Youtube apaga 22 vídeos com desinformação e mentiras sobre a urna eletrônica e as eleições

/ Política

O YouTube apagou ao menos 22 vídeos contendo desinformação e mentiras sobre a urna eletrônica e as eleições. A limpeza inédita, segundo jornal O Globo, ocorreu nos últimos dez dias.

A ação foi posta em prática dois dias após reportagem do jornal identificar 1.960 vídeos circulando na plataforma com mentiras sobre as eleições, totalizando 58 milhões de visualizações.

O valor se reverteu em monetização de até R$ 1 milhão para youtubers bolsonaristas que produziram o conteúdo enganoso, segundo cálculo feito pela Novelo e agência Bites.

Do PP, prefeito de Firmino Alves ignora partido para apoiar Jerônimo ao governo da Bahia

/ Política

Jerônimo se reúne com Fabiano Sampaio. Foto: Reprodução/Instagram

Do PP, partido de João e Cacá Leão, que agora compõem a base de ACM Neto, o prefeito de Firmino Alves, Fabiano Sampaio, contrariou os correligionários para apoiar a pré-candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) ao governo.

Ontem (8), o pepista se reuniu com Jerônimo em Salvador. O encontro contou também com as presenças do ex-prefeito da cidade, Padre Agnaldo, e do pré-candidato a deputado federal pelo PSD, Gabriel Nunes.

ACM Neto prometei construir hospital regional no Baixo Sul: ”Vamos trazer a saúde pública para perto”

/ Política

Durante evento em Cairu, Neto promete hospital. Foto: Divulgação

O pré-candidato ao Governo da Bahia ACM Neto (União Brasil) afirmou que vai construir um Hospital Regional no Baixo Sul, caso seja eleito em outubro deste ano. Durante evento em Cairu nesta quarta-feira (8), Neto criticou a falta de soluções apresentadas pela atual gestão do estado para acabar com a fila de espera da regulação na saúde pública.

”O melhor governo do Brasil não é governo de enrolação, não é governo de fazer evento para fingir que está discutindo propostas. Há tantos anos as mesmas propostas”, criticou. ”E nós vamos construir esse hospital. Nós vamos trazer a saúde pública para perto da população da região”, acrescentou.

Neto ressaltou que existem muitos casos de pessoas que esperam dias ou até meses na fila da regulação. O ex-prefeito de Salvador disse ainda que, em diversas situações, vidas acabam se perdendo com a demora no atendimento da saúde pública estadual.

”O melhor governo do Brasil é o governo que vai construir um hospital regional aqui na região do Baixo Sul. Nós não vamos mais tolerar que as pessoas que adoecem aqui na região sejam obrigadas a esperar tanto tempo para conseguir um internamento. E quando conseguem, ainda são mandadas para Itabuna, para Santo Antônio ou para Salvador e ficar longe de casa e dos familiares”, salientou.

Durante sua caminhada pela Bahia, ACM Neto tem enfatizado que pretende zerar a fila da regulação para procedimentos de urgência imediata, como casos de AVC, politraumatismos ou acidentes cardíacos.

”Querem alguém leal, comprometido”, diz Márcio Marinho sobre candidato a vice de ACM Neto

/ Política

Márcio é um dos nomes cogitados para vice. Foto: Reprodução

Presidente do Republicanos na Bahia, o deputado federal Márcio Marinho comentou na noite desta quarta-feira (8) sobre a disputa com o correligionário e colega de parlamento Marcelo Nilo pela vaga de candidato a vice-governador da Bahia na chapa de ACM Neto (União Brasil).

”Acho que a população de Salvador, da Bahia… eles querem alguém que realmente possa estar contribuindo com a chapa de Neto. Alguém leal, alguém comprometido, alguém que verdadeiramente possa estar contribuindo e que possa estar ajudando com tranquilidade nosso futuro governador a conduzir o estado da melhor maneira possível. E, se for da vontade de Deus e do nosso candidato a governador, nosso nome está à disposição”, disse Marinho no Senai Cimatec, na cerimônia de entrega de veículos para entidades de apoio a crianças e adolescentes, feita pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Cristiane Britto.

