Democracia será exercida de maneira segura, transparente e confiável, garante Moraes

/ Justiça

Ministro Alexandre de Moraes. Foto: LR Moreira/Secon/TSE

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, garantiu que a democracia brasileira será exercida de maneira plena, sendo de maneira segura, transparente e confiável, nas eleições de domingo. A fala foi dita durante encontro, na manhã desta quinta-feira (29), com observadores internacionais que irão acompanhar as eleições brasileiros deste ano.

”A Justiça Eleitoral reafirma o seu papel de instrumento constitucional para o exercício seguro e transparente das escolhas democráticas, realizadas pelos brasileiros e pelas brasileiras em respeito a soberania da vontade popular”, afirmou o ministro.

Além disso, ele também exaltou a Justiça Eleitoral em relação a segurança no exercício do direito de voto de cada brasileiro. Moraes afirmou que a segurança e liberdade serão efetivadas com a observância do absoluto sigilo do voto. ”Que é plenamente garantido, pelas urnas eletrônicas, quanto pelo respeito ampla e civilizada liberdade de discussão politica afastando qualquer possibilidade de violência, de coação ou de pressão por grupos políticos ou econômicos”, pontuou o presidente do TSE.

O ministro também enalteceu a democracia brasileira, afirmando que vive o maior período de estabilidade democrática da república, pois irá completar 34 anos da constituição de 1988. Segundo Moraes, é o maior período de respeito ao estado democrático de direito e respeito aos direitos fundamentais, respeito aos poderes e as instituições da república, pois ”isso é garantido por eleições”.

”Eu sempre repito que somos uma das quatro maiores democracias do mundo, porem a única que apura e divulga os resultados eleitorais no mesmo dia, com agilidade segurança, competência e transparência”, declarou Moraes.

Ainda em seu discurso, Alexandre de Moraes exaltou o trabalho conjunto do TSE com os tribunais regionais eleitorais, juízes, promotores e também os mesários. ”Verdadeiros agentes da cidadania, que todos nós devemos sempre agradecer, como faço nesse momento”, disse o ministro.

No final de seu discurso, o presidente do TSE disse que no domingo ”teremos uma festa da democracia”. ”com paz, segurança, harmonia, respeito e liberdade, consciência e responsabilidade”, finalizou.

ENCONTRO OBSERVADORES INTERNACIONAIS

Além de Moraes, o evento também contou com a presença da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Rosa Weber, o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Beto Simonetti, e o chefe da Missão de Observação da União Interamericana dos Órgãos Eleitorais (Uniore), Lorenzo Córdova.

As eleições deste ano vão contar com observadores de entidades internacionais, como a Uniore, e de países como Portugal, Rússia, França Espanha. Com informações do site Bahia Notícias

Os comentários estão fechados.