Nilo tenta convencer filho de Paulo Souto de que é o melhor para presidir Assembleia

/ Política

Nilo promove café da manhã
Marcelo Nilo promove café da manhã para discutir à presidência

Num café-da-manhã regado a cuscuz, suco de laranja, pãozinho de queijo, mamão papaia, o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), e o deputado estadual eleito Fábio Souto (DEM) conversaram no Hotel Fiesta, em Salvador, sobre a sucessão no Legislativo baiano. Nilo quer continuar presidente da Alba. Caso se confirme, será a sua quinta vez consecutiva à frente da Casa. A vontade de permanecer no comando do Poder Legislativo tem feito Nilo gastar saliva na tentativa de convencer seus pares de que é o melhor nome. Souto, que retorna à Assembleia Legislativa depois de ter cumprido dois mandatos na Câmara Federal, ouviu os argumentos de Nilo. Comprometeu-se a levar para a bancada de oposição as propostas do pedetista, que não inclui o fim da reeleição. Se por um lado Nilo se mexe, Alan Sanches (PSD), Rosemberg Pinto (PT) e Sargento Isidório (PSC) também não estão de mãos cruzadas. O trio sabe das dificuldades porque não tem a ‘caneta’ na mão, mas promete dificultar ao máximo o penta campeonato de Nilo. As informações são do Bocão News

Jequieense, mulher de Rui Costa, pode ter papel importante na gestão do petista

/ Política

Jequieense Aline Peixoto
Jequieense Aline Peixoto terá voz ativa no Governo Rui
Petistas estariam brincando com o grau de ansiedade que contaminou o partido por causa da demora do governador eleito, Rui Costa (PT), em definir seu secretariado e, ainda por cima, viajar para Miami, deixando todos sem informação sobre  quem integrará o primeiro escalão da equipe. Apesar de não explicitarem o fato, muitos dos correligionários, inclusive, acham que a mulher de Rui Costa, Aline Peixoto, terá papel importante na definição de aspectos do futuro governo, de acordo com informações publicadas pelo jornal Tribuna da Bahia, nesta segunda-feira (10). Ainda segundo a publicação, a futura primeira-dama é uma figura firme, que o governador eleito escuta com frequência.

”Para a direita não adianta me empurrar que eu não vou”, diz Aécio Neves, ex-presidenciável

/ Política

Aécio obteve
Aécio obteve 51 milhões de votos no 2º turno. Foto: Agência Senado

O senador Aécio Neves (PSDB) reafirmou, em entrevista publicada neste domingo (9) pelo jornal O Globo, que não irá abdicar do papel de oposição e que o PT enfrentará ”oposição conectada com a sociedade”. O ex-presidenciável tucano, que obteve 51 milhões de votos no 2º turno, diz que vai ser oposição vigilante e fiscalizadora para que os escândalos não sejam “varridos para debaixo do tapete” e afirmou que os brasileiros não podem confundir o PSDB com movimentos “nostálgicos” que pedem a volta do regime militar. “O que houve foi a utilização de movimentos da sociedade por uma minoria nostálgica que nada tem a ver conosco e com nossa história. A agenda conservadora, antidemocrática, totalitária, é a do PT. Esse documento do PT, lançado depois das eleições, é muito grave. Fala no cerceamento da liberdade da imprensa, de um projeto hegemônico de país, sem alternância de poder. Fala de uma democracia direta que, de alguma forma, suplantaria ou diminuiria a participação do Congresso na definição das políticas públicas”, disse. Segundo o senador, na campanha do avô Tancredo Neves, em 1984, surgiu um movimento que pregaram uns cartazes em Brasília com o símbolo do comunismo. Segundo o político era um movimento da direita mais radical para dizer que o ex-presiente era comunista. “Teve um momento, Tancredo disse: ‘Olha, para a esquerda não adianta me empurrar que eu não vou’. Ele era um homem de centro. E, agora, eu digo: ”Para a direita não adianta me empurrar que eu não vou

