No feriado de Corpus Christi, a PRF/BA sensibiliza mais de 1.000 pessoas em ações educativas em praça do pedágio

/ Trânsito

Ações da PRF na praça do pedágio de Simões Filho. Foto: PRF

No dia de hoje (16), policiais rodoviários federais estiveram presentes na praça do pedágio de Simões Filho (BA) para  realização de comandos educativos, incluindo ações do cinema rodoviário e  fiscalização de transporte coletivo de passageiros.

Além da realização das palestras, os policiais realizaram rondas ostensivas no trecho com o intuito de prevenir os acidentes. Essas ações refletem a missão institucional de proteger vidas e garantir a mobilidade nas rodovias do país, colaborando para a construção de um trânsito mais seguro.

Aliado às atividades de fiscalização e policiamento, os policiais desenvolvem trabalhos preventivos de ações educativas para o trânsito.

O projeto Cinema Rodoviário da PRF faz parte dessas ações que busca sensibilizar os diversos usuários das rodovias na assimilação de hábitos e atitudes responsáveis no trânsito.

Durante o dia de hoje, condutores e passageiros foram abordados e convidados a participarem de sessões interativas, assistindo a vídeos de curta duração, mostrando comportamentos inadequados no trânsito, que alertam para uma maior segurança e que muitas vezes são desconhecidos pelos condutores.

Durante a mini palestra é repassada orientações de trânsito sobre temas importantes como: uso do cinto de segurança, uso da cadeirinha no transporte de crianças, perigo das ultrapassagens indevidas, do excesso de velocidade, da alcoolemia e do uso do celular ao volante. No pedágio de Simões Filho, o ônibus multimissão da PRF foi utilizado para as atividades sobre segurança viária.

Três pessoas morrem carbonizadas após batida entre carro e caminhão na BR-122, Sudoeste da Bahia

/ Trânsito

Acidente entre as cidades de Pindaí e Candiba. Foto: Polícia Militar

Três pessoas morreram carbonizadas após uma batida entre um carro e um caminhão que transportava milho, na noite de quarta-feira (15), na BR-122, entre as cidades de Pindaí e Candiba, no sudoeste da Bahia.

Segundo informações da Polícia Militar, o acidente aconteceu por volta das 19h30. As vítimas estavam no carro, que após a batida, pegou fogo.

O motorista do caminhão, que não teve ferimentos, informou que o acidente aconteceu após o motorista do carro tentar fazer uma ultrapassagem proibida em um local de faixa contínua.

As vítima não foram identificadas até a última atualização desta reportagem. Uma bolsa de uma mulher foi encontrada pelos policiais no local. As iformações são do G1

Acidente entre motocicleta e carro na BR-116 deixa homem morto na ”Reta da Coalhada”, em Jaguaquara

/ Trânsito

Corpo da vítima foi encaminhado ao IML. Foto: Leitor/BMFrahm

Um motociclista morreu após colisão da moto que conduzia com um carro de passeio na Rodovia Santos Dumont BR-116, no final da tarde desta quarta-feira (15), na altura do KM 645, área conhecida como ”Reta da Coalhada”, no trecho que compreende o Município de Jaguaquara.

Edilzon Souza de Novais estava a bordo de uma moto Honda CG com placa OKK-3884 de cor vermelha quando tentava atravessar a pista de rolamento e foi atingido Chevrolet / Ônix preto com placa FRM – 4968 de Itapevi / SP, cujo motorista nada sofreu.

Populares acionaram prepostos da Concessionária ViaBahia, que comunicaram o fato a Polícia Rodoviária Federal e Polícia Técnica de Jequié, que providenciaram o encaminhamento do cadáver ao Instituto Médico Legal.

O motociclista era morador da cidade de Lafaiete Coutinho. O motorista do carro permaneceu no local. As últimas informações colhidas pelo Blog Marcos Frahm são de que a mesma moto envolvida no colisão teria feito outro vítima há meses, após bater com um cavalo durante uma cavalgada em Lafaiete, ocasião em que provou a morte de uma jovem.

Foi negado o pedido de prisão preventiva de policiais rodoviários envolvidos no caso Genivaldo

/ Trânsito

A Justiça Federal em Sergipe negou, nesta segunda-feira (13), o pedido de prisão preventiva dos três policiais rodoviários federais envolvidos na abordagem que resultou na morte de Genivaldo Santos, na BR-101, no município de Umbaúba. O pedido foi feito pela família da vítima, tendo como base a alegação de fraude processual, devido as contradições entre os depoimentos e as imagens.