Na queda de braço com Marcelo Nilo, Marcio Marinho é considerado favorito por sua força no Republicanos da Bahia e na Igreja Universal do Reino de Deus. Além da força político-partidária, aliados de ACM Neto avaliam que Marinho pode agregar com votos de evangélicos.

Pesa a favor do presidente do Republicanos ainda seu histórico de apoio ao ex-prefeito de Salvador em seus oito anos de gestão (dois mandatos consecutivos – 1 de janeiro de 2013 a 1 de janeiro de 2021).

Marcelo Nilo, contudo, esteve com o PT por quase 15 anos, nos dois mandatos de Jaques Wagner e nos dois de Rui Costa até março deste ano, quando rompeu formalmente com o governador.

Ezequiel não descarta candidatura à prefeitura de Itiruçu; ”se a prefeita bater o martelo, estou pronto”

/ Política

Ezequiel comenta possibilidade de sr candidato. Foto: BMFrahm

Aliado de primeira hora da prefeita Lorena Di Greório (PSD) o vereador Ezequiel Borges (PSD) tem sido cogitado para eventual candidatura à prefeitura nas eleições municipais, embora esteja distante o processo eleitoral municipal.

Indagado pelo BMFrahm nesta terça-feira (7), o jovem parlamentar, inclusive o mais votado pela segunda vez consecutiva na história política do Município não descarta encarar o desafio, caso sela ele o escolhido da mandatária:  ”Eu sou cogitado a ser presidente da República desde pequeno, porque sempre tive uma ousadia, penso muito grande e eu tenho galgado isso a cada dia para alcançar lugares mais altos, como qualquer uma pessoa que entra na política. Acredito que quando a gente gosta do que faz, vai tomando um fôlego bacana para continuar cada vez maior e melhor. Com a prefeita Lorena a gente tem uma relação de amizade de dezenove anos, antes mesmo da política, atuávamos no Hospital Prado Valadares, decidimos que iríamos entrar na política juntos e agora estou nessa caminhada e pronto para o que for. Eu acredito na força do grupo. Hoje estou unido ao meu grupo com o direcionamento de Lorena, se a prefeita bater o martelo e dizer que o prefeito é Ezequiel eu estou aqui, nasci pronto, mas se ela escolher outra pessoa, to colado”, garante.

Usando seu alto prestígio com a primeira-dama Aline Peixoto, Ezequiel tem sido o principal interlocutor da Prefeitura com o Governo do Estado para a busca de benefícios para o Município, que ganhou, nesta terça-feira, durante visita do governador Rui Costa, além de uma nova Delegacia de Polícia entregue outras obras importantes e apoio financeiro para a realização do São Pedro 2022.

Do PP, prefeito de Lajedo diz manter aliança com Zé Cocá e Leur, mas vai com Jerônimo para Governo

/ Política

Marquinhos diz não ter motivos para romper. Foto: BMFrahm

Mais um prefeito filiado ao PP de João Leão decidiu não seguir o vice-governador e declarar apoio ao pré-candidato do PT ao Governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT).

Trata-se de Marquinhos Sena, chefe do Executivo de Lajedo do Tabocal, que inclusive é aliado do presidente da UPB Zé Cocá (PP) e do deputado federal Leur Lomanto (UB), ambos aliados do pré-candidato da oposição, ACM Neto (UB).

Durante visita do governador a Itiruçu nesta terça-feira (7), Marquinhos agradeceu a Rui pelos investimentos anunciados para o Município e disse que não tem motivos para romper com o Governo: ”Quando eu me filiei ao PP era base do governo. Diante dessa ruptura eu não tinha motivos para deixar de caminhar com o governo. Aquilo que é acertado não sai caro. Procurei o meu líder, que é Zé Cocá, que me levou para o PP e falei que a gente votará com Hassan (PP) para estadual, apoiado por ele, com Leur (UB) para federaL, Bobô (PCdoB), Valmir Assunção (PT), dividimos as lideranças, mas pra governo a gente não abre mão de caminhar com Rui Costa”, disse Marquinhos, tendo enumerado obras liberadas para Lajedo através do Estado, citando como exemplos a construção de uma nova escola, praça, pavimentação, reforma de mercado de cereais, galpão para acolher costureiras e outros benefícios.

