Dono do segundo carro envolvido em ataque a ônibus do Bahia é ouvido e liberado

/ Polícia

O dono do segundo carro usado no ataque ao ônibus do Bahia foi ouvido na 6ª DT (Brotas) em Salvador e em seguida liberado. Ele já havia sido identificado na última sexta-feira e avisou que se apresentaria espontaneamente. O veículo, um Hyundai HB 20 branco, foi apreendido e passará por perícia no Departamento de Polícia Técnica. O homem faz parte da Torcida Organizada Bamor.

Na última sexta-feira, o presidente da Bamor, Half Silvam, também prestou depoimento na 6ª DT. O outro carro utilizado no ataque foi encontrado com ele. O advogado negou que Half tenha participação na ação e informou que ele estava em Feira de Santana, assistindo a partida entre Bahia de Feira x Coritiba.

De acordo com a Polícia Civil, a titular da unidade, delegada Francineide Moura, solicitou novas imagens de câmeras de vigilância. Oito pessoas já foram ouvidas e outras diligências também estão sendo realizadas para esclarecer a autoria do crime.

O ônibus do Bahia foi atingido por um artefato explosivo quando transitava pela Avenida Bonocô a caminho da Arena Fonte Nova, na última quinta-feira (24), antes da partida contra o Sampaio Corrêa, pela Copa do Nordeste. O goleiro Danilo Fernandes e o lateral esquerdo Danilo Fernandes se feriram na ação. Danilo correu o risco de perder a visão, pois sofreu ferimentos próximo ao olho. Com informações do Metro1

Os comentários estão fechados.