Entenda como má aplicação de lentes de contato dentais fez Simaria perder dentes

/ Entrevista

Cantora Simaria revela problemas com os dentes. Foto: Reprodução

A cantora Simaria, da dupla com Simone, revelou nesta semana que está com ”fiapos” no lugar dos dentes devido à aplicação de lentes de contato com um profissional de qualificação duvidosa. As lentes de contato dentais são laminados de cerâmica usados para deixar o sorriso do paciente esteticamente mais harmônico. Podem ser corrigidas características como imperfeição de cor, tamanho, formato, além de espaços entre os dentes, entre outras. Em entrevista ao SITE Bahia Notícias, o implantodontista Rodrigo Queiroz explicou que, no caso da artista, é possível que os laminados tenham se soltado devido ao descumprimento de ‘princípios da adesão”. ”Um fator crítico é não conhecer a fundo o tipo de cerâmica que se está usando e de que maneira esse material precisa ser preparado antes de ser ‘colado’ ao dente”, explicou. ”Preparar previamente o dente, usando de artifícios corretos e conhecendo as propriedades químicas do material que se está usando, minimiza absurdamente esse tipo de problema”.

De acordo com Queiroz, após a aplicação das lentes de contato, é necessária uma série de cuidados para garantir o sucesso do procedimento e aumentar sua durabilidade. É importante abolir hábitos nocivos como roer unha e morder tampas de caneta, por exemplo. Além disso, é essencial que a técnica seja bem executada pelo profissional, de forma a garantir inclusive uma mordida com encaixe adequado. Para isso, o implantodontista lembrou que é essencial a busca pelas qualificações do profissional, principalmente a partir de referências sobre o mesmo. No caso de má colocação de lentes de contato dentais, Queiroz citou que são comuns sintomas como irritação constante na gengiva, com processo inflamatório, desgastes inadequados, lesão da polpa do dente, dor e descolamento das lentes. ”Na odontologia,  todo e qualquer procedimento deve ser embasado em publicações científicas. Dessa forma, quando não são seguidos protocolos para execução, alguns riscos podem acontecer se não realizados de maneira satisfatória”, reforçou.

Os comentários estão fechados.