Greve dos Correios: Tribunal Superior do Trabalho aprova reajuste de 2,6% aos funcionários

/ Justiça

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) aprovou nesta segunda-feira (21)  um reajuste de 2,6% para os funcionários dos Correios. A maioria do tribunal decidiu que a greve, iniciada no dia 17 de agosto, não foi abusiva. Com isso, metade dos dias de greve será descontada do salário dos empregados. A outra metade deverá ser compensada.

 De acordo com a assessoria do sindicato da categoria, uma assembléia será realizada nesta terça-feira (22) para definir a data de retorno das atividades. Se os funcionários não retornarem aos postos de trabalho, a categoria fica sujeita a multa diária de R$ 100 mil.

O secretário-geral da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresa dos Correios e Similares, José Rivaldo, afirma que para a entidade a greve continua. O resultado do julgamento será discutido em assembleia com os trabalhadores.

Os comentários estão fechados.