Cúpula de ACM quer Leur Lomanto candidato a prefeito de Jequié, mas deputado resiste

/ Jequié

Leur resiste ao pedido de ACM para 2020. Foto: Reprodução

A cúpula do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), trabalha para convencer o deputado federal Leur Lomanto Júnior (DEM) a ser candidato a prefeito de Jequié em 2020, mas o parlamentar tem resistido, segundo publicou o Bahia Notícias. Integrantes da cúpula dizem que a oposição hoje não tem nenhum nome para disputar o Executivo da ”Cidade Sol”, e Leur seria nome com potencial no município. O deputado do DEM foi o segundo mais votado para a Câmara dos Deputados em Jequié no ano passado, mas ficou com uma diferença enorme na comparação com o segundo colocado.

Enquanto o mais votado, Antonio Brito (PSD), teve 29,8 mil votos, Leur obteve 8,9 mil sufrágios. Leur é soteropolitano, mas o seu pai Lomanto Júnior foi prefeito de Jequié e governador da Bahia. Hoje, conforme informou o site, é ”improvável” que o parlamentar do DEM brigue pela prefeitura de Jequié, que é o nono maior colégio eleitoral da Bahia.

Mãe de Leur nomeada no gabinete de ACM com salário de R$ 7.395,22

Ontem, segunda-feira (12/08), o mesmo portal noticiou que a mãe do deputado, Cláudia Wense Gordilho, foi realocada na prefeitura de Salvador com um incremento robusto no salário.

Após ter entrado no Executivo municipal pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), com salário de R$ 4.138,72, Cláudia Gordilho foi nomeada na edição de ontem do Diário Oficial do Município como assessora especial 2, grau 56, do gabinete subchefia de gabinete do prefeito ACM Neto. Conforme salário do novo cargo (R$ 7.395,22), a mãe do parlamentar deve receber um aumento de 79% nos vencimentos.

Deixar uma Resposta