índice de inflação da ”cesta básica” dá trégua em maio, mas sobe quase 27% em 12 meses

/ Economia

O índice de inflação da cesta básica no Brasil teve queda de 0,71% em maio, aponta estudo de professores do curso de economia da PUCPR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná).

Foi a primeira baixa do indicador desde dezembro do ano passado. A trégua veio após a inflação da cesta básica disparar 5,27% em março e 5,55% em abril.

Os avanços acima de 5% haviam ocorrido em um contexto de custos elevados para produção de alimentos, restrições de oferta em razão do clima adverso e alta de commodities agrícolas devido à Guerra da Ucrânia.

Mesmo com o alívio mensal, a inflação da cesta básica ainda ronda os 27% no acumulado de 12 meses, prejudicando principalmente os mais pobres, que têm menos condições financeiras para enfrentar a carestia.

No acumulado até maio, a alta dos preços foi de 26,75%, segundo o estudo da PUCPR. Nessa base de comparação, o avanço até abril era de 28,90%.

A cesta básica também continua distante do índice geral de inflação no Brasil, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). Até maio, o IPCA subiu 11,73% em 12 meses.

Os comentários estão fechados.