Senador Otto se recupera após cirurgia de emergência: ”Estou pronto para trabalhar”

/ Saúde

Otto deixa hospital após passar por cirurgia. Foto: Rede social

O senador Otto Alencar (PSD) se recupera após passar por uma cirurgia de emergência no sábado (11) (veja aqui). O parlamentar precisou realizar o procedimento médico para tratar de um cólica renal aguda.

”Estou pronto para trabalhar, pronto para o serviço, para continuar a minha missão pela Bahia”, afirmou o senador neste domingo (12), durante participação virtual na 15ª plenária do Programa de Governo Participativo (PGP), em Eunápolis.

Otto é pré-candidato à reeleição no Senado na chapa encabeçada pelo ex-secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues (PT) e do atual presidente da Câmara, Geraldo Júnior (MDB).

 

Aumento de casos de Covid faz cidade baiana proibir São João e decretar novas medidas

/ Saúde

A prefeitura de Serra Dourada, no Oeste do estado, publicou um decreto neste sábado (11) estabelecendo a proibição dos festejos juninos no município. Devido ao aumento do número de casos de Covid-19, eventos públicos ou privados estão impedidos de serem realizados num prazo de 30 dias.

Um toque de recolher também está previsto, e passa a vigorar entre 0h às 5h. De acordo com o G1, com informações da TV Oeste, a exceção é para quem trabalha nas áreas de segurança e  saúde, em horário de trabalho, para compra de medicamentos ou deslocamentos a unidades de saúde.

A medida é parecida com o protocolo implementado em diversas cidades durante o período mais duro da pandemia do coronavírus. Bares, quiosques, e outros estabelecimentos do tipo também estão impedidos de funcionar depois das 23h59, assim como equipamentos sonoros que possam gerar aglomerações não podem ser ligados.

A administração municipal proibiu a emissão de alvarás contrários a estas decisões e suspendeu outros já emitidos, até que os casos de Covid-19 comecem a baixar.

O texto recomenda o uso de máscaras, sobretudo em ambientes fechados, mas não determina a obrigatoriedade do equipamento. Os moradores de Serra Dourada foram orientados a evitar a circulação.

Otto Alencar é internado com fortes dores e faz cirurgia renal de urgência, diz assessoria

/ Saúde

Otto foi submetido a procedimento cirúrgico. Foto: Divulgação

O senador Otto Alencar (PSD) foi internado na noite desta sexta-feira (10), no Hospital Aliança, em Salvador, com fortes dores e foi submetido com urgência a um procedimento cirúrgico nos rins.

De acordo com informações apuradas pelo Bahia Notícias, o parlamentar baiano fez a cirurgia na manhã deste sábado (11) e segue hospitalizado.

Alencar é pré-candidato à reeleição no Senado na chapa do ex-secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues (PT) e do atual presidente da Câmara, Geraldo Júnior (MDB).

Feira de Santana: Médico epidemiologista, prefeito volta a recomendar uso de máscaras na cidade

/ Saúde

O prefeito testou positivo nos últimos dias pela. Foto: Reprodução

O prefeito municipal de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), que testou positivo nos últimos dias pela Covid-19, está recomendando à população que volte a usar as máscaras para se proteger do vírus.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o prefeito que também é médico, alertou sobre o número de casos que estão surgindo na cidade, e enfatizou que o equipamento tem como função, garantir uma proteção em favor da vida humana.

”Hoje, eu estou voltando às atividades usando máscaras, mesmo usando máscaras com todas as condições de segurança, eu adquiri a Covid-19. Tive que tomar todas as precauções e medicamentos para poder sair sem ter uma complicação maior. O que em nome da prefeitura de Feira, em nome dos funcionários da prefeitura de Feira, o que estou recomendando, é que todos usem máscaras para se protegerem. Quem já trabalha em unidades de Saúde, todos evidentemente estão obrigados a usar as máscaras, no entanto, neste momento, não há uma obrigação, mas quem está no transporte público é obrigado sim, a usar a máscara para se proteger, e proteger os outros. Quem dirige aplicativo, táxi, use para se proteger também, quem está no supermercado, quem está no comércio e está atendendo povo o tempo inteiro, usem máscaras para se protegerem. O número de casos está aumentando muito, embora não seja números que aumentem mortes, mas as pessoas estão adoecendo em grande quantidade, principalmente crianças, portanto neste momento, nós estamos é recomendado o uso de máscaras para se protegerem, quem tem valor à vida, quem dar valor à vida, usa máscara e se protege”, concluiu.

