Influenciadores digitais são prioridades na vacinação contra o coronavírus na Indonésia, com 25 mil mortes

/ Mundo

Ter uma legião de seguidores no Instagram é motivo de passar na frente na fila de vacinação contra o coronavírus na Indonésia. Os influenciadores digitais entraram para a fila de prioridade em um dos países mais populosos do mundo.

O país, que enfrenta o surto mais grave no sudeste da Ásia com 25 mil mortes causadas pela doença iniciou na última terça-feira (13) a vacinação com doses da CoronaVac, da empresa chinesa Sinovac Biotech.

O plano de vacinação adotado pela Indonésia é vacinar pessoas de 18 a 59 anos antes dos idosos.

Em entrevista à agência de notícias Reuters, o ministro da Saúde Siti Nadia Tarmizi, afirmou que a decisão de colocar os influencers como prioridade é uma estratégia de comunicação do governo.

A chefe da agência de saúde de Bandung, Ahyani Raksanagara, disse à Reuters que espera que os artistas e influenciadores consigam “transmitiriam influências e mensagens positivas” sobre a prevenção, e especialmente para os jovens, que são céticos quando a segurança e a eficácia das vacinas.

Deixar uma Resposta