Ele afirmou ainda que aposta na vitória de Jerônimo: ”Acredito que será um grande sucessor do governador e ele tem um discurso que condiz com a minha realidade”. O prefeito confirmou a visita de Rui a Lajedo no próximo dia (13), quando a cidade completará 33 anos de emancipação político-administrativa e as comemorações contarão com show do cantor Pablo do Arrocha, contratado por meio da BahiaTursa como forma de apoio ao evento.

Euclides Fernandes justifica mudança do PDT para o PT; ”minha linha sempre foi a da esquerda”

/ Política

Euclides Fernandes justifica mudança partidária. Foto: MFrahm

Integrante histórico do PDT, desde quando exercia o cargo de vereador em Jequié, Euclides Fernandes, agora exercendo o quarto mandato consecutivo de deputado estadual e que é pré-candidato a reeleição, migrou para o PT após o presidente estadual do seu ex-partido fechar aliança política com a oposição, liderada pelo ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (UB).

Ao ser indagado pelo Blog Marcos Frahm sobre a mudança partidária, nesta terça-feira (7), durante visita do governador Rui Costa (PT) ao Município de Itiruçu o parlamentar justificou, afirmando que sempre teve  viés de esquerda. ”Eu era do PDT e historicamente sempre tive aliança com o PT, desde o governo Jaques Wagner e agora com Rui Costa. Nesse ano político – eleitoral, o PDT passou a ter uma postura de aliança com a direita, o que não tem nada a haver com a linha que eu sempre tive, que foi a linha da esquerda. Eu achei melhor sair do PDT e integrar o 13 de Lula, de Rui e Jerônimo”, disse o deputado.

Por trás de um grande homem, sempre tem uma grande mulher, diz Lorena com placas a Rui e Aline

/ Política

Rui e Aline ganham placas e elogios de Lorena. Foto: BMFrahm

A prefeita Lorena Di Gregório (PSD), de Itiruçu, demonstrou seguir alinhadíssima com o governador Rui Costa (PT). Durante visita do chefe do Executivo estadual ao Município, na tarde desta terça-feira (7), Lorena demonstrou também entrosamento com a primeira-dama do Estado, Aliene Peixoto, que apesar de não ter marcado presença no evento ganhou uma placa de reconhecimento. ”Por trás de um grande homem, sempre tem uma grande mulher”, disse a mandatária ao fazer efusivos elogios a Aline, a Rui e ainda afirmou que vai trabalhar para que o pré-candidato a governador apoiado por Costa, Jerônimo Rodrigues (PT), obtenha 90 % no Município.

Patrick presta apoio a prefeita de Teolândia após Rosa chorar com suspensão da Festa da Banana

/ Política

Patrick e sua esposa Emanuelle com a prefeita Rosa. Foto: Rede social

A prefeita de Teolândia, Rosa Baitinga (PP), que chorou após ao cumpri a decisão judicial que resultou no cancelamento da Festa da Banana, inclusive com a suspensão do show do cantor Gustavo Lima ganhou o apoio do ex-prefeito e pré-candidato a deputado estadual, Patrick Lopes (Avante), seu novo aliado político.

Ao discursar em um palco montado para o evento em praça pública, na noite de domingo (5), a prefeita chorou e encerrou o discurso ajoelhada, com repetidas falas sobre Deus. ”A péssima notícia chega, e chega quase de noite. Parece que é para matar a gente. Mas quem tem força tem coragem”, afirmou.

Alto cachê

Gusttavo Lima, que receberia um cachê de R$ 704 mil, estava na grade da programação, que custaria um total de R$ 2,3 milhões.

