Vale do Jiquiriçá: Prefeitura de Laje abre processo seletivo para contratação de 153 profissionais

A prefeitura de Laje, no Vale do Jiquiriçá, abriu processo seletivo para contratação de 153 profissionais. As oportunidades são destinadas aos níveis fundamental, médio e superior. Conforme edital, os interessados têm até esta quinta-feira (28) para fazer a inscrição, que deve realizada na Biblioteca Municipal Arlete Maron Magalhães, localizada na Praça da Matriz, no período das 8h às 14h. Para se inscrever as taxas cobradas são de R$ 20 a R$ 60. Há vagas para técnico de informática, técnico agrícola, motorista, assistente administrativo, auxiliar de classe, intérprete de libras, professor, técnico de enfermagem, enfermeiro, assistente social, nutricionista, psicólogo, entre outros. Quem for aprovado deverá exercer jornadas de 20h a 40h semanais de trabalho, com remunerações que variam de R$ 998 a R$ 2,4 mil por mês. Ainda segundo o edital, o processo seletivo tem validade de um ano, com possibilidade de prorrogação por tempo semelhante caso seja necessário.

Vale do Jiquiriçá: Barragem que abastece Ubaíra entra em colapso e moradores pedem socorro

Nível da barragem é preocupa. Foto: Leitor do Blog Marcos Frahm

A Barragem que abastece a cidade de Ubaíra, no Vale do Jiquiriçá, vem preocupando a comunidade local pela diminuição do nível. A falta de chuvas na região levou ao colapso o principal manancial utilizado pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento – Embasa como reservatório para abastecer Ubaíra. Moradores relataram ao Blog Marcos Frahm que, em razão do nível baixo, não há mais como a estatal captar água da barragem, que fica na localidade de Mucuri, distante cerca de 05 Km da sede do município. Sem possibilidade de a Embasa realizar a captação do líquido, a população diz enfrentar o racionamento de água.  Os moradores dizem ainda que a recomendação da Embasa é para que os consumidores economizem água. ”Estamos enfrentando uma situação que jamais esperávamos enfrentar. Tem sido difícil conviver com a falta de água em Ubaíra e esperamos que as nossas autoridades tenham piedade de nós e tomem alguma providência. A gente vai economizar a água que não temos?”, lamentou um morador. A redação foi informada ainda de que o assunto relacionando a situação da barragem já foi levado ao conhecimento de representantes da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento da Bahia (SIHS), mas que nenhuma sinalização de resolução foi percebida até gora.

Territórios do Vale do Jiquiriçá, Velho Chico e Sertão Produtivo elegem prioridades para o PPA 2020-2023

Coordenadora do Vale, Maria Helena Machado. Foto: Lucas Peixoto

As áreas prioritárias para a execução das políticas públicas do Governo do Estado nos territórios do Vale do Jiquiriçá, Velho Chico e Sertão Produtivo foram definidas nesta quinta-feira (21), nas escutas territoriais, que consistem no diálogo de técnicos da Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan) com representações dos segmentos institucionais, produtivos, sociais e econômicos dos respectivos territórios de identidade. A atividade, realizada durante todo o dia, nos municípios de Amargosa, Ibotirama e Caetité, irá subsidiar a elaboração do Plano Plurianual (PPA) 2020-2023. A coordenadora do Colegiado Territorial do Vale do Jiquiriçá, Maria Helena Machado, entende a iniciativa como uma oportunidade de pactuar junto ao Governo do Estado as ações e programas que vêm sendo construídos no âmbito do território com o diálogo permanente entre os diversos atores sociais locais. ”São medidas importantes e necessárias tanto para a sociedade civil, quanto para o poder público, a gente fazer uma parceria, um casamento de ações que venham a favorecer o desenvolvimento social e político na nossa região”, explica. De acordo com o prefeito do município de Amargosa, Júlio Pinheiro, a importância do PPA em sua instância participativa se dá à medida em que conecta o Estado com aqueles que são sujeitos da sua atuação, a população e as organizações sociais. ”É o momento do Estado ouvir, discutir, debater e também acolher aquelas propostas que são oriundas das demandas da população. É uma política acertada porque dá voz a quem de fato é sujeito dessa ação e acertada porque amplia a chance de acerto das políticas públicas”. O processo de escuta territorial, que foi iniciado no último dia 12, já foi realizado nos territórios do Extremo Sul, Médio Sudoeste, Costa do Descobrimento, Baixo Sul, Sudoeste Baiano, Médio Rio de Contas e Bacia do Rio Corrente. A atividade será realizada em todos os 27 territórios de identidade até o fim do mês de março.

