Com o 7º caso de Covid-19, Jaguaquara mantém medidas restritivas por mais uma semana

/ Jaguaquara

Reunião realizada no Fórum de Jaguaquara. Foto: Tony Ribeiro

Mais um encontro entre prefeitos de municípios que integram o Vale do Jiquiriçá e representantes do Poder Judiciário e Ministério Público de Jaguaquara, maior cidade do território de identidade, resultou na manutenção das medidas restritivas impostas por prefeituras para o enfrentamento ao novo coronavírus na região.

O encontro, realizado na manhã desta segunda-feira (11), terminaria com a flexibilização das medidas, sobretudo em Jaguaquara. Mas o surgimento do 7º caso confirmado da doença no município fez o prefeito Giuliano Martinelli (PP) recuar da flexibilização e, a ação do gestor, foi acompanhada pelos demais prefeitos, inclusive pela mandatária da cidade vizinha, Itiruçu, Lorena Di Gregório (PSD), tendo a gestora anunciado que uma médica de Jequié que atua no município testou positivo para Covid-19.

Por lá, Lorena mantém a suspensão de aulas, o funcionamento do comércio com restrições e a realização de barreiras sanitárias, monitorando a entrada e saída de pessoas em Itiruçú.

Já em Jaguaquara, onde havia o afrouxamento da quarentena no comércio será mantido o decreto anterior, por mais uma semana.

Desde o início da pandemia, a deliberação de Giuliano foi pelo escalonamento, com os estabelecimentos funcionando em dias alternados e horário reduzido, dependendo ainda da área de atuação. A maior parte dos setores poderá abrir somente duas vezes por semana.

 

Os comentários estão fechados.