Euclides diz esperar que Zé Cocá saiba dividir seu tempo para cuidar de Jequié e gerir a UPB

/ Entrevista

Euclides comenta candidatura de Zé Cocá. Foto: Blog Marcos Frahm

O deputado estadual Euclides Fernandes (PDT) comentou o processo de escolha da nova Mesa-Diretora da União dos Municípios da Bahia – UPB, cuja eleição terá o prefeito de Jequié como candidato único no próximo dia (2) de março.

Para Euclides, o maior desafio de Zé Cocá (PP) será dividir seu tempo entre a entidade, a Prefeitura de Jequié e ainda responder pelo Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Médio Rio de Contas, para o qual foi eleito presidente no último dia (9) de janeiro.

Em entrevista a Rádio 93 FM, na sexta-feira (19), Euclides disse que, Cocá, que deverá ser aclamado presidente da UPB, precisará de uma boa equipe e de uma rotina organizada, para conseguir ter um período para discutir as demandas importantes dos municípios representados pela UPB e cuidar de Jequié, tendo que evitar desgaste na gestão municipal com a sua ausência. ”Vai enfrentar um grande desafio, de quem precisa conciliar uma vida dupla. Mas, não podemos deixar de esclarecer que, a candidatura do Cocá, representa uma unidade da base do governo em torno do seu nome. Ele tem a chance de assumir a UPB numa situação altamente confortável, pois tem, além do apoio do governo, a anuência da oposição, já que conquistou o apoio até do prefeito de Salvador. Agora, isso não será muito bom para Jequié, porque o município precisaria de toda a atenção do gestor para cuidar dos seus problemas e ele vai dividir a atenção. A UPB é um órgão importantíssimo, que defende bandeiras diversas dos 417 municípios e isso requer tempo e dedicação para defender as demandas junto aos governos estadual e federal”.

Contudo, Euclides reconhece que Zé Cocá é um político habilidoso e que terá chances de lograr êxito nas novas empreitadas. ”Vamos esperar que ele saiba dividir seu tempo, pois tem apoio de prefeitos, do governo, dos deputados e é bem relacionado no meio político”. Vale ressaltar que Cocá já foi afilhado político de Fernandes quando ingressou na vida pública, assumindo a Prefeitura de Lafaiete em 2009 após ser eleito pelo PDT, legenda que tem o deputado como líder regional. *Por Marcos Frahm

Os comentários estão fechados.