Ex-vereador é assassinado a tiros em Porto Seguro e família diz que vítima recebia ameaças

/ Bahia

Velório de ex-vereador foi realizado na Câmara Foto: TV Santa Cruz

Testemunhas ouvidas na delegacia de Porto Seguro, no sul da Bahia, relataram à polícia que o ex-vereador, Aldair Silva Andrade, morto a tiros na porta de casa, estava sendo ameaçado. Conforme informações da Polícia Civil nesta segunda-feira (8), reproduzidas pelo site G1, as pessoas que foram ouvidas disseram que Aldair estava devendo a agiotas. A polícia não detalhou quem teria ameaçado Aldair. Ele foi morto no domingo (7), na Rua da Jaqueira, bairro Tabapiri, também em Porto Seguro. Outras pessoas ainda serão ouvidas nesta segunda-feira. Apesar das informações das testemunhas, a polícia não informou detalhes do caso, mas investiga o crime como execução. De acordo com a polícia, Aldair Silva Andrade, foi chamado na porta de casa e, ao sair da residência, foi atingido por cerca de três tiros no peito. O velório de Aldair ocorre nesta segunda-feira, na Câmara de Vereadores de Porto Seguro. O enterro está previsto para ocorrer ainda na manhã desta segunda-feira, no Cemitério Pousada Eterna, localizado no bairro Campinho. Aldair Silva Andrade tinha 41 anos e foi candidato a vereador de Porto Seguro nas eleições de 2016 pelo Partido Social Cristão (PSC), mas não foi eleito. De 2014 a 2016, como era suplente por um outro partido político, ele assumiu uma vaga na câmara de vereadores quando um dos edis se licenciou do cargo, segundo informou a presidência do PSC.

Os comentários estão fechados.