Prefeito de Iramaia reage bem a procedimento cirúrgico no joelho; ”me recuperando”

/ Saúde

Tunga Bastos se recupera após cirurgia. Foto: Rede social

 O prefeito da cidade de Iramaia, Tunga Bastos (DEM), foi submetido a uma cirurgia no joelho e reage bem ao procedimento. De acordo com sua assessoria, em contato com o Blog Marcos Frahm na noite desta quarta-feira (8), o chefe do Executivo já se preparava para o procedimento, cuja lesão no joelho direito gerava dificuldade no movimento, sendo necessária à realização da cirurgia para correção.

Em mensagem publicada em sua rede social, Tunga disse estar bem, se recuperando. ”Agradeço as mensagens de carinho, as orações e os cuidados que tenho recebido a todo instante. Estou me recuperando bem e se Deus quiser logo estarei de volta”, informou a publicação.

Após 4 dias de instabilidade nos sistemas do Ministério da Saúde, Bahia volta a divulgar dados da Covid

/ Saúde

Após quatro dias de instabilidade na plataforma e-SUS Notifica e SivepGripe, do Ministério da Saúde, o registro dos casos da Covid-19 no Brasil voltaram a ser divulgados nesta terça-feira (07). Os números não representam o total de casos das últimas 24 horas, eles são fruto do acúmulo de notificações em virtude da falha nos sistemas do Ministério da Saúde.

Na Bahia, nas últimas 96 horas, foram registrados 1.543 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,10%) e 996 recuperados (+0,07%). Dos 1.551.408 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.519.966 já são considerados recuperados, 1.494 encontram-se ativos e 29.948 tiveram óbito confirmado. Nas últimas 24h, o estado registrou 2 óbitos. Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico desta terça contabiliza ainda 1.890.627 casos descartados e 336.220 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta terça. Na Bahia, 63.525 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 11.605.204 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.691.252 com a segunda dose ou dose única, 5.925.591 com a dose de reforço e 298.967 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 954.267 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 507.513 já tomaram também a segunda dose.

Instabilidade

Desde a última sexta-feira (3), uma instabilidade na plataforma e-SUS Notifica e SivepGripe, do Ministério da Saúde, que realiza o registro dos casos ambulatoriais e internações da Covid-19 no Brasil, impossibilitou que a Bahia tivesse acesso aos dados relacionados à Covid.

Diversas tentativas para a extração de dados foram realizadas sem que houvesse sucesso na operação. As equipes de tecnologia da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), bem como da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Divep) contactaram o Ministério da Saúde, mas o sistema só foi retomado nesta terça.

Pesquisa testa uso do leite materno para tratar Covid em quadro de imunodeficiência grave

/ Saúde

Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) recorreram a um método nada convencional para tratar a Covid-19 em uma paciente com uma doença genética rara que torna seu sistema imune incapaz de combater vírus e outros patógenos.

Durante uma semana, ela foi orientada a ingerir 30 mililitros de leite materno – de uma doadora vacinada contra o SARS-CoV-2 – a cada três horas. Após esse período, o resultado do teste de RT-PCR – que há mais de 120 dias vinha indicando a presença do RNA viral – finalmente veio negativo.