O sertanejo vem sendo alvo de críticas após a divulgação de cachês milionários pagos por pequenas prefeituras para seus shows. Na última semana, uma série de polêmicas envolvendo a contratação de sertanejos por prefeituras de municípios do interior veio à tona, diante da incompatibilidade do cachê com a realidade orçamentária das administrações públicas.

Aliança com Patrick

Em rede social, Patrick Lopes, que estava no palanque ao lado de Rosa no momento do anúncio do cancelamento do evento, postou uma mensagem nesta segunda-feira (6), dizendo estar prestando apoio à mandatária. ”Quero prestar todo o meu apoio a minha querida amiga prefeita de Teolândia, Rosa Baitinga. Infelizmente, devido a uma ordem judicial, a tradicional Festa da Banana teve que ser cancelada. Lutamos juntamente nesses últimos dias para garantir a realização desta festa tão importante para a economia e cultura do município. Reitero minha admiração a essa mulher pública de garra”, escreveu o pré-candidato, que segundo informações apuradas pelo BMFrahm teria fechado apoio a Patrick com anuência do governador Rui Costa (PT), que tenta turbinar a pré-campanha do ex-prefeito de Jitaúna a ALBA depois da ruptura política dele e de Lopes com o prefeito de Jequié, Zé Cocá (PP), este que marchará com ACM Neto na disputa pelo Governo do Estado.

Prefeito de Coaraci rompe com vice após ele declarar apoio a ACM Neto; ”O meu time é o de Rui”

/ Política

Jadson rompe com Miltinho

O prefeito da cidade de Coaraci, no Litoral Sul, Jadson Albano(PP), e o vice-prefeito Miltinho do Axé (PSD) romperam relações políticas. O motivo do rompimento foi a posição política do vice.

De acordo com o que divulgou o site Políticos do Sul da Bahia, parceiro do Bahia Notícias, em contato com o prefeito, ele comentou a situação. ”O meu time é o de Rui, Lula e Jerônimo”.

Vale lembrar que o vice-prefeito Miltinho declarou apoio ao pré-candidato ACM Neto (UB). Na semana passada o prefeito exonerou o secretário de agricultura. Ele tinha sido indicado pelo vice.

Itabuna: Prefeito Augusto Castro mostra prestígio ao reunir multidão durante PGP de Jerônimo

/ Política

Augusto Castro discursa durante o PGP de Itabuna. Foto: Divulgação

O prefeito Augusto Castro (PSD) demonstrou que estar com prestígio em alta junto ao eleitorado de Itabuna, no Sul da Bahia. Na passagem do governador Rui Costa (PT) e do pré-candidato ao Governo pela cidade no último sábado (4) Augusto reuniu uma multidão para recepcionar os petistas, que levaram a região o Programa de Governo Participativo (PGP), um projeto criado para discussão e apresentação de propostas de campanha.

Segundo a organização do evento, que contou ainda com a presença de Jaques Wagner (PT), Otto Alencar (PSD) e outras lideranças políticas reuniu 08 mil pessoas e empolgou o grupo governista. As imagens viralizaram nas redes sociais e geraram comentários nos meios políticos.

Em mensagem enviada ao BMFrahm, via WhatsApp, o prefeito comemorou o ato político e também a celebração novas parcerias entre a Prefeitura e com o Governo do Estado. ”Um evento fantástico, que mostrou a força do nosso grupo e o reconhecimento do da população e das lideranças da região sul com o trabalho desenvolvido pelo governador”, disse.

Rui recebeu das mãos de Castro um projeto de requalificação do Hospital de Base e prometeu a construção do Hospital de Base II, uma unidade, além de obras de urbanização da orla do Rio Cachoeira, com a construção de uma avenida e a completa reforma do Estádio Luiz Viana Filho, o Itabunão, construído na década de 1970.

Pré-candidato a governador da Bahia, Roma participou de carreata em Serrinha neste domingo

/ Política

Carreata em apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Foto: Divulgação

O pré-candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma (PL), participou de uma carreata em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, em Serrinha, neste domingo (05).

“Estamos com o presidente Bolsonaro, que é atacado todo dia, embora defenda Deus, pátria, família e liberdade”, disse Roma, assinalando que, apesar de não ter sido o mais votado, Bolsonaro tem feito muito pela Bahia.