Segundo a decisão, nesta fase processual, apenas o Ministério Público Federal (MPF) ou a autoridade policial poderiam requerer a prisão preventiva. A família de Genivaldo de Jesus Santos foi inserida no processo como assistentes de acusação. Desta forma, não tem permissão para pedir a prisão preventiva.

Genivaldo de Jesus Santos morreu asfixiado com spray de pimenta e gás lacrimogêneo ao ser trancado no porta-malas da viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ele estaria pilotando uma motocicleta sem capacete quando foi abordado pelos policiais William de Barros Noia, Kleber Nascimento Freitas e Paulo Rodolpho Lima Nascimento.

Nesta segunda-feira (13), uma comissão formada por senadores que integram a Comissão de Direitos Humanos (CDH) chegou em Sergipe. A comitiva ficará por dois dias acompanhado as diligências realizadas em Aracaju e Umbaúba, onde ocorreu a ação.

Ilhéus: Motorista que atropelou dentista na BA-001 se apresenta à polícia e é liberado

/ Trânsito

Tharciso Romeiro se apresenta e é liberado. Foto: Reprodução

O empresário Tharciso Romeiro Santiago Aguiar, de 38 anos, se apresentou nesta segunda-feira (13), à Polícia Civil. Ele estava desaparecido após atropelar e matar uma dentista, no trecho urbano da BA-001, na orla sul de Ilhéus (relembre). Segundo o Radar 64, parceiro do Bahia Notícias, a delegada Katiana Amorim, que comanda a investigação, informou que o empresário foi liberado para responder em liberdade.

”Ele confessou ter atropelado a vítima e prestou outros esclarecimentos, que serão mantidos em sigilo durante as investigações”, disse a delegada. Katiana também afirmou que já expediu mais de oito ofícios solicitando imagens de câmeras de segurança nas imediações de onde a jovem foi atropelada. ”Estamos no aguardo dessas informações. Estamos com técnicos na delegacia, já à disposição para analisar as imagens”, frisou a delegada.

Tharciso declarou que estava sozinho no carro e que não se lembra se a vítima atravessava uma faixa de pedestre quando foi atingida, como relataram testemunhas. Ele também contou  que deixou o local do acidente por temer ser agredido, já que algumas pessoas começaram a xingá-lo (saiba mais).

Acidente envolvendo três veículos deixou 3 mortos e 8 feridos na BR-116, na noite de sábado (11)

/ Trânsito

Três pessoas morreram e outras oito ficaram feridas em um grave acidente envolvendo três carros na noite de sábado (11), na BR-116. Os veículos bateram de frente no km 343, entre as cidades de Serrinha e Teofilândia.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda não divulgou as causas do acidente, mas informou que a batida entre os três carros foi de frente. As três vítimas que morreram estavam no mesmo carro e foram identificadas como José Fábio Silva de Almeida, Cleiton dos Santos Mota e Darcicleide Cardoso Almeida.

Cleiton e Darcicleide trabalhavam na rede municipal de Educação, eram professor e estagiária, respectivamente. Não há detalhes sobre os estados de saúde das oito vítimas feridas, nem se estão internadas em alguma unidade de saúde.

Os corpos de José Fábio, Cleiton e Darcicleide enterrados no domingo (12), na zona rural de Serrinha, onde eles moravam. A prefeitura emitiu uma nota lamentando as mortes e se solidarizando com famílias.

A gestão também suspendeu eventos festivos do aniversário da cidade, que completa 146 anos nesta segunda-feira (13). A previsão é de que os festejos sejam transferidos para o período das festas juninas, que vai de 22 a 26 de junho.

 

 

Vale do Jiquiriçá: Motociclista morre ao perder o controle da direção entre Mutuípe e Laje

/ Trânsito

Acidente aconteceu na localidade de Pé de Serra. Foto: Mídia Bahia

Um homem de 37 anos morreu vítima de um acidente de trânsito na Rodovia BR-420, na localidade de Pé de Serra, entre os municípios de Mutuípe e Laje, no Vale do Jiqiriçá.

De acordo com o site Mídia Bahia o acidente aconteceu por volta das 03h da madrugada de domingo (12), quando a vítima perdeu o controle da direção ao trafegar por uma curva, batendo o veículo num guard-rail, às margens da estrada, sendo arremessada para um local distante, conforme informou ao site a Polícia Rodoviária Federal, posto de Santo Antonio de Jesus.

