Craque chileno admite sonegação de 1 milhão de euros na Espanha, quando atuou no Barcelona

/ Mundo

atacante Alexis Sánchez se declarou culpado. Foto: Divulgação

Anunciado recentemente como novo reforço do Manchester United, o atacante Alexis Sánchez se declarou culpado pela condenação por sonegação no período no qual atuava no Barcelona, entre 2011 e 2014. A informação foi divulgada pela justiça espanhola nesta quarta-feira (7). Inicialmente, o chileno deveria passar os próximos 16 meses na cadeia, conforme previa a condenação. No entanto, o atleta conseguiu formalizar um acordo com os tribunais da Espanha. O atacante foi acusado de ocultar cerca de 1 milhão de euros (cerca de R$ 4 milhões) ao fisco do país europeu. Para escapar de cumprir pena na prisão, Sánchez também precisou pagar uma multa de 590.065 euros (cerca de R$ 2,3 milhões). Por causa de irregularidades fiscais, em dezembro de 2016 o atleta precisou devolver um montante de 1.487.511 euros (cerca de R$ 5,9 milhões na cotação atual) à Receita Federal da Espanha.

Os comentários estão fechados.