João Leão é designado por Rui Costa a ser ”ponte” do governo nos Ministérios

/ Política

Eleito vice, Leão
Eleito vice, Leão levanta projetos para apresentar a Rui Costa

Designado por Rui Costa (PT), a ser ”ponte” do governo nos Ministérios em Brasília, durante a sua ausência, o vice-governador eleito João Leão (PP), destacou a expectativa de encaminhar diversos projetos, principalmente na área de infraestrutura para o estado. O progressista que ainda se despede do mandato de deputado federal, disse que percorreu alguns órgãos essa semana para “levantar” informações sobre os projetos destinados a Bahia. “Estamos fazendo um levantamento de tudo àquilo que pode ser feito, dos recursos e convênios para quando ele sentar na cadeira encaminhar as coisas. Estive no Ministério dos Transportes, também no Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), onde verificamos que existem mais de 3 mil quilômetros de rodovias federais não implantadas. Essa será uma de nossas lutas, além da duplicação da BR-101, BR- 116 e da estrada de Barreiras a Luiz Eduardo. Vamos lutar pela obra do contorno de Barreiras e de Feira de Santana. Estamos correndo atrás e eu vou dar uma radiografia completa para o governador”.  Leão falou sobre o objetivo de Rui de concluir algumas obras como a Ferrovia Oeste-Leste e implantar políticas de incentivo as exportações. Sobre a nova gestão, o deputado também contestou perspectivas pessimistas no cenário das finanças. “Vamos encontrar uma máquina bem azeitada. A situação está boa”. Ele minimizou os decretos de Jaques Wagner para diminuir gastos no governo nestes dois meses. “Todo governador que está saindo está fazendo isso para fechar as contas, assim como a presidente Dilma que vai passar o governo para ela mesma”, citou.

Governador de Roraima tem mandato cassado

/ Política

Chico Rodrigues (PSB) teria cometido crime eleitoral
Chico Rodrigues teria cometido crime eleitoral. Foto: Divulgação

O mandato do governador Chico Rodrigues (PSB) foi cassado pela Corte do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR) na noite desta quarta-feira (5) após os juízes analisarem a representação da coligação ‘Pra Roraima voltar a ser feliz’ e do Partido Progressista (PP) que versa sobre crime eleitoral. A cassação se refere às eleições de 2010. De acordo com o pleno do Tribunal, houve gastos ilícitos durante a campanha eleitoral de 2010 por parte da chapa majoritária composta por José de Anchieta (PSDB), então candidato a governador e o vice, Chico Rodrigues. Os principais pontos discutidos foram a compra de grande quantidade de camisetas amarelas, a contratação de pessoal de forma irregular e o pagamento efetuado em espécie. Clara Mota, Terezinha Muniz e Antônio Martins foram os juízes que votaram pela cassação. O juiz Jean Michetti e o corregedor Paulo César Menezes votaram contra. De acordo com a relatora do processo, Clara Mota, a cassação surtirá efeito apenas após o julgamento dos embargos de declaração. Com informações do Jornal O Globo

Wagner volta a defender reforma política urgente

/ Política

Governador diz que
Governador diz que o país terá desafios. Foto: Camilla Peres

Agora, cotado para o Ministério de Minas e Energia ou a pasta de Desenvolvimento, o governador Jaques Wagner (PT) soltou ontem umas pérolas nas redes sociais que corroboram com as mais novas especulações, apesar de continuar defendendo a reforma política. Segundo Wagner, nos próximos quatro anos, o Brasil terá uma série de desafios e será preciso ”avançar na melhoria e ampliação da infraestrutura, com novos portos, ferrovias, aeroportos e rodovias que preparem o nosso país para um novo ciclo de desenvolvimento”.

