Comissão de Ética usa critérios diferentes, libera Teich de quarentena profissional mas segura Mandetta

/ Saúde

Mandetta, ele está cumprindo quarentena. Foto: Reprodução

A Comissão de Ética da Presidência utilizou critérios diferentes para avaliar o que os ex-ministros da Saúde podem fazer após deixarem o cargo. No caso de Luiz Henrique Mandetta, ele está cumprindo quarentena profissional remunerada por seis meses antes de ser contratado para atividades no setor privado.

Já Nelson Teich foi liberado desse controle. ”Não existe conflito, e por isso não existe a necessidade da quarentena. Independente dessa decisão, qualquer informação considerada privilegiada obtida em razão das atividades públicas exercidas tem que ser resguardada a qualquer tempo”, diz Teich ao Painel. Ele é empresário e tem negócios na área.

Na última terça (30), a comissão liberou Mandetta para poucas atividades, como ”palestras, entrevistas e publicação de livros”.

Os comentários estão fechados.