Energia é restabelecida gradativamente no Vale do Jiquiriçá após várias horas de apagão

O apagão que atingiu 13 estados do Nordeste, nesta quarta-feira (21), deixou cidades do Vale do Jiquiriçá sem energia elétrica por mais de 8 horas, com algumas cidades ficando por mais tempo às escuras. O apagão foi registrado na região por volta das 15h50, sendo restabelecida gradativamente por vota das 22h20. Mas outros municípios permaneceram sem energia até o início da madrugada desta quinta-feira, inclusive com registro de novas quedas de energia por volta da 01h, na maior cidade do território, em Jaguaquara, por exemplo, onde o comércio fechou as portas mais cedo. Uma falha em um disjuntor da subestação de Xingu, que é responsável pelo escoamento de praticamente toda a geração da usina de Belo Monte teria provocado um colapso na distribuição de energia para 13 Estados do Norte e Nordeste por mais de três horas, informou o Operador Nacional do Sistema (ONS). As causas da falha no disjuntor, que afetou mais de 70 milhões de pessoas, estão sendo apuradas e devem ser conhecidas em 10 a 15 dias. De acordo com o diretor-geral da ONS, Luiz Eduardo Barata Ferreira, a falha provocou a separação dos subsistemas Norte e Nordeste. No Norte, que exporta energia para o Nordeste, o excesso de energia levou ao desligamento das usinas de geração, o que atrasou ainda mais a recomposição na região Nordeste, que hoje importa energia. Até 20h alguns Estados do Nordeste ainda estavam sem energia.

Os comentários estão fechados.