Polícia Civil prende em Jequié indivíduo que matou adolescente por vingança

/ Política

Emerson Santos foi preso pela Polícia Civil de Jequié
Emerson Santos foi preso hoje pela Polícia Civil de Jequié

Policiais civis da 9ª Coorpin/Jequié, deram cumprimento a um mandado de prisão, no fim da manhã de hoje, contra o indivíduo Emerson Santos, de 24 anos, acusado de ter assassinado em janeiro de 2013, na Segunda Travessa Humberto de Campos, no loteamento Bela Vista, a adolescente Aline Oliveira Valesques, cujo crime ganhou ampla repercussão na imprensa local à época. O acusado foi preso em operação desencadeada pelo Serviço de Investigação da Delegacia Territorial de Jequié. O novo titular da DT, o delegado Cristiano Mangueira, disse em entrevista à Rádio 93FM, no Programa Jequié Urgente 2ª Edição que as investigações que resultaram na prisão do indivíduo tiveram início a partir de denúncia anônima revelando que, Emerson Santos, estaria no bairro Joaquim Romão, onde foi capturado pela polícia e apresentado agora há pouco, na sede da 9ª Coorpin, onde permanece a disposição da Justiça local. Emerson antes de ser encarcerado chegou a falar com profissionais da imprensa, afirmando que, quando cometeu o crime, estava sob efeito de droga, tendo feito um disparo de revólver contra a menor por vingança, segundo ele, em razão dela ter participação no espancamento praticado contra ele, pelos elementos que foram  identificados por Darlan Gil e Doidão. Após o cometimento do homicídio ele fugiu para São Paulo, passando a usar no Estado paulista a identidade de um irmão. Emerson ainda revelou que fez uso de entorpecente em companhia da vítima e que já teria dado ”uns pegas” nela. Dizendo-se arrependido, Emerson durante a entrevista falou que o seu desejo agora é pedir desculpas aos familiares da vítima e a Deus.

Não quer largar o doce: Nilo apresenta lista com 25 assinaturas em apoio a sua reeleição

/ Política

Marcelo Nilo (PDT) se mobiliza para permanecer na presidência da Assembleia
Nilo se mobiliza para permanecer na presidência da Assembleia

Como uma criança que não quer largar o doce, o deputado estadual Marcelo Nilo (PDT), não quer deixar a presidência da Assembleia Legislativa da Bahia. Nilo já anunciou que é candidato à reeleição e se mobiliza para permanecer no posto. Ele afirma que não entrará em disputa e que só aceita o cargo novamente caso haja consenso entre os pares, o que não significa unanimidade. A coluna Tempo Presente, do A Tarde, desta terça-feira (4), traz a informação de que o pedetista apresentou uma relação com 25 assinaturas de deputados que apóiam sua reeleição. O detalhe é que na lista estão três deputados do PSD, partido ao qual pertence Alan Sanches, que já colocou seu nome como candidato ao cargo. Carlos Ubaldino, Adolfo Menezes e Ângelo Coronel são os pessedistas que já teriam fechado com Nilo.  A coluna ainda chama a atenção para o fato de que Coronel é o parlamentar mais fiel a Otto Alencar, vice-governador e líder do PSD na Bahia e que teria dado o aval a Sanches para disputar a cadeira principal da Casa. Outros nomes que também estão no páreo são o Sargento Isidório (PSC) e Rosemberg Pinto (PT).

Wagner está mesmo cotado para assumir Petrobras

/ Política

Após emplacar Rui, o Galego vai ajudar Dilma.
Após emplacar Rui, o Galego vai ajudar Dilma. Foto: Divulgação

O governador da Bahia Jaques Wagner é mesmo cotado para assumir a Petrobras. As especulações sobre quem fica e quem sai do governo continuam após a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). De acordo com informações do jornal Valor Econômico, Jaques Wagner pode assumir a Petrobras (PETR3;PETR4), pois seria uma “autoridade política e moral para restabelecer a normalidade na estatal, virtualmente paralisada com os escândalos de corrupção objetivos de delação premiada na Operação Lava-Jato”. O destino do Galego deve ser decidido nos próximos dias.

