Mutuípe: Suspeito de tráfico morre em confronto após se deparar com polícia na Rodovia BR-420

Edilson Andrade Santos morreu em ação policial. Foto: Divulgação

Um jovem suspeito de envolvimento com o tráfico de entorpecentes morreu em confronto com policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado  – Cipe Central, na cidade de Mutuípe, no Vale do Jiquiriçá. As informações foram divulgadas pelo Major Fábio Rodrigo, Comandante da Cipe. Conforme a polícia, em deslocamento de Laje para Mutuípe, na quinta-feira (12), pela BR-420, a guarnição se deparou com um veículo onde o condutor teria esboçado atitude suspeita e tentou evadir, efetuando disparos na direção dos policiais, segundo a polícia, quando os policiais reagiram e alvejaram Edilson Andrade Santos, que foi socorrido ao Hospital Cleia Rebouças, na cidade de Laje, mas o jovem não resistiu e foi a óbito. Ainda de acordo com a Cipe, o suspeito possuía uma extensa ficha criminal e com ele foram apreendidos 01 revólver calibre 38 com numeração suprimida contendo 02 munições deflagradas, 02 munições picotadas e 02 munições intactas, 54 pinos de uma substância análoga a Cocaína, pesando cerca de 108g, celular  de marca LG na cor branca, 01 carteira de couro na cor marrom, contendo diversos documentos pessoais e a quantia de R$ 47,00 em espécie. Edilson era oriundo de Mutuípe.

Vale do Jiquiriçá: Acidente entre carro do DENIT e motocicleta deixa dois mortos na BR-101

Caminhonete do DENIT colidiu com moto. Foto: Mídia Bahia

Duas pessoas morreram vítimas de um acidente na manhã desta sexta-feira (13), na BR-101, no trecho entre os postos Grande Vale e Lázaro no perímetro do município de Laje, no Vale do Jiquiriçá. De acordo com o site Mídia Bahia, o acidente envolveu uma caminhonete do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), com placa PGE-4665 e uma motocicleta. Ainda segundo o site, um engenheiro que prestava serviços ao DENIT e o condutor da moto, que era morador e feirante de Laje, morreram no local. Ainda não há informações sobre as circunstâncias do grave acidente. Os corpos foram encaminhados para o IML de Santo Antônio de Jesus.

Santa Inês: Polícia Militar prende suspeitos de tráfico com droga, arma e munições

Adolescentes E jovem de 26 anos levados pra Delegacia. Foto: PM

A Polícia Militar 3ª Cia deteve, nesta terça-feira (10), três pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de entorpecente na cidade de Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá. De acordo com informações divulgadas pelo Capitão Isaías de Jesus, a operação teve início no bairro Bela Vista, havia um indivíduo apelidado de Véi comercializando drogas e portando arma de fogo. No local, a PM encontrou dois adolescentes e disse que, com autorização do proprietário do imóvel realizou buscas na casa, tendo encontrado 42 trouxas com substância análoga a maconha, 05 balaclava, 10 munições calibre 12, 07 munições calibre 38, 02 munições calibre 357, 01 espingarda calibre 12, 03 aparelhos celulares e documentos diversos. Os menores, juntamente com João Carlos da Luz Santos, o Véi, de 26 anos, foram apresentados na Delegacia Territorial local, ficando a disposição da Justiça. Ainda nesta terça, no bairro Nova Santa Inês, depois de receber denúncia anônima relacionada ao tráfico de entorpecente os militares prenderam kinho e Maninho, ambos em liberdade condicional, com 67 trouxas de substância análoga a maconha e os conduziram para a DT.