Amargosa: Ex-prefeita acusa Prefeitura de retirar máquinas de obra para uso em área privada

Karina usa o Facebook para fazer denúncia. Fotomontagem BMF

O embate político entre o grupo de oposição e o do atual gestor de Amargosa, Júlio Pinheiro (PT), parece que ainda não chegou ao fim. Nas redes sociais, as ações do governo municipal são debatidas entre seguidores do petista e oposicionistas. Afastada dos holofotes políticos desde quando desistiu de disputar à reeleição em 2016, a ex-prefeita Karina Silva (PSB) resolveu entrar em cena e usou a rede social para soltar o verbo contra a administração pública local. Karina usou sua página pessoal no Facebook para tecer críticas a gestão de Júlio, contestando o uso de máquinas públicas que, segundo a ex-gestora, seriam pertencentes a uma empresa contratada para executar uma obra de pavimentação asfáltica na Avenida Josué Sampaio Melo e estariam a serviço de um empresário para pavimentação da calçada de uma área comercial privada.

Leia abaixo o questionamento da ex-prefeita

”Pra começar as máquinas estavam no local para fazer um serviço de pavimentação asfáltica na Av. Josué Sampaio Melo, serviço este público. Logo em atenção a população, somente após o término da obra para a qual a empresa foi contratada a mesma poderia executar o serviço para um particular. O empresário ao parar o serviço público se aproveitou de toda a conveniência de estarem às máquinas na cidade. Será portanto, menor o seu custo e maior a agilidade do seu serviço. Aguardar a finalização da obra pública seria então, questão de respeito ao povo amargosense. A população deve cobrar do prefeito! A ele incumbiria intervir nessa situação. Enquanto as máquinas estavam operando em área privada o povo aguardava a execução da obra pública e sofria com os inconvenientes da interdição daquela área, já que o governo do Estado proporcionou a implementação da obra, deveria o prefeito operar com agilidade. É, portanto, dele que deveriam ser buscadas as informações e cobradas às devidas explicações. Cabe ao prefeito, ao menos em tese, assegurar a supremacia do interesse público, é a ele que incumbe o dever de cobrar da empresa prestadora as respostas é ele que deveria militar pelo povo. Fica o questionamento – diante desse absurdo o que ocasionou a omissão do prefeito?”, publicou Karina, que já teria usado a mesma página em dezembro de 2018 para alfinetar o prefeito sobre atraso no pagamento do 13º salário. A redação do Blog Marcos Frahm tentou contato com a Prefeitura de Amargosa, mas ainda não obteve resposta. A publicação relacionada ao uso das máquinas e a obra de asfaltamento gerou divergência entre os internautas. Desiste do último pleito municipal, Karina Silva apoiou a candidatura de Rosalvinho Sales do PV, este derrotado nas urnas por Júlio.

Incêndio que atingiu área de mata entre Brejões e Amargosa é controlado pelos bombeiros

Incêndio foi controlado por Corpo de Bombeiros. Foto: Jair Medrado

O incêndio que atingiu uma área de mata entre os municípios de Brejões e Amargosa, no Vale do Jiquiriçá, foi controlado neste sábado (9) pelo Corpo de Bombeiros. Como o clima na região está seco e não há previsão de chuva para os próximos dias, ainda há risco de novos focos. Por conta disso, a área está sendo monitorada. Uma grande área de mata fechada foi atingida pelas chamas. Ainda não há informações sobre as causas. O fogo teve início na área na noite de quinta-feira (9) e preocupava moradores da região porque as chamas, que chegavam a cerca de dois metros de altura, se aproximavam de residências.

