Em Jequié, PRF apreende 30 mil itens de mercadoria falsa que seria entregue em Feira de Santana

/ Trânsito

Ação ocorreu no KM 677 da BR 116. Foto: Divulgação/PRF

Eram calçados, roupas, maquiagens e cosméticos que ostentavam marcas conhecidas com fortes indícios de falsificação. Os ocupantes do veículo ainda informaram que parte da mercadoria já havia sido e entregue em Vitória da Conquista (BA).

Por volta das 23h e 45 minutos de ontem (24),  policiais rodoviários federais abordaram um veículo de carga, no KM 677 da BR 116, região do município de Jequié.  O condutor, de 49 anos, informou que transportava cal, apresentando inclusive uma nota-fiscal.

Os policiais então solicitaram a abertura do compartimento de carga, quando foi flagrado milhares de itens de produtos falsificados para comercialização. Praticamente 3/4 do compartimento continha diversas caixas e sacas com produtos como sandálias, tênis, cuecas, baby dools, maquiagens, cosméticos, que ostentavam nas suas embalagens marcas conhecidas.

Após o flagrante, o condutor e o passageiro, de 30 anos, informaram ter conhecimento do teor da carga e que pegaram a mercadoria em Nova Serrana (MG) para levar até o município baiano de Feira de Santana e para a capital pernambucana. Informaram ainda, que já haviam deixado uma parte dos produtos na cidade de Vitória da Conquista (BA).

A quantidade de produtos apreendidos foi estimada em  5 mil pares de calçados, 10 mil unidades de cosméticos diversos e 15 mil unidades de vestuários variados.

A comercialização de mercadoria falsificada, além de ser crime que afeta a ordem econômica e o consumidor. Os produtos falsos não são inspecionados pelos órgãos de vigilância sanitária e podem trazer consequências graves à saúde.

Os homens foram encaminhados, juntamente com a  mercadoria e o veículo apreendidos para a Receita Federal de Vitória da Conquista (BA).

Os comentários estão fechados.