Irajuba: Ministério Público abre inquérito para investigar o prefeito sobre ”nepotismo”

prefeito Jerônimo Souza dos Santos. Foto: Blog Marcos Frahm

A Promotoria de Justiça de Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá, instaurou um inquérito civil para apurar a nomeação de parentes de agentes políticos na Prefeitura de Irajuba. De acordo com o site Bocão News, o ato tem como investigado o prefeito Jerônimo Souza dos Santos e quer explicações a respeito das nomeações de Diozino Honorato dos Santos Júnior na Secretaria de Administração; Juciara Souza de Oliveira na Secretaria de Educação; e Maristela Ribeiro Sena Souza como diretora de uma unidade escolar. Na quarta-feira (4), o Ministério Público Estadual – MPE editou nota técnica de ”tolerância zero” ao nepotismo como estratégia de enfrentamento à corrupção.  A nota do órgão orienta os promotores para que considerem nepotismo quaisquer nomeações de parentes de prefeitos até o terceiro grau para cargos políticos, a exemplo de secretários municipais. ”A orientação técnica se baseia no entendimento mais recente dos ministros Celso de Mello e Marco Aurélio de Melo do Supremo Tribunal Federal (STF) que, em decisões monocráticas proferidas em 2017, foram mais taxativos ao analisar o preenchimento de cargos políticos por familiares à luz da Súmula Vinculante nº 13, na qual a Corte aponta as situações que configuram nepotismo”, explica o MP. Segundo o coordenador do Caopam, promotor de Justiça Luciano Taques, estas decisões partiram da compreensão de que a Súmula considera como nepotismo a pura e simples nomeação de cônjuge, companheiro, parente ou afim, até terceiro grau, para cargo político. Em 2016, foram expedidas recomendações a mais de 60 municípios baianos para exoneração de parentes, até o terceiro grau, de prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais e de vereadores que ocupassem cargos comissionados ou funções de confiança nos órgãos públicos. Até setembro deste ano, foram instaurados procedimentos em pelo menos 32 municípios que resultaram em quatro ações civis públicas, 37 recomendações e cinco termos de ajustamento.

Maracás: Polícia Militar fecha o cerco em estrada e suspeitos de tráfico de drogas morrem

Polícia combate o tráfico em Maracás. Foto: Blog Marcos Frahm

Dois suspeitos de tráfico de drogas morreram na tarde desta quinta-feira (5), durante ação da Polícia Militar de Maracás. De acordo com informações da 93ª CIPM de Maracás, a guarnição recebeu denúncia, por volta das 16h30, de que indivíduos a bordo de um carro Corsa Classic estariam chegando à cidade com armas e drogas. Os militares se deslocaram até a Rodovia BA-026, onde interceptaram o veículo denunciado, mas o motorista desviou e seguiu em direção a uma estrada vicinal, se deparado com uma cancela fechada. Segundo a PM, os suspeitos teriam descido do carro e adentrado num matagal, tendo feito disparos de arma de fogo, havendo revide, sendo os dois alvejados e socorridos ao Hospital Municipal Álvaro Bezerra, onde deram entrada sem sinas vitais. Ambos foram identificados como Wallison Santos Machado e Darlan Silva. Ainda conforme informações extraídas em nota divulgada pela polícia, com a dupla, foram apreendidos dois revólveres calibre 32, 3 celulares, substância análoga a crack e o veículo Classic de cor branca, apresentados na Delegacia Territorial local. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Jequié.

Maracás receberá a Caravana da Justiça Social, com mutirão de cidadania e serviços gratuitos