O caso foi relatado em artigo publicado na revista Viruses. ”Tenho acompanhado essa paciente desde criança e quando ela me contou que estava com COVID-19 eu fiquei muito apreensiva. O erro inato da imunidade que ela apresenta deixa seu sistema de defesa todo desregulado. Sua resposta inflamatória é deficitária, há poucas células se mobilizando para o local da inflamação e baixa produção de anticorpos. As características de virulência dos agentes infeciosos podem levar a dois desfechos nesses casos: infecção crônica ou morte”, conta a pediatra Maria Marluce dos Santos Vilela, professora da Faculdade de Ciências Médicas (FCM-Unicamp) e autora principal do artigo.

A pesquisadora explica que o sistema imune humano e dos demais mamíferos produz normalmente cinco tipos de anticorpos: as imunoglobulinas IgM, IgG, IgA, IgE e IgD. Portadores dessa doença – conhecida como síndrome de imunodesregulação – geralmente têm pouco IgE e, em alguns casos, ausência completa de IgA, o principal anticorpo neutralizante de vírus e outros patógenos, que costuma estar presente no leite materno, nas secreções respiratórias e gastrintestinais. Além disso, há uma produção muito baixa de IgG, normalmente o anticorpo mais abundante no sangue e responsável por reconhecer e neutralizar antígenos com os quais o organismo já teve contato prévio. Há apenas 157 casos do tipo descritos no mundo, caracterizados em estudo publicado no Journal of Allergy and Clinical Immunology, do qual Vilela é coautora.

”Nossa estratégia foi manter a paciente isolada em casa, sob os cuidados da mãe – que monitorou a oxigenação, temperatura corporal e a nutrição. No hospital ela poderia contrair uma infecção bacteriana, o que tornaria o quadro ainda mais grave. E desde o diagnóstico, em março de 2021, nós a acompanhamos periodicamente por vídeo”, conta a médica.

Nos primeiros 15 dias de infecção a paciente apresentou febre, perda de apetite e de peso, tosse e indisposição. Mas para surpresa e alívio de Vilela, o pulmão e demais sistemas mantiveram-se inalterados. Passados dois meses, o quadro permanecia o mesmo e o grupo então decidiu testar, em parceria com o Hemocentro da Unicamp, o tratamento com plasma de convalescente, ou seja, a transfusão de anticorpos produzidos por pessoas que haviam se curado da Covid-19, principalmente os do tipo IgG.

O procedimento foi feito e promoveu melhora dos sintomas e redução de marcadores inflamatórios no sangue. Mas, após 15 dias, o exame de RT-PCR permanecia positivo e a paciente seguia apresentando sintomas leves e sinais do que os médicos chamam de adinamia, que é uma grande fraqueza muscular associada a processos infecciosos prolongados.

”Ficamos receosos de que a infecção se prolongasse por muito tempo, o que a debilitaria ainda mais e aumentaria o risco de contaminar outras pessoas. Nessa mesma época, saíram os resultados de um estudo mostrando que mulheres lactantes imunizadas com a vacina da Pfizer produziam leite com uma quantidade razoável de IgA. Decidimos então fazer a experiência assistencial de reposição de IgA via leite materno”, conta Vilela.

A pesquisadora conta que só foi possível fazer o ensaio porque há no país uma legislação rígida que garante a segurança dos bancos de leite. Somente podem doar mulheres saudáveis, com testes negativos para doenças infecciosas como Aids, sífilis e hepatite, entre outras. E o sistema também permite saber se a doadora foi imunizada. Com informações do site Bahia Notícias

Secretaria de Saúde não divulga dados sobre Covid-19 na Bahia pelo terceiro dia seguido

/ Saúde

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) não divulga dados sobre a Covid-19 pelo terceiro dia consecutivo. De acordo com a pasta, numa nota divulgada na última sexta-feira (4), uma falha no sistemas e-SUS e SivepGripe, do Ministério da Saúde, impediam a atualização do número de casos.

Segundo a pasta, o problema afeta diversos estados brasileiros e já foi reportado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

”Assim que ocorrer o reestabelecimento da conexão com o sistema ministerial, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) disponibilizará para acesso público, a base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus (Covid-19)”, informou a Sesab.