Mutuípe: Câmara de Vereadores reabre os trabalhos legislativos com nova Mesa-Diretora

Josapht assume presidência da Câmara. Fotos: Blog Marcos Frahm

A Câmara Municipal de Mutuípe, no Vale do Jiquiriçá, retomou os trabalhos legislativos na noite de segunda-feira (4) após o recesso parlamentar. A sessão de retomada das atividades foi marcada pelo ingresso da nova Mesa-Diretora da Casa, eleita durante processo de votação entre os pares em dezembro de 2018. O novo presidente, Josapht Lemos (PDT), o Índio, conduziu a primeira sessão com os demais membros da Mesa: Gilvan Souza (PT) – vice-presidente, Idalício Andrade (PRB) – 1º secretário e Jesulino Júnior (DEM) 2º segundo secretário.

Público compareceu em grande número ao plenário da Casa

A sessão de abertura dos trabalhos na Câmara de Mutuípe foi solene, marcada pelo clima harmonioso entre os parlamentares, governistas e oposicionistas, contou com a presença do prefeito Rodrigo Maicon (MDB), de secretários municipais, representantes de entidades locais e não teve tramitação de matéria no primeiro encontro que abriu o primeiro período legislativo de 2019. Contudo, a presença do chefe do Executivo empolgou os seus aliados, que aplaudiam o gestor durante a mensagem do Executivo.  Os vereadores governistas, integrantes da minoria na Casa, também recebiam aplausos dos correligionários do prefeito, que foram ao plenário acompanhar os seus líderes. O público ficava em silêncio durante pronunciamento dos parlamentares que compõem a nova mesa – talvez, pela derrota sofrida pelo grupo de Rodrigo Maicon na disputa pela presidência da Câmara.

Criminosos invadem casa em Santa Inês e matam jovem de 22 anos com disparo de arma de fogo

Vítima teve a casa invadida na noite de ontem. Fotomontagem/ BMF

Um jovem de 22 anos, Anderson Araújo dos Santos, foi assassinado a tiros na noite desta segunda-feira (28), na cidade de Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá. De acordo com informações policiais, Anderson foi surpreendido dentro da própria residência, na Rua Dilson Galvão, entrada da cidade. Ainda não há informações sobre a autoria, mas a polícia não descarta a hipótese de crime relacionado ao tráfico de entorpecente, tendo informado que Anderson era suspeito de ter cometido crime de homicídio em Santa Inês, em 2018, contra outro indivíduo. O corpo de Anderson foi encaminhado na madrugada desta terça por peritos do DPT ao Instituto Médico Legal de Jequié, para realização dos procedimentos legais. A Delegacia local irá investigar o caso.

Prefeito lança o programa ”Amargosa Top”, que terá investimento de mais de 12 milhões no município

Prefeito Júlio comenta sobre o projeto. Foto: Blog Marcos Frahm

Uma campanha intitulada ”Amargosa vai ficar mais Top” gerou burburinho em toda a cidade, no Vale do Jiquiriçá, nos últimos dias. As especulações foram muitas, mas no final desta semana, a Prefeitura Municipal de Amargosa deu fim ao mistério e assumiu a autoria das ações. Segundo o prefeito Júlio Pinheiro, a novidade vai deixar todos os cidadãos surpresos e felizes, além de ser uma das grandes conquistas e realizações da sua gestão. ”Trabalhamos desde o início da gestão com comprometimento para viabilizar este projeto que vai atender demandas de extrema importância para o povo de Amargosa”, ressaltou o prefeito. De acordo com o gestor, a surpresa é referente a um pacote de investimentos que ultrapassa o valor de 12 milhões e levará benefícios para a infraestrutura, saúde e vários outros setores do município, incluindo ações na zona rural. O lançamento do plano que conquistou a marca de maior investimento da história de Amargosa contou com a presença de autoridades políticas como o Deputado Federal Jorge Solla, Deputado Estadual Rogério Andrade Filho e o Secretário Estadual de Infraestrutura Marcus Cavalcanti, no Jardim da Catedral, onde teve a participação de Junior Bastos e a Banda Seu Maxixe, que alegraram ainda mais a noite de lançamento do ousado projeto.

