Jaguaquara: Apoiador do mesmo governador, Raimundo descarta aliança com a prefeita

/ Jaguaquara

Raimundo também apoiou Jerônimo ao Governo. Foto: Rede social

O ex-vereador Raimundo Louzado, líder do PSD de Jaguaquara e segundo colocado nas eleições municipais de 2020 negou, peremptoriamente, que estaria se articulando para apoiar a candidatura da prefeita Edione Agostinone (PP) à reeleição em 2024 sob anuência do senador Otto Alencar, cacique do seu partido na Bahia.

Raimundo dividiu o mesmo palanque com Agostinone nas eleições 2022, quando ambos apoiaram a candidatura do governador eleito, Jerônimo Rodrigues (PT) ao Palácio de Ondina. Entretanto, Louzado nega aproximação com a mandatária e garante que a presença no palanque foi em razão da conjuntura estadual.

”Estive no palanque apoiando Jerônimo e Otto por entender que era o melhor projeto para a Bahia e isso não significa que formamos uma aliança para as próximas eleições. Otto foi importante para nós, da oposição, quando nos garantiu o partido para disputarmos a prefeitura e nós não poderíamos ser ingratos. Nós temos planos para o futuro e o primeiro deles é a união de forças por uma cidade que possa ser governada sem perseguição. A chance de aliança com o projeto que aí está é zero”, disse Raimundo, por telefone, na noite desta quinta-feira (10). Na disputa pelo voto de deputados, ele também foi o segundo colocado ao transferir votos para Alex da Piatã (PSD) e Antonio Brito (PSD).

Os comentários estão fechados.