Mais uma unidade de ensino de Santo Antonio de Jesus suspende as aulas após casos de Covid

/ Saúde

O Centro de Apoio Pedagógico Aurélio Pires, no município de Santo Antônio de Jesus, suspendeu as aulas após registrar casos de Covid-19 entre os profissionais da educação. A informação foi divulgada pelo Núcleo Territorial de Educação do Recôncavo (NTE 21).

Segundo o Núcleo, a escola passará por desinfecção. As aulas estão suspensas desde a última sexta-feira (3) e a previsão é que elas retornem na próxima sexta-feira (10).

Na semana passada, uma outra escola do município também suspendeu as aulas por oito dia, depois que quase 30 pessoas foram diagnosticadas com Covid-19. As aulas devem retornar no dia 9 de junho, depois de a escola passar por serviços de desinfecção e higienização.

De acordo com o boletim da Secretaria de Saúde, houve, no município, um aumento de 95% nos casos positivos de Covid-19 no período de uma semana.

Prefeitura de Guanambi retira a obrigatoriedade do uso de máscara em espaços fechados

/ Saúde

A prefeitura de Guanambi, no sudoeste do estado, publicou um decreto neste domingo (5) que retira a obrigatoriedade do uso de máscaras em eventos e locais fechados. A utilização do equipamento de proteção era obrigatório devido à pandemia da Covid-19 e foi estabelecida no último dia 30 de maio.  As informações são do portal Achei Sudoeste.

A nova medida mantém a obrigatoriedade do uso das máscaras em locais como unidades de saúde, clínicas, unidades de pronto atendimento, farmácias e hospitais.

Também continua obrigatório o uso de máscaras nos terminais do aeroporto e da rodoviária, em instituições de ensino público e privado e para pessoas que estão com sintomas gripais ou respiratórios ou que tiveram contato com pacientes que contraíram a Covid-19 recentemente.

Já a obrigatoriedade de apresentação da comprovação de vacinação contra a Covid-19 continua valendo no município para ter acesso a locais fechados ou para utilizar serviços de transporte e acessar unidades prisionais ou policiais. A comprovação deverá ocorrer por meio do documento fornecido no momento da imunização ou do Certificado Covid, obtido por meio do aplicativo ”Conect SUS”, do Ministério da Saúde. Serão exigidas as doses de reforço da vacina para o público alcançado por esta etapa da campanha de imunização.

Ex-presidente Lula e sua esposa Janja testam positivo para Covid-19 ficam em isolamento

/ Saúde

Lula e Janja se casam há duas semanas. Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e sua esposa, Rosângela Silva, conhecida como Janja, testaram positivo para a Covid-19, segundo confirmou, neste domingo (5), a equipe do petista pelas redes sociais.

Lula está assintomático e Janja apresenta sintomas leves da doença. Após o diagnóstico, os compromissos do pré-candidato para segunda (6) e terça-feira (7) foram cancelados.

Lula e Janja se casaram há duas semanas, no dia 18 de maio, em cerimônia realizada na zona Sul de São Paulo.

Quase 50% das pessoas que usam plano precisaram ajustar orçamento para não perde-lo

/ Saúde

A Associação Nacional das Administradores de Benefícios (Anab) aponta que 47% dos entrevistados tiveram que ajustar o orçamento em 2021 para não perder o plano de saúde. Entre os que não têm plano de saúde, 83% consideraram que ele é necessário, e o mesmo percentual têm medo de perder o benefício.

Dos entrevistados que são usuários exclusivos do Sistema Único de Saúde (SUS), 68% precisaram de algum tipo de atendimento médico em 2021, mas relataram dificuldade no acesso.

O presidente da associação e idealizador do estudo, Alessandro Acayaba de Toledo, a portabilidade é uma das saídas para quem precisa reduzir o custo com o plano de saúde, mas sem perdê-lo. ”É direito do beneficiário. O interesse pela portabilidade aumentou 12,5% de acordo com a ANS [Agência Nacional de Saúde]. Em alguns casos, foi possível reduzir em 40% os custos com a saúde”, ressaltou Toledo à Agência.

