Prefeito de Jequié, Zé Cocá é eleito presidente do Consórcio Intermunicipal Médio Rio das Contas

Prefeito de Jequié, Cocá vai comandar Consórcio. Foto: Marcos Frahm

Aconteceu, na sesta sexta-feira (), no auditório da Associação Comercial e Industrial de Jequié (ACIJ), no Centro, a Assembleia Geral Extraordinária para eleição do novo presidente do Consórcio Intermunicipal Médio Rio das Contas (CIMURC). Zé Cocá (PP), prefeito de Jequié, que já foi presidente do Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Jiquiriçá (CONVALE) e coordenador estadual dos consórcios públicos, teve o nome escolhido pela maioria dos consorciados presentes, assumindo um mandato de dois anos à frente da entidade.

Este ano, votaram os prefeitos de Barra do Rocha, José Luiz Franco Ramos Costa; de Gongogi, Adriano Mendonça Pinheiro; de Ibirataia, Ana Cléia dos Santos Leal; de Itagibá, Marcos Valério Barreto; de Itamari, Everton Borges Vasconcelos; de Jitaúna, o Patrick Lopes; de Ubatã, Vinícius do Vale de Souza; de Apuarema, Jorge Rogério Costa Souza; e de Itagi, Olival Andrade Júnior, que defendeu a escolha de um representante de outro município para presidir o CIMURC, tendo sido voto vencido. Estiveram presentes, como convidados, o prefeito de Lafaiete Coutinho, José Freitas de Santana Junior, o João Véi; e Antônio Danilo, gestor municipal de Nova Itarana, que no mesmo dia foi eleito em Maracás presidente do Consórcio do Vale do Jiquiriçá.

O evento foi marcado por discussões acaloradas entre Zé Cocá, Olival Andrade do DEM, prefeito de Itagi e Ana Cléia, do PSD, gestora de Ibirataia e que se uniu a Olival com posicionamento contrário a candidatura de Cocá. Olival subiu o tom após a fala do prefeito reeleito de Jitaúna, Patrick Lopes do PP, que teria evidenciado a aproximação de Zé com o governador Rui Costa (PT), o que para ele, a relação com o chefe do Executivo baiano facilitaria na busca através do consórcio de benefícios para o território. Olival rebateu afirmando que o governador não iria deixar de atender um prefeito em detrimento do outro e que era favorável a alternância, em face de Jequié já ter presentado o Consórcio até 31 de dezembro último, quando o ex-prefeito Sérgio da Gameleira (PSB) deixou a prefeitura e a presidência da entidade. O gestor de Itagi, que é declarado opositor de Rui, disse não ter problemas com Cocá no campo pessoal, mas que não poderia defender a candidatura do novo prefeito de Jequié, ameaçando inclusive se desligar do CIMURC. Ele deixou o local momentos antes da votação. Já Ana Cléia, comungava com a ideia de Olival, voltou atrás e aceitou compor a chama, sendo eleita vice-presidente.

Prefeitos do Médio Rio de Contas escolhem Zé Cocá presidente

Ao final da votação, o novo presidente firmou compromisso para a criação de uma mesa diretora, que passará a ser composta de uma vice-presidência, tesouraria e secretaria. Para estes novos cargos, foram indicados Ana Célia Leal, de Ibirataia; Marcos Valério, de Itagibá; e Vinícius do Vale, de Ubatã.

”Trabalharemos para o fortalecimento da municipalidade através do CIMURC. Os consórcios de infraestrutura são fundamentais para a execução de serviços e obras e, por meio do esforço de cada município participante, contando com o apoio do Governo do Estado, vamos lutar por melhorias estruturais, principalmente na questão das malhas viárias, importante canal de escoamento da produção dos municípios consorciados, entre outras demandas que podem ser resolvidas de forma mais ágil, por meio do Consórcio.” destacou Zé Cocá.

Os comentários estão fechados.