Em novo decreto, prefeito de Maracás libera salões de beleza, barbearias e consultórios odontológicos

Prefeito Soya publica decreto com flexibilização. Foto: Divulgação

Em novo decreto, o prefeito de Maracás, Wilson Novaes – Soya (PDT), flexibilizou o funcionamento de estabelecimentos de diferentes setores. Empresas de serviços essenciais, como farmácias, supermercados, açougues, autopeças, oficinas mecânicas, borracharias, escritórios de advocacia, contabilidade e outros já estavam funcionando com restrições.

Com informações de que segue com medidas restritivas nas atividades comerciais para o enfrentamento ao coronavírus, e que o Município adota diretrizes do Ministério da Saúde, o decreto do gestor decide pelo funcionamento de empresas de móveis e eletrodomésticos, calçados, vestuário – cama, mesa e banho, das 08h às 14h, estando estes fechados aos sábados e domingos.

A flexibilização também abrange salões de beleza, barbearias e consultórios odontológicos [com horário previamente agendado, sendo proibido o paciente aguardar pelo atendimento] das 08h às 19h, de segunda a sexta-feira.

Enquadrados no chamado serviço essencial, supermercados, açougues, farmácias, padarias e delicatessens estão autorizados até as 19h. Outros estabelecimentos, bares e restaurantes por exemplo, seguem funcionando a portas fechadas, com o sistema de delivery. Pousadas e hotéis funcionam para pernoite dos clientes com prévia comunicação a Vigilância Sanitária. Academias estão proibidas.

Maracás registrou até agora três casos do novo coronavírus, tendo a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde informado que, destes, dois já foram curados.

Os comentários estão fechados.