Em Ubaíra, secretário volta a desafiar alguém a provar que a Bahia tem o maior índice de criminalidade

Mandarino durante inauguração em Ubaíra. Foto: Blog do Marcos Frahm

O secretário de Segurança Pública da Bahia voltou a desafiar alguém a provar as informações que colocam o Estado liderando o ranking de criminalidade no Brasil. Ricardo Mandarino, que responde pela SSP-BA há mais de um ano visitou o Vale do Jiquiriçá, nesta segunda-feira (24), para a entrega da nova sede da Delegacia Territorial de Ubaíra e, ao discursar durante o ato inaugural, rebateu as críticas sofridas pelo Governo por parte de opositores em relação à Segurança.

Mandarino disse que ninguém sabe qual é o Estado mais violento do país. ”Temos um ano de redução de homicídios em todo o interior. Há cidades do interior da Bahia que não registra homicídios há de dois anos, isso ninguém fala. A cidade mais violenta, não tenha dúvida que é a capital, por ser a cidade maior, mas não é a mais violenta do país como as pessoas andam propagando. Salvador é uma cidade cheia de problemas, como são todas as capitais grandes do país. A gente não é uma ilha. O crime tem raízes em todo o país, tem ramificações internacionais. Então, não é possível se resolver problema criminal de forma localizada. Na visão do governador, a aplicação de recursos em tecnologia é importante”, disparou.

Durante entrega da Delegacia de Maracás, em Julho deste ano, o titular da SSP-BA já teria afirmado que ”as pessoas se valem de dados falsos ou mal-interpretados para criticar o índice de violência na Bahia. Eu desafio qualquer pessoa a provar que a Bahia tem o maior índice de criminalidade do país, isso na é verdade”, disse à época [relembre], repetindo as palavras nesta segunda, em Ubaíra.

Os comentários estão fechados.