”Diferentemente do PT que levou a confiança e votos dos baianos, mas não entregou nem um quilômetro de BR duplicada na Bahia, Bolsonaro já entregou trechos das BRs 116 e 101 duplicados”, destacou o ex-ministro da Cidadania.

João Roma anunciou que, brevemente, o presidente Bolsonaro estará em Feira de Santana para assinar a ordem de serviço para o início das obras do rodoanel da maior cidade do interior do Nordeste.

”Esse rodoanel mesmo foi anunciado várias vezes pelos governos petistas, mas ficou só na conversa. Agora com o governo Bolsonaro é diferente. As coisas acontecem, a exemplo da água que finalmente jorrou na transposição do São Francisco”, afirmou Roma, ressaltando que ”a Bahia precisa seguir de mãos dadas com o Brasil”.

Rui ataca Cacá Leão durante PGP de Itabuna; ”É do Centrão e aliado de Bolsonaro”

/ Política

Grupo governista durante PGP de Jerônimo em Itabuna. Foto: Divulgação

Costa alfinetou o deputado federal e pré-candidato a senador pela chapa da oposição, Cacá Leão, do PP, durante PGP do pré-candidato do PT ao Governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues, em Itabuna, neste sábado (4).

”Depois da Dilma o Brasil só faz descer a ladeira, a inflação disparou, o desemprego disparou e o povo não aguenta mais. Por tanto, quero fazer um pedido a vocês, porque o Lula me disse que quer votar para fazer mais e para ele fazer mais não dar para ser com essa turma do centrão que está no poder. Essa turma do orçamento secreto é uma vergonha para o Brasil. Eu não vou citar cada nome de deputados, mas eu quero pedir a vocês que converse com quem quer melhorar o Brasil para votar não só no Lula, mas em governadores, senadores e deputados que não fiquem tramando. O candidato a senador do lado de lá, é do centrão e é um aliado do Bolsonaro”, disse Rui que, sem citar ACM, afirmou que o pré-candidato a governador da oposição é filho de papai e não gosta de pobre. ”Essa gente riquinha só gosta do pobre na hora do voto”, bradou.

Bolsonaro muda e diz que se ”Lula for, vou junto com ele” para debate no 1º turno das eleições

/ Política

”Se Lula for, eu vou junto com ele”, disse. Foto: Isac Nóbrega

Ao visitar as obras da ponte de integração entre Brasil e Paraguai, no Paraná, na sexta-feira (3), o presidente Jair Bolsonaro (PL) desafiou o pré-candidato à Presidência da República pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, para um debate no primeiro turno das eleições.

Questionado sobre os debates, em um primeiro momento, Bolsonaro disse que ainda não sabia se participaria dos eventos com outros pré-candidatos ao pleito eleitoral. ”Eu não sei, primeiro vou analisar”. No último dia 31, Bolsonaro alegou que evitaria os debates no primeiro turno das eleições para não levar ”pancada” o tempo todo por parte dos candidatos.

Em seguida, passou a atacar o opositor petista colocando em dúvida as pesquisas que mostram Lula na dianteira. ”Não consigo entender o outro lado ter 40% de intenção de votos. O cara não consegue ir a rua para nada, nem para entrar num botequim”, alfinetou.

O presidente foi novamente perguntado se participaria dos debates em primeiro turno e rebateu que não comparecer poderia ser uma ”questão de estratégia”, já que ex-presidentes fizeram o mesmo. Em 2006, Lula também não participou quando concorreu à reeleição. Assim como Fernando Henrique Cardoso em 1998.

”Vou ver. Isso é questão de estratégia no momento. Eu não quero assumir um compromisso agora e depois não cumprir lá na frente. Nunca um presidente, pelo que eu tenho conhecimento, participou no primeiro turno de um debate. Vamos esperar. Talvez eu compareça”. Por fim, emendou: ”Eu fecho agora: Se Lula for, eu vou junto com ele”, bradou.