É necessário valorizar o trabalho, afirma Mário Martinelli, candidato a deputado apoiado pela CTB

/ Política

O baiano de Jaguaquara, Mário Martinelli. Foto: Divulgação

O baiano de Jaguaquara, Mário Martinelli, farmacêutico e bioquímico, é um dos candidatos que têm o apoio da militância da CTB na Bahia. Sindicalista, ele foi presidente do Conselho Regional de Farmácia da Bahia (CRF-BA) por quatro mandatos e se afastou da função para ser candidato a deputado estadual pelo PCdoB com o número 65777.

Em sua plataforma, ele destaca a bandeira da valorização do trabalho e a defesa dos sindicatos. ”É muito importante reafirmar a importância do movimento sindical sobretudo para a defesa e valorização do trabalho”, diz.

Na opinião de Martinelli a classe trabalhadora vive ”um momento difícil, golpeada pelos retrocessos da reforma trabalhista, terceirização ilimitada, desconstrução sindical, congelamento dos investimentos públicos, desemprego em massa, arrocho salarial e inúmeros retrocessos, em especial na área de saúde”, onde atua com sua categoria.

Se conquistar um mandato na Assembleia Legislativa ele garante que vai lutar no Parlamento contra a precarização das relações trabalhistas e a terceirização. Dará ênfase igualmente à defesa de mais investimentos em ciência e tecnologia e o desenvolvimento de projetos para fortalecer a agricultura familiar e ajudar o homem e a mulher do campo.

”Precisamos eleger representantes da classe trabalhadora para dar maior visibilidade e força à nossa luta”, ressaltou, acrescentando que vai intensificar e priorizar as ações em defesa da valorização dos farmacêuticos e dos profissionais da saúde em geral, que estiveram na linha de frente da guerra contra a pandemia. O CRF-BA, do qual foi presidente, é uma entidade representativa dos farmacêuticos, que já conta 60 anos de existência e tem 20 mil trabalhadoras e trabalhadores na base, que é estadual.

Os comentários estão fechados.