Homem morre em acidente de carro na BR-324, distrito de Humildes, em Feira de Santana

/ Trânsito

Veículos colidiram na noite de sábado. Foto: Acorda Cidade

Um homem de dados ignorados, morreu na noite de sábado (11) por volta das 22h30, após sofrer um acidente de carro na BR-324, distrito de Humildes em Feira de Santana.

Até o momento, não há maiores detalhes sobre as circunstâncias do acidente, e nem o estado de saúde do outro condutor, que foi socorrido para uma unidade hospitalar.

A vítima estava conduzindo um veículo Fiat Uno, e o outro veículo envolvido no acidente, foi um Polo. As informações são do site Acorda Cidade

Dentista morre atropelada por carro na BA-001, Rodovia Ilhéus/ Olivença, Sul da Bahia

/ Trânsito

Renitlan Scaramussa Bonella foi atingida por um carro. Foto: Pimentablog

Uma cirurgiã-dentista não resistiu aos ferimentos causados por um atropelamento na BA-001 (Rodovia Ilhéus/ Olivença), nas proximidades do Hotel Jardim Atlântico, em Ilhéus, no sul da Bahia. De acordo com relatos de testemunhas, Renitlan Scaramussa Bonella foi atingida por um carro de passeio em alta velocidade, que não parou para prestar socorro. O acidente foi na tarde deste sábado (11), conforme informações publicadas pelo site Pimenta Blog.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e chegou ao local logo depois do acidente. Mas a pancada foi tão forte que Renitlan Scaramussa praticamente morreu na hora. Ela estava na faixa de pedestre, dizem testemunhas. O condutor do veículo deve ser identificado por meio de imagens do sistema de videomonitoramento. O acidente ocorreu em um trecho da pista duplicada.

Testemunhas contaram que a dentista atravessava a pista quando foi atropelada. Renitlan Scaramussa estava com roupa de banho, o que indica que estava indo ou voltando da praia. Ela trabalhava em Ilhéus e Eunápolis, no Extremo-sul da Bahia. Ainda não foram divulgados horário e local do sepultamento.

Justiça derruba decisão que impedia atuação da Polícia Rodoviária Federal fora de rodovias

/ Trânsito

Justiça entendeu que a atuação da PRF está dentro da lei

A Segunda Instância da Justiça Federal suspendeu na sexta-feira (10) a decisão que impedia a atuação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em operações fora de rodovias federais. Na decisão, o presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), Messod Azulay Neto, entendeu que a atuação da PRF está dentro da lei.

Na quarta-feira (8), o juízo da 26ª Vara Federal do Rio de Janeiro aceitou pedido do Ministério Público Federal (MPF) para suspender o Artigo 2º da Portaria 42/2021, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) que autoriza a atuação da PRF em operações. O pedido do MPF veio depois de três operações policiais, com a participação da PRF, que resultaram na morte de 37 pessoas, uma na comunidade do Chapadão (que deixou seis mortos), em março; e duas na Vila Cruzeiro (uma em fevereiro, com oito mortos, e outra em maio, com 23 mortos).

Com a decisão, volta a valer a portaria do MJSP. Pela norma, a PRF pode designar efetivo para integrar equipes em operação conjunta com outras forças, prestar apoio logístico, atuar na segurança das equipes e do material empregado, ingressar em locais alvos de mandado de busca e apreensão, mediante previsão em decisão judicial, lavrar termos circunstanciados de ocorrência e praticar outros atos relacionados ao objetivo da operação conjunta.

Justiça suspende atuação da Polícia Rodoviária Federal em operações fora das estradas

/ Trânsito

A decisão judicial ocorre em caráter liminar. Foto: Divulgação/PRF

A Justiça Federal do Rio de Janeiro suspendeu a atuação da PRF (Polícia Rodoviária Federal) em operações fora das estradas federais até que seja julgada ação civil pública apresentada pelo MPF (Ministério Público Federal) contra a União sobre o assunto.

Na ação, o MPF pede que não sejam editados atos administrativos que autorizem a PRF a atuar em operações conjuntas com outros órgãos do Sistema Único de Segurança.

De acordo com a decisão judicial, em caráter liminar, a PRF está proibida de participar de operações realizadas em comunidades e regiões urbanas.

”O pedido refere-se a operações que envolvam órgãos em quaisquer das esferas, seja federal, estadual, distrital ou municipal, fora do âmbito territorial (geográfico) das rodovias e estradas federais, nos termos das normas que estabelecem as competências atribuídas à PRF pela Constituição Federal”, diz o Ministério Público Federal.