Acidente entre carreta e ônibus da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Laje deixa 23 feridos na BR-101

Ônibus despencou de uma ponte  após batida. Foto: Voz da Bahia

Pelo menos vinte e três pessoas ficaram feridas após uma acidente envolvendo um ônibus da Secretaria de Saúde do município de Laje, no Vale do Jiquiriçá, e uma carreta, na madrugada desta quinta-feira (17), na BR-101. Segundo a polícia, o acidente ocorreu por volta da 01h, quando os veículos colidiram nas proximidades do Entroncamento de Laje, momentos após o ônibus ter saído da cidade em direção a Salvador, transportando pacientes para consultas médicas. Com o impacto, o ônibus despencou em uma ponte e precipitou-se num matagal. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as causas do acidente ainda não foram reveladas. Os feridos foram socorridos por equipes do SAMU e ambulâncias da região. Dois dos feridos foram levados para o hospital Laje, enquanto os outros 21 feridos foram encaminhados para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano. O condutor da carreta fugiu do local.

Vale do Jiquiriçá: Caminhão de carnes tomba entre Mutuípe e Amargosa e deixa 3 feridos

Caminhão-frigorífico chegou a bater em árvore. Foto: Mídia Bahia

Três pessoas ficaram feridas vítimas de um acidente envolvendo um caminhão – frigorífico na Rodovia BA-540, no trecho entre os municípios de Mutuíipe e Amargosa, no Vale do Jiquiriçá. De acordo com o site Mídia Bahia, o veículo descia a Ladeira do Ribeirão ao trafegar pelo trecho, quando tombou na manhã desta qquinta-feira nas proximidades de uma residência, mas não chegou a atingir o imóvel. O caminhão, licenciado de Muquém do São Francisco, e que transportava carne bovina ainda bateu em uma árvore às margens da rodovia e o produto transportado se espalhou pela estrada, atraindo populares ao local. O motorista ficou preso as ferragens e socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ao Hospital Cléia Chaves Rebouças, em Mutuípe, para onde foram levados dois ajudantes que também estavam na cabine. O trânsito ficou interditado até a remoção do veículo.

Jiquiriçá: Um dos prefeitos que transferiram grande votação proporcional anuncia obra de asfaltamento

Cascalho assina convênio para obra. Foto: Blog Marcos Frahm

O prefeito de Jiquiriçá, João Fernando, o Cascalho, do PRP, deixou para o final do ano o anúncio de um convênio firmado entre o Município e o Ministério da Integração Nacional para pavimentação asfáltica de vias públicas no Centro da cidade. O convênio, no valor de 651.000,00 (seiscentos e cinquenta e um mil reais), já foi assinado pelo gestor, que aguarda a liberação dos recursos, via Caixa Econômica Federal para execução da obra. ”A diferença entre o sonhar e realizar é o compromisso e a competência. Um sonho que agora se tornará realidade através de uma administração séria e transparente”, disse. Gozando de alta popularidade, Cascalho foi um dos prefeitos que transferiram maior proporcional no Vale do Jiquiriçá aos seus candidatos nas eleições de 2018, garantindo mais de 52% dos votos válidos a Euclides Fernandes (PDT) para estadual e Josias Gomes (PT) federal.

