”Filho de papai, nasceu em berço de ouro e acha que todo mundo tem que se abaixar”, diz Rui sobre ACM

/ Política

Governador Rui Costa. Foto: Matheus Morais/bahia.ba

O governador Rui Costa (PT) partiu para o contra-ataque e, em uma série de críticas, associou o pré-candidato ao governo do estado e ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil), a quem chamou de ‘filho de papai’, ao autoritarismo político. A declaração foi dada durante entrevista à rádio Portal do Oeste FM, de Ibotirama.

”Tem gente que é nova de idade, mas velha de cabeça. É que na verdade ele [ACM Neto] não tem com ninguém uma relação de amizade, de afeto, de carinho, de relacionamento. Isso ele não tem com ninguém. Porque ele é o filhinho de papai que acha que os outros têm que receber grito e ordem dele.”, criticou Rui.

”Ele se relaciona com gritos com os secretários, se relaciona com gritos, com esporro, com todo mundo, ele é essa pessoa que nasceu em berço de ouro e acha que todo mundo tem que se abaixar e se ajoelhar em frente dele. Então eles nunca se conformam de uma pessoa simples como eu ter sido eleito como governador”, emendou.

Para Rui, aos poucos, o pré-candidato petista ao governo do estado, o ex-secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues, está se tornando conhecido e o ‘povo dará uma reposta nas urnas’ para ACM Neto, a quem o governador associou com o presidente Jair Bolsonaro.

”Ele é aliado de Bolsonaro e quer que o estilo de Bolsonaro continue fazendo o povo da Bahia sofrer, mas o povo, aos poucos, vai conhecendo o nosso candidato [Jerônimo], o candidato de Lula, e logo o povo dará resposta a ele e a esses outros que se acham dono do poder e da história da Bahia”, completou.

Os comentários estão fechados.