulgação

A decisão da Secretaria Estadual da Educação de excluir as matrículas do 6º Ano do Ensino Fundamental do Colégio Luzia Silva, em Jaguaquara, voltou a ser assunto de discussão, nesta segunda-feira (3), durante audiência solicitada pelo prefeito Giuliano Martinelli (PP) na sede da SEC, em Salvador, mesmo após o Governo já ter confirmado, na semana passada, que manteria o apoio ao colégio que pertence à instituição católica Irmãs Ursulinas e funciona com convênios entre Estado e Município. O encontro contou com a presença do chefe do Executivo de Jaguaquara, acompanhado do deputado eleito Zé Cocá (PP), da secretária municipal de Educação, Jurema Bonfim e do diretor do Luzia, o professor André Dias. A comissão de Jaguaquara foi recebida pela secretária do secretário Walter Pinheiro, Isabela Paim. No entanto, a representante da SEC confirmou o apoio, que irá perdurar apenas no ano de 2019, sob alegação de que a responsabilidade do Estado é com o Ensino Médio, com base na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). Um dos desejos da direção é a implantação do Ensino Médio na instituição, que oferece os ensinos Fundamental I e II. Apesar de o Estado garantir o apoio financeiro por mais um ano, apenas, o prefeito emitiu nota pública comemorando o resultado da reunião. Leia abaixo

”Lutaremos por dias melhores sempre! Essa é nossa missão enquanto responsáveis pelo município de Jaguaquara. Estávamos há mais de 15 dias discutindo junto ao governo do estado  a mudança de decisão referente à extinção das turmas do ensino Fundamemtal do Colégio Luzia Silva, a começar pelo sexto ano. Juntamente com o nosso Deputado eleito Zé Cocá buscávamos com o apoio da equipe diretiva do Luzia  novos rumos para essa instituição. Jaguaquara se uniu a nós e demonstrou frente ao governo do estado a maior mobilização em prol da permanência e manutenção do ensino fundamental na unidade. De maneira incisiva e respaldada pela coerência e respeito ao governo do estado, buscamos contribuir com essa agitação educacional promovida pela comunidade estudantil e sociedade Jaguaquarense como um todo. Embora sendo lei, não podíamos nos esquivar de tentarmos manter o que de fato apresenta-se inviável para a rede pública municipal, aos cuidados do Estado. A decisão inicial do governo do estado foi reformulada e teremos agora a possibilidade de novas modalidades educacionais para esta unidade estudantil’, comenta Giuliano. O deputado eleito Zé Cocá, também comentou a audiência. ”Mais uma conquista para a comunidade. Valeu o esforço de cada um de nós que assinou o abaixo assinado, que saiu nas ruas que trocou seus perfis nas redes sociais que bradou o grito de pertença do Luzia Silva. Conseguimos mostrar nossa força junto ao governo do estado e como representante que já sou dessa querida cidade, coloco-me a disposição para continuar atuando em prol dos interesses desse povo querido. Dia melhores com certeza estão por vir”, Conclui Zé Cocá

 

Deixar uma Resposta