Nesta sexta-feira (6), o município de Maracás, no Vale do Jiquiriçá, no centro sul baiano, recebe a 11ª edição da Caravana da Justiça Social. O projeto itinerante, promovido pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), acontece a partir das 9h, no Instituto de Educação, no centro da cidade, com diversos serviços gratuitos à população nas áreas de direitos humanos, cidadania, acessibilidade, protagonismo juvenil, saúde, documentação civil básica, assistência social e jurídica, entre outros. O mutirão inclui emissão de documentação pessoal, como carteiras de identidade e de Trabalho, CPF, certidão de nascimento e casamento; cadastro no Programa Identidade Jovem (ID Jovem); solicitação e entrega de carteiras do Passe Livre Intermunicipal para Pessoas com Deficiência; atendimento do Bolsa Família e dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e de Referência Especializado (Creas); orientações jurídicas e ao consumidor (Procon) atendimentos de saúde e exames de DNA para o reconhecimento de paternidade. A caravana também terá capacitações para conselheiros tutelares e profissionais do Sistema Único da Assistência (Suas), mobilizações do Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC-BA) e da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), palestras e bate-papo com a juventude, além de atividades de lazer, culturais e esportivas. A ação conta com a participação da prefeitura local, Ministério Público (MP-BA), Defensoria Pública (DPU-BA), Tribunal de Justiça do Estado (TJ/BA), Conselhos de Direitos da Criança e do Adolescente, Associação e Fórum de Conselheiros e Ex-conselheiros Tutelares, e secretarias estaduais, a exemplo da Administração (Saeb), Segurança Pública (SSP), Desenvolvimento Rural (SDR), Planejamento (Seplan), Educação, Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e Saúde (Sesab).

Vale do Jiquiriçá: Mototaxista é preso suspeito de tráfico de drogas na cidade de Amargosa

Suspeito portava arma, droga e dinheiro. Foto: Cipe Central

Um mototaxista foi preso na cidade de Amargosa, no Vale do Jiquiriçá, nesta segunda-feira (2) acusado de tráfico de drogas. De acordo com nota da Companheira Independente de Policiamento Especializado – Cipe Central, Antônio Silva Santana foi preso na Rua Rio Branco, em Amargosa, após denúncia de que o mesmo estaria comercializando drogas. Ainda de acordo com a Cipe Central, o mototaxista foi preso com um revólver calibre 38, trouxas de cocaína, celulares, relógio, a quantia de R$ 180,00 reais em dinheiro e uma motocicleta Honda 150 de cor azul com placa JRZ-9665. O homem foi apresentado na Delegacia Territorial local.

Acusado de crime eleitoral nas eleições de 2016, prefeito de Ubaíra é intimado a depor na Justiça

Prefeito Fred Andrade irá depor. Foto: Blog Marcos Frahm

O prefeito Fred Muniz Barreto Andrade (SD), do município de Ubaíra, no Vale do Jiquiriçá, será ouvido pela juíza eleitoral da Comarca, Liana Teixeira Dumet, no próximo dia 11 de outubro, às 9 horas, sobre as acusações de eventual prática de crime eleitoral nas eleições municipais de 2016, quando Fred foi eleito para o Executivo ao derrotar o então candidato à Prefeitura e ex-prefeito do município, Lúcio Monteiro (PSD). Também foram intimados a comparecer a sala de audiência do Fórum, na mesma data e horário, o vice-prefeito Elton Mafra Trindade (SD), e o presidente da Câmara, Marcelo Andrade (SD). Todos citados na Ação de Investigação Judicial Eleitoral nº 432-96.2016.6.05.0038. Segundo informações colhidas pelo Blog Marcos Frahm, o prefeito já foi depor na Delegacia de Polícia. Pesa contra os acusados, denúncias de compra de votos. Também fomos informados de que uma das representações foi julgada em 2016 e rendeu uma multa no valor de R$ 15 mil. As investigações apontaram que os acusados estavam pedindo voto dentro de uma igreja evangélica. A população acompanha o desenrolar das apurações com muita expectativa.