Vale do Jiquiriçá: Acidente entre carro e caminhão de gás deixa motorista morto em Ubaíra

Carro Fiesta bateu com caminhão de gás. Foto: Binho Lopes/BMF

Uma colisão entre um caminhão Mercedes Benz, que transportava um carregamento de botijões de gás da empresa Minas Gás, sediada em Jequié e um carro Ford Fiesta deixou um motorista morto na noite desta sexta-feira (28), na BR-420. O acidente aconteceu por volta das 18h30, no perímetro urbano do município de Ubaíra, no Vale do Jiquiriçá. O condutor do Fiesta, de pré-nome Juarez, não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no local. Segundo informações de populares ao Blog Marcos Frahm, Juarez era oriundo de Ubaíra e residia no bairro Alto das Pombas. Por conta do acidente, o trânsito ficou interditado na rodovia, mas posteriormente liberado o trecho para o tráfego de veículos após remoção do carro e do cadáver da vítima. O condutor do caminhão, morador de Jequié, não sofreu ferimentos e disse que o automóvel trafegava na pista contrária provocando a colisão. O grande fluxo de veículos trafegando nas estradas com a proximidade do fim de ano aumenta o risco de acidentes nas rodovias. Os condutores precisam redobrar a atenção.

Zeca Braga é eleito em chapa de consenso presidente do Consórcio do Vale do Jiquiriçá

Prefeitos entram em consenso e elegem Zeca. Foto: Blog Marcos Frahm

Em assembleia harmônica, em Maracás, na tarde de quinta-feira (20), o prefeito de Planaltino, Zeca Braga (PP), foi eleito presidente do Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Jiquiriçá – CONVALE, para o biênio 2019-2020, em eleição que definiu todos os outros membros da Mesa Diretora. A chapa de consenso eleita por aclamação tem Zeca como presidente, Giuliano Martinelli , prefeito de Jaguaquara como vice-presidente administrativo, José Renato, prefeito de São Miguel das Matas vice-presidente institucional, Lorena Di Gregório, prefeita de Itiruçu, 1ª secretária, Rodrigo Maicon, de Mutuípe, 2º secretário e Jerônimo Santos, de Irajuba tesoureiro. Apesar de a eleição ter ocorrido por aclamação, o processo de escolha dos novos membros do CONVALE definido com chapa única após acordo entre os representantes da entidade, ficando acertado que, o gestor de Jaguaquara, Giuliano, que chegou a ter sua candidatura ensaiada, não iria para o bate-chapa e integraria a mesa com Braga. Martinelli, que não compareceu a assembleia e foi representado pelo vice-prefeito Nilton Santiago seria candidato com anuência do atual presidente, o prefeito de Lafaiete Coutinho, João Freitas, que recuou da decisão e todos decidiram pelo apoio a Zeca. O presidente eleito já havia presidido o consórcio público quando ainda era denominado Mercovale, eleito por consenso unânime em 2010, época em que exercia o seu primeiro mandato de prefeito e reconduzido ao cargo de presidente em 2011. Em 2013, passou o bastão para o então vice-presidente e prefeito de Maracás, Nelson Portela (PT), este sucedido posteriormente por Paulo dos Anjos (PT), que também comandou a Prefeitura de Maracás.

Santa Inês: Vereadores se unem, contrariam prefeito e vencem eleição da Câmara com chapa única

Vereadores contrariam o prefeito. Foto: Divulgação/Câmara Municipal

O vereador Antonio Pascoal Pereira (SD) vai comandar a Câmara Municipal de Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá, no Biênio 2019-2020. Pascoal foi eleito em chapa única após união da oposição com o atual presidente José Antonio Santos – Xó (PCdoB), que era considerado governista, ou seja, aliado do prefeito Hérmeson Novaes (PT), mas como não obteve o apoio do chefe do Executivo para empunhar candidatura à reeleição, se uniu aos oposicionistas formando bloco de 5 parlamentares. Com o ingresso de Xó na oposição, os vereadores mais próximos do prefeito sequer conseguiram formar chapa e abstiveram-se de votar: Josiney Santos – Tatá (PDT), Gilson Luís (PSC) e Anerildo da Silva (PT). O vereador Wagner Gonçalves (PSD), não compareceu a sessão de votação. Irão compor a mesa com Pascoal os edis: Adailton Almeida (PCdoB) vice-presidente, Wanderson Braga (PHS) 1º secretário e Dilton França (PSD) 2º secretário. Contrariando as vontades do prefeito, o grupo venceu o sistema dominante e a nova Mesa-Diretora será empossada em janeiro.