Com 11 votos favoráveis e 06 contrários, impeachment contra Gameleira não passa na Câmara de Jequié

/ Jequié

Julgamento durou mais de quatro horas. Fotos: Blog Marcos Frahm

A Câmara de Jequié realizou, nesta terça-feira (25), mais uma sessão de julgamento de impeachment contra o prefeito Sérgio da Gameleira (PSB).

Desta feita, em tempos de pandemia, sem a presença do público e sem apelo popular, diferentemente das outras oportunidades,  entrou em votação o parecer final da Comissão Processante que investiga denúncias de supostas irregularidades cometidas pelo chefe do Executivo após a Casa acatar um pedido de afastamento do gestor protocolado por um professor da cidade, José Carlos Almeida, que aponta uma série de possíveis infrações, dentre as quais, uma que diz respeito ao pagamento de juros e multas a Previdência Social por parte do mandatário.

O julgamento desta terça, que teve início às 17h15min durou mais de quatro horas. Somente a leitura do Parecer Final da Comissão Processante consumiu 01 hora e 40 minutos. Na sequência, foi aberto espaço para discursos dos vereadores.

André Requião fez a defesa do prefeito Sérgio da Gameleira

Por fim, o advogado do denunciado, André Requião, fez a defesa oral, alegando ausência de nexo causal, criticando o não comparecimento do autor da denúncia no julgamento e afirmando não haver provas das denúncias apontadas pelo professor e amplamente abordadas pelos vereadores de oposição, que pediam a saída imediata de Gameleira do cargo, o acusando de inoperante.

Contudo, o discurso ferrenho da oposição não convenceu a minoria dos parlamentares, que representa a base aliada e, o impeachment, mais uma vez, não passou.

Com 11 votos favoráveis, 06 contrários e duas ausências, a Câmara não reuniu número de votos suficientes (treze) para afastar Sérgio, conforme propôs a Comissão que apurou denúncias.

Votaram favoráveis ao afastamento:
• Tinho
• Soldado Gilvan
• Gutinha
• Admilson Careca
• Laninha
• Joaquim Caíres
• Dorival Jr.
• Ivan do Leite
• Colorido
• Adriano Guião
• Reges Pereira da Silva
Votos contrários ao afastamento:
• José Simões
• Roque Silva
• Pastoleiro
• Eliezer Pereira ‘Fiim’
• Marcinho
• Guina Lopes
Justificaram ausência:
• Ramon Fernandes
• Beto de Lalá

Os comentários estão fechados.