Saúde sem Fronteiras: Rastreamento do Câncer de Mama atende em Nova Itarana

Atendimento em Nova Itarana ocorre sábado. Foto: Carol Garcia

Os municípios de Castro Alves (Recôncavo) e Nova Itarana (Vale do Jiquiriçá) recebem o Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama, nesta sexta-feira (29) e sábado (30), respectivamente, quando serão disponibilizadas mamografias para 1.965 (meta) mulheres na faixa etária preconizada pelo Ministério da Saúde, de 50 a 69 anos. Em Castro Alves, a unidade itinerante estará estacionada na Praça do Centenário, ao lado da Rodoviária, até o dia 11 de outubro. Em Nova Itarana, na Praça da Bandeira, ao lado da Prefeitura Municipal, até o dia 2 do mesmo mês. Para serem atendidas, as mulheres devem levar um documento de identidade, Cartão do SUS e comprovante de residência. O atendimento será realizado das 7 às 18h. O Saúde sem Fronteiras é um programa da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) que tem como diferencial o acompanhamento das mulheres com mamografias inconclusivas, com a oferta de exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, buscando a integralidade do atendimento. Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em oncologia.

Irajuba está na lista das cidades em que prefeituras bancam quase 100% de emprego formal

Prefeitura banca emprego da maioria. Foto: Blog Marcos Frahm

Doze municípios baianos empregam mais de 90% dos trabalhadores com carteira assinada da cidade. Os dados são do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), divulgados pelo IFGF 2017 [Índice Firjan de Gestão Fiscal] da Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan). Segundo a pesquisa, 12 cidades baianas bancam o emprego de 9 de cada 10 moradores. Em Mansidão, no extremo oeste, e Macururé, na parte norte do Vale do São Francisco, as prefeituras chegam a contratar quase todo mundo, chegando ao índice de 96,6% de emprego formal nesses locais. Abaixo das duas, aparecem Buritirama, Novo Horizonte, Ipecaetá, Irajuba, Mulungu do Morro, Morpará, São José do Jacuípe, Bom Jesus da Serra, Lamarão e Matina. Conforme a analista de estudos econômicos do Sistema Firjan, Nayara Freire, o problema desses municípios fica maior com a dependência por transferências externas, recursos que chegam do Estado e da União, como o programa Bolsa Família. Para a economista, a instalação de empresas, mesmo com a isenção de impostos, pode ser uma saída. ”É preciso criar condições para que empresas se instalem nas cidades, criando melhores condições para os moradores. Por mais que haja isenção de imposto com a instalação dessas empresas se acaba tendo maior arrecadação”, argumenta. Ainda segundo a pesquisa, ao todo, 53 cidades do estado têm mais de 80% da população com emprego formal lotada nas prefeituras. São os exemplos de Érico Cardoso, Canápolis, Pedrão, América Dourada, Souto Soares, Ichu, Saúde, Tabocas do Brejo Velho, Contendas do Sicorá, Umburanas, Sebastião Laranjeiras, Angical, entre outros. Em relação ao país, 530 municípios contratam mais de 80% da força de trabalho formal via prefeituras, ou praticamente 10% das 5.570 cidades brasileiras. Os últimos dados fornecidos pelo MTE sobre força de trabalho formal correspondem ao ano de 2015.

Brejões: Jovem de 24 anos é morto em auto de resistência durante ação da Cipe Central

Um jovem foi morto na sexta-feira (22) no município de Brejões, no Vale do Jiquiriçá, por auto de resistência, segundo nota divulgada à imprensa pela Companhia de Policiamento Especializado – Cipe Central. Conforme a nota, a guarnição em ação conjunta com a Delegacia Territorial de Brejões, ”a fim de cumprir mandado de prisão em desfavor de Washington Rodrigues dos Santos, deslocou ao endereço onde havia informes que o indivíduo estaria homiziado. Ao chegar ao local o mesmo se evadiu pelos fundos da casa efetuando disparos contra os policiais militares que cercavam o perímetro de segurança, havendo o imediato revide para conter a ação delituosa. Após o cessar fogo e durante a varredura percebeu-se um elemento caído ao solo com uma arma tipo pistola ao lado. Foi  verificado que o resistente ainda possuía sinais vitais, sendo necessário o pronto socorro urgente. Após entrada no hospital foi constatado o óbito do indivíduo pela médica plantonista de CRM 29628. Os procedimentos policiais foram realizados na Delegacia Territorial de Brejões sob a responsabilidade da DPC  Moabe Macedo Lima”, diz a nota da Cipe Central. Ainda de acordo com as informações policiais, Washington tinha 24 anos e com ele foi apreendida uma  pistola automática sem numeração aparente.

