Em nota, mineradora Vanádio de Maracás diz que um colaborador foi infectado pelo coronavírus

/ Região

Mineradora diz que colaborador foi afastado de suas atividades

A mineradora Largo Resources, que explora  Vanádio no município de Maracás, emitiu nota pública, nesta sexta-feira (12), tendo informado no comunicado que foi registrado na empresa o primeiro caso do novo coronavírus. Segundo a nota, um colaborador da mineradora contraiu o vírus, por ter contato com a esposa que teria mantido contato com pessoas infectadas em um hospital de Jequié.

Diz ainda que o trabalhador foi afastado das atividades, estando o mesmo em isolamento há 16 dias. Com o anúncio da Vanádio, saltou de 08 para 12 o número de casos confirmados no município, conforme boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Saúde de Maracás, com mais 04 pessoas apresentando sintomas da Covid-19.

Leia abaixo a nota da Vanádio

A Vanádio de Maracás informa que hoje foi registrado o primeiro caso de colaborador da empresa com a Covid-19 e que ele passa bem, sem apresentar qualquer sintoma.

Esclarecemos que este colaborador está há 16 dias em isolamento voluntário devido ao fato da sua esposa ter tido contato com pessoas contaminadas no hospital de Jequié. Desde o retorno a Maracás, a esposa está em isolamento obrigatório e passa bem.

Esclarecemos que este colaborador e sua esposa não tiveram qualquer contato com outros trabalhadores da Vanádio de Maracás, respeitando todas as medidas e protocolos de saúde. Desde o início do isolamento voluntário está sob observação e orientação da equipe de Saúde do Município. A empresa também acompanha o caso e disponibilizará toda assistência necessária.

A VMSA continua adotando todas as medidas de prevenção desde o início do mês de março e reforça o cuidado com seus colaboradores e com toda a comunidade de Maracás. Acreditamos que a principal forma de evitar o contágio é através da prevenção, ou seja, distanciamento social, higiene e uso de máscara. Gostaríamos de agradecer as costureiras, que participam do programa da VMSA, pela produção de mais de 110 mil máscaras, que foram doadas à comunidade de Maracás.

Juntos vamos superar essa pandemia. Cada um fazendo sua parte, por nossos colegas, nossas famílias e por toda a cidade de Maracás.

Os comentários estão fechados.