Irajuba: Prefeitura decide pagar, professores encerram greve e alunos voltam às aulas

/ Educação

Professores enfrentam transtornos em Irajuba. Foto: APLB Sindicato

Os professores da rede municipal de ensino de Irajuba decidiram encerrar a greve iniciada na semana passada, pelo não recebimento de salários. De acordo com o diretor do Núcleo Sindical APLB-Irajuba, José Carlos, em conversa por telefone com o Blog Marcos Frahm, nesta quinta-feira, a Prefeitura não teria efetuado o pagamento do salário de novembro e de parte do 13º salário, o que motivou mobilização dos educadores, após assembleia que teria sido realizada no dia 21 de dezembro. Para o fim da greve, na quarta-feira (3), a Prefeitura efetuou o pagamento do salário de novembro, e o restante do 13º salário. Desta forma, os professores retomaram as atividades, para conclusão do calendário letivo, com reposição de aulas aos estudantes da rede municipal, que teriam sido prejudicados por conta da paralisação nas escolas. Contudo, os professores e outros servidores da Educação local aguardam o pagamento do salário referente ao mês de dezembro. ”Foram dias de preocupação aqui no município, com o alunado prejudicado por conta desse atraso. Foi uma situação lamentável, porque a educação é a máquina deste país e isso não pode acontecer. Infelizmente, houve necessidade da greve, que trouxe muita preocupação para os alunos, para os pais, mas acabou tudo bem e as escolas estão funcionando normalmente para findar o ano letivo com o acréscimo de mais cinco dias. Apesar disso, nós estamos preocupados e já temos uma assembleia agendada para discussão da questão do salário de dezembro”, disse o diretor do sindicato dos professores de Irajuba, José Carlos. A situação vexatória para a Prefeitura, que atrasou os proventos de servidores que são pagos com recursos do Fundeb, repercutiu na imprensa baiana, após mobilização da classe educacional.

Os comentários estão fechados.