Estado tem 2 das 10 cidades com maiores taxas de negros mortos pela polícia; Santo Antonio lidera

/ Bahia

O estado da Bahia tem duas entre as dez cidades com as maiores taxas de negros mortos pela polícia. O dado foi apontado nesta terça-feira (23), em um levantamento feito pelo UOL, com base em informações coletadas em 2020 pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

A cidade de Santo Antônio de Jesus encabeça a lista com uma média de 15,6 mortos a cada 100 mil habitantes. O outro município baiano presente no ranking é Salvador, a única capital da lista.

Os outros municípios apontados na lista estão todos no Rio de Janeiro: São Gonçalo, Japeri, Itaguaí, Belford Roxo, Queimados, Mesquita, São João de Meriti e Angra dos Reis.

O estado com o maior número absoluto de mortes decorrentes de intervenção militar continua sendo o Rio – foram 1.245 pessoas mortas pela polícia em 2020.

De acordo com o UOL, O país registrou 5.092 assassinatos de pessoas negras em intervenções policiais no ano passado. É o equivalente a 78,9% das 6.416 mortes no período, o maior índice de letalidade policial desde 2013, quando a pesquisa começou a ser registrada pelo Anuário de Segurança Pública, divulgado em julho deste ano.

Deixar uma Resposta