A pesquisa da Anab foi feita no último mês de abril com 1.012 pessoas, de 16 anos ou mais, responsáveis pelas principais decisões do domicílio.

Ministério da Saúde amplia quarta dose de reforço Contra Covid para pessoas acima de 50 anos

/ Saúde

A partir de hoje, pessoas a partir de 50 anos de idade e trabalhadores da saúde de todas as idades podem tomar a segunda dose de reforço da vacina contra a covid-19 em todo Brasil. O Ministério da Saúde publicou, neste sábado, duas notas técnicas que ampliam a aplicação da quarta dose.

Anunciada na quinta-feira (2) pelo ministro Marcelo Queiroga, a medida foi oficializada hoje. A recomendação vale para quem tomou a primeira dose de reforço há pelo menos quatro meses.

Em nota, o Ministério da Saúde informou que as notas técnicas consideram a necessidade de reforçar a imunização nessa faixa etária e para os trabalhadores que estão na linha de frente dos serviços de saúde, com maior risco de contaminação. As vacinas da Pfizer, Janssen e AstraZeneca podem ser usadas, independentemente da dose aplicada anteriormente.

A pasta destacou que a combinação de vacinas diferentes para a dose de reforço tem se revelado eficiente em aumentar a imunização. ”Uma pesquisa feita pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, encomendada pelo Ministério da Saúde, mostrou que a combinação heteróloga para a dose de reforço, ou seja, de vacinas diferentes, é mais eficaz””.

”Os resultados mostraram ainda que a dose de reforço pode aumentar em até 100 vezes a produção de anticorpos contra a covid-19. Até agora, mais de 4,5 milhões de brasileiros tomaram a segunda dose de reforço”, ressaltou o comunicado.

Orientações

O Ministério da Saúde pediu que estados e municípios sigam as orientações da pasta para a campanha nacional de vacinação contra a covid-19. Segundo a pasta, a distribuição das doses é feita de forma equânime e proporcional em todo o país, conforme a necessidade de cada unidade federativa.

Até agora, informou o ministério, o governo federal distribuiu quase 500 milhões de doses em todo o Brasil, garantindo a proteção de 77% da população com as duas doses. Mais de 85,9 milhões de pessoas tomaram a primeira dose de reforço.

Sesab não divulga dados sobre a Covid-19 das últimas 24 horas; secretaria aponta falha em sistema do Ministério

/ Saúde

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) informou que não teve acesso aos dados das últimas 24 horas da Covid-19 no estado, pelo segundo dia consecutivo, neste sábado (4).

De acordo com o órgão, o problema foi causado mais uma vez pela instabilidade na plataforma e-SUS Notifica e SivepGripe, do Ministério da Saúde, que realiza o registro dos casos ambulatoriais e internações da Covid-19 no Brasil.

O problema afeta diversos estados brasileiros e foi reportado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Segundo informações da Sesab, diversas tentativas para a extração de dados foram feitas sem que houvesse sucesso na operação. As equipes de tecnologia do órgão, da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb) e da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Divep) contactaram o Ministério da Saúde, mas até o o final da tarde, não houve reestabelecimento da conexão.

A Sesab informou que a Bahia é pioneira na integração de três bases ministeriais desde o início da pandemia da Covid-19. Os dados dos sistemas e-SUS Notifica, SivepGripe e o GAL/Lacen são extraídos de modo automatizado e uma série de algoritmos desenvolvidos pela equipe de tecnologia retiram duplicidades para ter uma base íntegra e fidedigna ao cenário epidemiológico.

No entanto, a Sesab lamentou que após o lançamento da nova versão do e-SUS Notifica pelo Ministério da Saúde, erros e instabilidades tornaram-se recorrentes.

O órgão de saúde afirmou que assim que ocorrer o reestabelecimento da conexão com o sistema ministerial, a secretaria disponibilizará para acesso público, a base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus. Ainda segunda a secretaria, a base de dados vai ficar disponível em no site da transparência. Com informações do G1