Governador reeleito de Minas, Zema declara apoio a Bolsonaro, e presidente fala em ajuda decisiva

/ Política

Zema, por sua vez, disse que tem divergências com Jair. Foto: Em.com

O governador reeleito Romeu Zema (Novo-MG) anunciou nesta terça-feira (4) o apoio à reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL). O mandatário afirmou que a ajuda de Zema é ”essencial” e ”decisiva” para que vença as eleições.

Zema, por sua vez, disse que tem divergências com o chefe do Executivo, mas que neste segundo turno das eleições é importante deixar as diferenças de lado para evitar uma vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

”Sempre dialoguei com o presidente Bolsonaro, sabemos que em muitas coisas convergimos e em outras, não, mas é momento em que Brasil precisa caminhar para frente e eu acredito muito mais na proposta do presidente Bolsonaro do que na proposta do adversário”, disse.

Bolsonaro afirmou que sempre teve afinidades com Zema, mas que lançou o senador Carlos Viana (PL-MG) para a disputa ao Governo de Minas para facilitar a chegada de seu nome em ”pontos mais isolados do estado”.

”Quem ganha lá [em Minas Gerais], diz a tradição, pode ganhar a Presidência”, resumiu o presidente. Ao lado de Zema, Bolsonaro afirmou que também está marcado para encontrar nesta terça-feira o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), que ficou em terceiro lugar nas eleições e não conseguiu ir para o segundo turno.

Bolsonaro também disse que está aberto a conversar com ACM Neto (União Brasil), que disputará o segundo turno das eleições para governador da Bahia contra Jerônimo Rodrigues (PT), que tem o apoio de Lula. ”Se o ACM Neto quiser, estou à disposição”, disse.

*Matheus Teixeira/Folhapress

Os comentários estão fechados.