Família de Ubaíra faz campanha para tratamento de criança diagnosticada com paralisia cerebral

Arthur Silva necessita de ajuda

Familiares do pequeno Arthur Silva, de quase dois anos, morador da cidade de Ubaíra, no vale do Jiquiriçá, iniciaram uma campanha para tentar arrecadar recursos para o tratamento da criança diagnosticada com paralisia cerebral do tipo discinética/distônica, um distúrbio do movimento e da postura. Com o problema, o paciente não sustenta o pescoço e a deficiência lhe impede de se manter de pé.

O diagnóstico da doença tem gerado sérias dificuldades para a criança e sua família, de origem humilde e que necessita de ajuda. A mãe do menino, Alessandra Silva Vieira dos Santos conta com a colaboração das pessoas para a propagação da campanha na rede social, cujo objetivo é arrecadar recursos que possam arcar com as despesas de um tratamento intensivo pelo método Terasuit, em uma clínica multidisciplinar de neurodesenvolvimento, localizada em Santa Catarina, o que pode possibilitar ao paciente ter independência motora e qualidade de vida. O pix disponibilizado para ajuda financeira é o número do telefone da mãe de Arthur (75) 98858-2889. O valor do tratamento intensivo é de trezentos mil reais.

Os comentários estão fechados.