A PRF atuou na operação coordenada pela Polícia Militar que culminou com a morte de 23 pessoas na Vila Cruzeiro, comunidade localizada na zona norte do Rio, em maio deste ano.

Foi a terceira operação na qual a PRF atuou junto com o Bope, a tropa de elite da PM fluminense, este ano. Em fevereiro, as duas corporações atuaram na mesma Vila Cruzeiro, em ação que provocou oito mortes. Em abril, foram seis mortes no Chapadão, também na zona norte.

No mérito da ação, o MPF pede a nulidade parcial de decreto do Ministério da Justiça e Segurança Pública que estabeleceu diretrizes para a participação da PRF em operações conjuntas. Segundo o MPF, o artigo 2º da norma extrapola as competências atribuídas à PRF pela Constituição Federal.

Foi com base nessa portaria que a Superintendência da PRF no Rio autorizou a operação na Vila Cruzeiro para cumprir mandados de prisão e desarticulação de organização criminosa.

”A legislação que rege a matéria não conferiu ao Ministro da Justiça e Segurança Pública o poder normativo de elastecer as atribuições da Polícia Rodoviária Federal, alterando-lhe o âmbito da competência territorial ou em razão da matéria”, afirma o procurador da República Eduardo Benones, autor da ação.

Além dessa medida, o MPF investiga as condutas, participações e responsabilidades de policiais federais na operação na Vila Cruzeiro. por Folhapress

Trânsito foi interrompido na BR-116, em Milagres, após carreta tombar e deixar motorista ferido

/ Trânsito

Carreta transportava carga de papel higiênico. Fotos: BMFrahm

O trânsito foi interrompido na BR-116 na tarde deste sábado (4), na altura do KM 560, trecho entre os municípios de Milagres e Brejões, após o tombamento de uma carreta que transportava um carregamento de papel higiênico.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal ao Blog Marcos Frahm, o acidente aconteceu por volta das 13h30 e deixou o motorista do veículo ferido, sendo a vítima socorrida ao Hospital de Milagres. O estado de saúde da vítima não foi informado.

Equipes da PRF e da ViaBahia contornaram o trânsito no local

O trânsito voltou a fluir, parcialmente, por volta das 15h30 após uma equipe da Concessionária Via Bahia providenciar a remoção do veículo. Parte da carga chegou a ser saqueada por populares, que evadiram após a chegada da PRF.

Jovem de 20 anos morre após moto colidir com caminhonete na BA-290, em Teixeira de Freitas

/ Trânsito

Um grave acidente no fim da tarde deste sábado (4) deixou uma jovem de 20 anos morta na BA-290, trecho urbano da cidade de Teixeira de Freitas.

A vítima foi identificada como Akenne Beatriz Diniz Mora, de 20 anos, moradora do Centro da cidade. Um vídeo que circulou nas redes sociais mostrou o momento que a jovem ao desviar de um veículo com o objetivo de evitar a colisão, acabou invadindo a via contrária e bate com uma uma camionete Hilux.

Com o impacto da batida a motocicleta pegou fogo e ficou totalmente destruída. Akene morreu no local, conforme informações do site Teixeira Urgente.  O corpo foi removido ao IML de Teixeira de Freitas e o desastre causou grande comoção na população local.

Ação do Ministério Público Federal pede que PRF não atue em operações fora de estradas

/ Trânsito

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com ação civil pública, em regime de urgência, para que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) seja proibida de atuar em operações conjuntas com outras forças de segurança fora de estradas. O MPF destaca a responsabilidade da corporação na operação realizada na comunidade da Vila Cruzeiro, considerada a segunda operação mais letal da história do Rio de Janeiro, no último dia 24, e que resultou em 23 mortes.

A medida também recomenda multa de R$ 1 milhão por operação para a PRF ”fora do âmbito geográfico das rodovias e estradas federais, vedando expressamente o ingresso em locais de operações conjuntas planejadas e realizadas dentro de comunidades e no perímetro urbano”.

Embora não seja atribuição da PRF atuar em favelas da cidade – e sim fiscalizar e fazer o policiamento ostensivo das rodovias federais – a PRF atribui à ação na região para prender lideranças criminosas que estariam escondidas na comunidade.

A PRF também argumenta que está em conformidade com portaria do Ministério da Justiça e Segurança Pública que autorizou o ingresso de seus agentes em locais alvos de mandado de busca e apreensão.