Chamado de vagabundo, Kannário alfineta Eduardo Bolsonaro: ”Não parece gostar muito de democracia”

/ Política

Igor foi chamado de vagabundo por Eduardo. Foto: Reprodução

O deputado federal Igor Kannário (DEM) decidiu responder aos ataques de Eduardo Bolsonaro (PSL), que o criticou por causa de um vídeo em que aparece discutindo com um policial militar.

O filho do presidente Jair Bolsonaro chamou o parlamentar baiano de ”vagabundo” e questionou como ele conseguiu ser eleito no ano passado.

”Na minha vida, aprendi desde sempre que respeito é um dos alicerces da democracia, mas parece que o colega deputado parece não gostar muito dos conceitos de respeito e democracia”, respondeu Kannário, em nota.

Recentemente Eduardo insinuou uma possível volta do AI-5, uma das ações mais perversas da ditadura militar brasileira.

Kannário negou atrito com os policiais militares que faziam a segurança de um arrastão e pontuou que o evento ”foi marcado pela paz e pelo respeito”. Sobre a discussão demonstrada no vídeo publicado por Alexandre Aleluia (DEM), o cantor destacou que se tratou de um caso isolado e descontextualizado.

No comunicado, Kannário também diz que foi eleito democraticamente.

”Eles não aceitam que o preto, pobre e favelado esteja no mesmo patamar que eles. Mas estamos no Congresso e vocês têm que nos aturar. Existe favela no Brasil inteiro, caro deputado, e eu represento este povo no Câmara”, finalizou. Com informações do bahia.ba

Deixar uma Resposta