Itiruçu: Ezequiel diz que eleição da Câmara foi legal e rechaça acusação de atentado em casa de ex-prefeito

/ Itiruçu

Ezequiel foi reeleito presidente da Câmara. Foto: Blog Marcos Frahm

O presidente reeleito da Câmara Municipal de Itiruçu, Ezequiel Borges, emitiu nota para esclarecer colocações feitas na imprensa e em redes sócias por adversários políticos, sobre possível ilegalidade no processo de votação da eleição para escolha da nova Mesa Diretora da Casa de Leis, ocorrida na sessão de quarta-feira (27), que resultou na sua recondução ao cardo de presidente para o Biênio 2019/2020. Ezequiel ressalta que a eleição transcorreu dentro da normalidade, obedecendo às normas do Regimento Interno da Casa, inclusive, com a participação da maioria dos pares. ”Talvez, a nossa vitória, consagrada democraticamente nas urnas pelo povo de Itiruçu, e confirmada pela Justiça Eleitoral, em outubro de 2016, ainda não é aceita pelos nossos adversários políticos, ou a nossa boa conduta os incomoda. Fui surpreendido nesta quinta-feira nas redes sociais e em alguns veículos de imprensa, com colocações feitas de forma tendenciosa por um advogado e ex-prefeito de Itiruçu, contestando o processo de votação da escolha da Mesa Diretora da Câmara, que foi realizado com transparência e lisura pela Casa, que está à disposição de todos para esclarecer eventuais dúvidas acerca da votação”. Ezequiel Borges comentou ainda sobre as acusações de que teria influenciado um grupo de pessoas a soltar fogos de artifício lançados na direção da residência do ex-gestor. ”É um absurdo fazer atribuição falsa, de conduta errônea, a quem preza pelo respeito ao valor essencial do ser humano. Exijo dos órgãos competentes apuração severa das circunstâncias que identifiquem o ato e repudio qualquer tentativa de macular a minha imagem, de tentar desqualificar uma luta que começou e vai terminar regida pelo princípio da legalidade. Estarei sempre à disposição da sociedade e das autoridades competentes para prestar os devidos esclarecimentos com máxima transparência sobre qualquer assunto relacionado à minha atuação na vida pública. Saliento que um projeto sério, transparente e arrojado para melhorar a vida das pessoas que mais necessitam do poder público em nossa Itiruçu não será interrompido por acusações levianas. Estarei atentos a manobras que visem atingir a imagem do nosso projeto de transformação. O trabalho e a intransigente defesa dos interesses do povo itiruçuense vão continuar”, concluiu. 

Os comentários estão fechados.