Em três anos, presidente Jair Bolsonaro supera Dilma e Temer em uso de cartão corporativo

/ Brasília

Em apenas três anos de mandato, o presidente Jair Bolsonaro (PL) já gastou mais com o cartão corporativo do que os ex-presidentes Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB) nos quatro anos da gestão anterior. A informação foi revelada pelo Jornal O GLOBO.

Segundo a reportagem, Bolsonaro gastou R$ 29,6 milhões com cartões corporativos até dezembro do ano passado. O valor é 18,8% maior do que os R$ 24,9 milhões consumidos nos quatro anos da gestão anterior.

Além disso, somente em 2021, as despesas de Bolsonaro chegaram a R$ 11,8 milhões, o que representa o maior valor dos últimos sete anos. A quantia foi superada apenas em 2014, quando Dilma gastou R$ 13,3 milhões.

De acordo com o jornal, os montantes, que foram corrigidos pela inflação, correspondem às faturas de 29 cartões vinculados à Secretaria de Administração da Presidência da República. Os cartões estão sob a responsabilidade do mandatário, de seus familiares e auxiliares mais próximos.

Os comentários estão fechados.