Vale do Jiquiriçá: Jovem de 18 anos morrem durante operação da Cipe Central em Mutuípe

Um jovem de 18 anos morreu durante operação da Companhia Independente de Policiamento Especializado – Cipe Central, por volta das 06h45 desta quinta-feira (21), na cidade de Mutuípe, no Vale do Jiquiriçá. Conforme nota divulgada pelo Comandante da instituição militar, o Major Fábio Rodrigo, a guarnição realizava incursões no bairro Alto das Cajazeiras e teria se deparado com indivíduos armados que realizam, segundo a polícia, tráfico de entorpecente na área, quando foi dada a ordem de abordagem e os suspeitos iniciaram resistência armada contra os policiais, sendo Felipe Santos de Jesus baleado e os outros conseguindo evadir. Ainda de acordo com a polícia, Felipe foi socorrido ao Hospital Municipal de Mutuípe, onde foi constatado o óbito. A nota divulgada revela que o suspeito possuía passagens pela Delegacia local e que ”era integrante da organização criminosa BDM, sediada em Salvador e com ramificações no interior do Estado, sendo responsável pela distribuição de boa parte dos entorpecentes que entram no Vale do Jiquiriçá e região. A polícia apreendeu onze invólucros de uma substância aparentando ser cocaína, um revólver calibre 38 e celulares”, diz a nota.

Jovem transportava droga em ônibus de Jequié para Santa Inês e foi preso pela Polícia Militar

Maconha era transportada em ônibus. Foto: Blog Marcos Frahm

Um suspeito de 21 anos foi preso em Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá, transportando droga dentro de um ônibus intermunicipal da Viação Camurujipe. De acordo com informações da Polícia Militar, Tiago Santos Matos teria sido denunciado de que levava a droga de Jequié para Santa Inês, onde foi detido e apresentado na Delegacia Territorial local. Conforme a PM, o veículo foi interceptado e foi feita abordagem ao suspeito, que teria confessado estar transportando a droga a mando de um detento do Conjunto Penal de Jequié. Com Tiago Santos, os policiais encontraram 32 embalagens contendo material análogo à maconha e a quantia de R$ 100,00 em dinheiro. A operação ocorreu na tarde de quarta-feira (20), horas depois que a PM efetuou na cidade a prisão de uma mulher, Maria Rosa dos Santos Ribeiro, 33 anos, com uma grande quantidade de maconha em uma casa, no bairro Urbis.

Santa Inês: Polícia Militar prende mulher na companhia de adolescente com maconha

Droga, celulares e documentos apreendidos. Foto: Divulgação/PM

Em Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá, a Polícia Militar / 3ª Cia deteve, na manhã desta quarta-feira (20), uma mulher de 33 anos, companheira de um detento custodiado no Conjunto Penal de Jequié, suspeita de tráfico de entorpecente, conforme informações policiais. Segundo nota da PM, a guarnição recebeu denúncia por volta das 09h15 de que em uma residência, no bairro Urbis, havia uma quantidade de drogas oriundas de Jequié, com Maria Rosa dos Santos, que foi presa pelos militares e conduzida para a Delegacia Territorial de Santa Inês, na companhia de uma adolescente de 15 anos, que foi apreendida. Na unidade prisional, juntamente com a mulher e a menor a PM apresentou 303 embalagens contendo material análogo a maconha, 09 tabletes de substância análoga a maconha pesando 815g, 05 aparelhos celulares, uma balança de precisão e documentos diversos, apreendidos no imóvel.