Corpo de homem, motocicleta e cachorro são encontrados carbonizados em Mortugaba, Sudoeste baiano

/ Política

Corpo é levado ao IMl de Conquista
Corpo é levado ao IML de Conquista. Foto: Blog do Anderson

Diversas ocorrências policiais marcaram as últimas 24 horas em Mortugaba, cidade do Sudoeste Baiano. Uma operação da Polícia Militar resultou na prisão de um traficante, a morte de um homem eletrocutado e assalto a um supermercado foram alguns dos registros. Mas o que aterrorizou a população foi a situação em que encontraram o corpo de um homem, que foi carbonizado ao lado de uma motocicleta e de um cachorro.O cadáver foi encainhado ao Instituto Médico Legal de Vitória da Conquista, para necropsia, após perícia pelo Departamento de Polícia técnica. As investigações estão em curso, segundo informações do Blog do Anderson.

Maracás: Oposição ao prefeito Paulo cresce na Câmara

/ Política

Base oposicionista agora conta com 7 vereadores
Base oposicionista agora conta com 7 vereadores

O prefeito de Maracás, Paulo dos Anjos (PT), começou o mandato em 1º de janeiro de 2013 com a grande maioria na Câmara Municipal. A base aliada do alcaide contava com 7 dos 11 parlamentares da atual Legislatura. Agora, passados 20 meses de gestão, o quadro está invertido na Casa e apenas 4 vereadores ainda sustentam a ”bandeira governista” na Câmara de Maracás. A base oposicionista, que até sexta-feira (19) era composta por 6 edis, cresceu ao ganhar mais um integrante. Em sessão ordinária, Edvaldo Santiago – Dio de Pé Serra, do PSD, usou a tribuna para declarar ruptura política com o chefe do Executivo e aderir ao bloco da oposição. ”Eu gostaria de deixar bem claro, que eu estou junto com os seis vereadores da oposição aqui na casa. Eu fazia parte de uma bancada do prefeito, como ele não tem respeito, não considera os vereadores dele, eu vou considerar os quatro vereadores dele, quatro ou três, porque eu não sei se vão ficar os quatro lá”, disse o novo opositor de Paulo, Edvaldo, que se une aos ferrenhos oposicionistas, liderados pelo presidente da Casa, Dico de Edmundo (PT), pela vice Suzi (PV), Zito do Maracujá (PDT), Nicolau (PMN), Juarez do Torno (PSDB) e Eugênio Meira (PDT). A minúscula base aliada é formada por Beto São Paulo (PV), Zito da Cachoeira (PT), Noelia de Damião (PV) e Jonas (PRB).

Rui garante fazer unidade de oncologia em Caetité‏

/ Política

Rui em Caetité recebe apoio do prefeito
Rui Costa e Otto em Caetité, recebem o apoio do prefeito

Em Caetité, onde foi o deputado federal mais votado nas últimas eleições, Rui Costa, candidato a governador pela coligação ”Pra Bahia Mudar Mais”, informou que o Ministério da Saúde já aprovou o projeto de implantação de uma unidade de tratamento de câncer no município, equipamento que irá ajudar muito a população de toda a região do sudoeste baiano. A implantação da unidade de oncologia integra a proposta de Rui, de criar uma rede integrada de saúde, aproximando o atendimento médico especializado da população do interior “evitando, assim, que os pacientes e suas famílias precisem fazem grandes deslocamentos, principalmente para Salvador”.

População comparece para comício em Praça de Caetité
População comparece para comício em Praça de Caetité

Com a praça inteiramente lotada, Rui, Otto Alencar, candidato a senador, e João Leão, candidato a vice-governador, foram os principais oradores do comício, que encerrou a série de carreatas e visitas a municípios do sudoeste, que incluiu as cidades de Malhada de Pedras, Brumado, Ibitira (distrito de Rio do Antônio) e Ibiassucê. Terra natal do educador Anísio Teixeira, Caetité ouviu de Rui que um de seus compromissos com a cidade é lutar pela criação da Universidade Federal da Serra Geral. “A Bahia levou 200 anos com uma só universidade federal (a UFBA), mas com o governador Jaques Wagner passou a ter seis. E nós queremos mais e a juventude de Caetité, Guanambi e toda região merece a Universidade da Serra Geral“.

