Fiscalização da Prefeitura de Jequié impede acesso de carros e motos nas margens da Cachoeira do Humaitá

/ Jequié

O município possui rios, riachos e cachoeiras. Foto: Secom

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Agricultura Irrigação e Meio ambiente e da Diretoria de Meio Ambiente, realizou, na manhã de quinta-feira (21), uma inspeção ambiental nas áreas do entorno da Cachoeira do Humaitá, que fica localizada no distrito de Florestal, região do povoado de Campo Largo, há cerca de 24 quilômetros da sede do município. Os técnicos foram averiguar, após denúncias de frequentadores do local, a existência de depredação ambiental, impactada pela retirada de arbustos e árvores nativas para fazer fogo e os inúmeros depósitos de lixos deixados por banhistas que usam a cachoeira em dia de lazer.

A inspeção verificou que houve a recuperação da estrada vicinal que dá acesso à Cachoeira, realizada pela Prefeitura de Jequié, e que foi feita, também, uma limpeza substancial, pelos proprietários de fazendas da localidade. No entanto, para que minimize os impactos quanto ao uso de tão importante patrimônio ambiental, os técnicos da diretoria de Meio Ambiente, embasados por pelo relatório SAIMA-DMA nº19/2009, concluíram a necessidade, urgente, de colocação de placas informativas e o fechamento de uma estrada lateral na área de preservação permanente (APP), cachoeira, pois estava sendo permitido o acesso de carros e motos, danificando, assim, o leito do rio. Uma notificação foi encaminhada ao proprietário da fazenda, para que este tome conhecimento da averiguação técnica e que, a partir disso, as providencias sejam tomadas, encerrando o impacto ambiental.

Ao longo dos últimos anos, as pessoas têm usado os recursos naturais da nossa região, atuando sobre o meio ambiente, transformando as paisagens, alterando as dinâmicas ambientais e o equilíbrio dos ecossistemas. Mesmo com a fiscalização dos órgãos ambientais esse tipo de ação causa danos, pois muitos dos frequentadores desses locais não têm preocupação com o equilíbrio ecológico ou mesmo com a compreensão dos fluxos e dinâmica que são estabelecidos no ambiente.

O município de Jequié possui uma grande e variada riqueza natural, como rios, riachos e cachoeiras, perfazendo uma grande patrimônio ambiental e é necessário que haja um maior controle e fiscalização dessas áreas naturais, também por parte dos proprietários de fazendas e propriedades rurais evitando, assim, impactos mais expressivos.

Os comentários estão fechados.