Guilherme Boulos e Jair Bolsonaro trocaram ofensas no primeiro bloco do debate da Banda

/ Política

Boulos perguntou a Bolsonaro: quem é a Val? Foto: Reprodução

O primeiro bloco do debate entre os presidenciáveis na TV foi marcado por um forte embate entre o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e o líder do MTST, Guilherme Boulos (Psol). Antes de fazer sua pergunta ao parlamentar, o candidato do Psol o acusou de ser racista, homofóbico e machista e de ter feito da política um negócio. Em seguida, questionou Bolsonaro sobre uma suposta ”funcionária fantasma” que trabalha em seu gabinete. O deputado respondeu que a funcionária presta serviços a ele e que não há irregularidade. Argumentou ainda que o Ministério Público já o investigou e não encontrou nada. No contra-ataque, Bolsonaro criticou ”atos de invadir propriedade privada” em referência às ocupações do MTST. ”É uma funcionária fantasma do gabinete que cuida dos cachorros dele em Angra dos Reis. Bolsonaro é farinha do mesmo saco. Representa a velha política”, disse Boulos, acrescentando que durante o período de Bolsonaro na política ele obteve mais imóveis (5) do que projetos aprovados (2). Na tréplica, o candidato do PSL se irritou. ”Não vim aqui para bater boca com um candidato desqualificado”, rebateu. Antes, já tinha dito que sua família faz um trabalho ”a contento” na política. Os filhos do deputado são parlamentares.

Os comentários estão fechados.