Eleições: Chapa da oposição faz carreata em Jequié

/ Política

ACM Neto acompanha Souto em Jequié. Fotos: Divulgação
ACM Neto acompanha Souto em Jequié. Fotos: Divulgação

Paulo Souto (DEM), candidato ao governo da Bahia pela coligação ‘’Unidos pela Bahia’’, acompanhado dos candidatos Joacy Góes, Geddel Vieira Lima (PMDB) e do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), fez carreata em Jequié, na tarde desta quinta-feira (18) depois de desembarca no Aeroporto Vicente Grilo, onde a comitiva era aguardada por correligionários.

Carreata da oposição percorreu ruas centrais de Jequié
Carreata da oposição percorreu ruas centrais de Jequié

Paulo Souto reafirmou em Jequié, o compromisso de priorizar a melhoria dos serviços públicos fundamentais à vida dos baianos. “Vamos dar um jeito na central de regulação, fazendo-a funcionar como um instrumento que facilite o internamento dos pacientes e não uma loteria em que a sorte decide se a pessoa vive ou morre”, disse, acrescentando que, na saúde, pretende ainda construir cinco hospitais regionais e policlínicas. Disse o candidato que vai tomar para si a responsabilidade de comandar as ações de combate a violência que se alastrou por todo o estado. “Não tem cabimento que, nos últimos anos, tenhamos nos tornado um dos estados mais violentos do Brasil, quando antes estávamos no grupo dos mais tranquilos. Vamos dar um basta neste holocausto que vitimou mais de 37 mil baianos durante o governo petista”. De Jequié, a comitiva da oposição seguiu para eventos em Ibirataia e Ipiaú.

Aécio em comício de 20 minutos, pede pra varrer o PT

/ Política

A visita rápida ocorreu nesta quinta. Foto: Divulgação
A visita rápida ocorreu em Itabuna. Foto: Divulgação

O candidato à presidência da República Aécio Neves (PSDB), encerrou a sua rápida visita a Itabuna, no sul da Bahia, nesta quinta (18), com um discurso crítico à condução da economia brasileira e à corrupção. Ele enxerga “recessão na economia e fuga de empregos” no país. O candidato do PSDB também fez críticas à corrupção no governo central. “Há movimentação na sociedade brasileira de que o que está aí não dá mais”, disse, para completar: “chegou a hora da virada”. Aécio é o terceiro na disputa presidencial, atrás de Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB). O tucano seguiu a linha de discurso do prefeito de Salvador, ACM Neto, que conclamou os eleitores democratas e tucanos a “varrer o PT da Bahia e do Brasil”. Já Aécio, disse que o eleitor deveria ajudar Souto a tirar o Partido dos Trabalhadores do comando do governo baiano. “E me ajudem a tirar o PT do Brasil”. Aécio citou Antônio Carlos Magalhães, Tancredo Neves e Jorge Amado em seu discurso. Lembrou do avô, Tancredo, e de ACM para dizer, repetindo o ex-senador baiano, que “na Bahia não se aceita canga (cangalha) de ninguém”. Era um estocada na campanha casadinha petista Rui Costa-Dilma Rousseff.

De acordo com o Pimentablog, A visita rápida começou por volta das 11h30min, quando desembarcou em um heliponto às margens da rodovia que liga Ilhéus a Itabuna. Chegou ao Jardim do Ó, concentração para a caminhada, por volta das 11h50min. O comício em cima de um trio elétrico durou pouco mais de vinte minutos. Falaram apenas ACM Neto, Paulo Souto (candidato ao governo baiano pelo DEM), Geddel Vieira Lima (candidato ao Senado pelo PMDB) e Aécio. Logo após os discursos, o presidenciável tucano parou em uma lanchonete em frente à Praça Adami para tomar um suco de cacau preparado pela lenda Aldo Santos Cerqueira. De graça. Após a bebida, saudou eleitores e partiu em uma van, acompanhado da chapa majoritária e alguns candidatos a deputado, segundo o Pimenta.