Depois de escolhido como Secretário de Trabalho, deputado Álvaro Gomes perde a mãe

/ Política

Álvaro comemora anúncio de seu nome como secretário de Rui Costa
Álvaro comemora anúncio de seu nome como secretário de Rui

Deputado estadual que obteve 25.248 votos nas eleições 2014, Álvaro Gomes (PCdoB) não conseguiu sua reeleição, mais foi recompensado com o cargo de Secretário de Trabalho Emprego Renda e Esporte no governo Rui Costa, para o qual foi anunciado nesta terça-feira (16) pelo governador eleito. Bancário, formado em Farmácia pela Universidade Federal da Bahia e em Psicologia pela Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC Álvaro iniciou sua militância política no sindicato dos bancários, onde passou por diversos cargos. Foi eleito deputado estadual pelo Partido Comunista do Brasil – PcdoB, em 2002, e reeleito nos anos de 2006 e 2010, tendo destacada atuação como presidente das Comissões: Especial de Relações do Trabalho, Emprego e Renda, Saúde e Saneamento, Educação, Cultura, Ciência, Tecnologia e Serviço Público. Mas, apesar de comemorar nesta terça o anúncio do seu nome para o alto escalão do Governo Rui Costa, Álvaro Gomes perdeu a sua mãe, que de acordo com fonte segura do Blog Marcos Frahm, faleceu na cidade de Tapiramutá, onde residia. Há 60 dias, o deputado perdeu o pai, também falecido no município.

Prefeito de Mutuípe vai à diplomação de Rui e diz que a Bahia iria sofrer paralisia administrativa com o DEM

/ Política

Carlinhos participa da diplomação de Rui Costa
Prefeito Carlinhos participa da diplomação de Rui Costa

Prefeito de Mutuípe pelo terceiro mandato, cidade administrada pelo PT há 14 anos, Luiz Carlos Cardoso o Carlinhos (PT) se diz aliviado após ver o governador eleito, Rui Costa, ser diplomado nesta segunda-feira (15) em Salvador. Para Carlinhos, a diplomação de Rui é a garantia de que, em janeiro de 2015, a Bahia continuará a passos largos, quando o colega de partido for empossado para suceder Jaques Wagner. O prefeito petista em contato com o Blog Marcos Frahm afirmou que o Estado poderia sofrer uma paralisia administrativa, caso Paulo Souto (DEM), fosse eleito governador. Ele diz não ter dúvidas de que Souto no comando do Executivo baiano representaria um retrocesso. ”Seria um grande atraso para o andamento de obras estruturantes, como o metrô, que foi esquecido pelo carlismo e estava parado há 14 anos, como a Fiol, as estradas, os hospitais regionais, as universidades, enfim, grandes obras, que estão em andamento com o governo Wagner em parceria com o governo federal”. Em Mutuípe, opositores de Carlinhos marcharam com Paulo Souto (DEM) e Geddel Vieira (PMD) e, agora, o petista, que apostou todas as fichas na candidatura de Rui, espera ter trânsito livre no novo governo. ”Com Rui no governo, com certeza, nós iremos formar novas parcerias entre a prefeitura de Mutuípe e o estado para a administração avança mais. Conseguimos nestes dois anos resolver muitos problemas que afetavam a população de Mutuípe, inclusive na área de infraestrutura. Pavimentamos várias ruas, entregamos o centro completamente asfaltado e, pesar das dificuldades que as prefeituras vêm enfrentando, Mutuípe tem um governo equilibrado, uma prefeitura atuando em dia”, garante o gestor.

Dilma anuncia Wagner nesta semana como ministro

/ Política

''Ela já me convocou'', diz Wagner
”Ela já me convocou”, revela Jaques Wagner. Foto: Bocão News

O governador Jaques Wagner (PT) disse na manhã desta terça-feira (16) que o mistério sobre a definição do seu papel no novo mandato da presidente Dilma Rousseff será definido nesta quarta (17) ou, no mais tardar, quinta-feira (18). O chefe do Executivo baiano irá comandar um dos ministérios. O mais cogitado é o de Comunicações. Creditando as especulações à sua influência vitoriosa nas eleições, Wagner afirmou que já foi procurado por Dilma, que lhe assegurou participação política na coordenação de governo. Porém, mesmo já sabendo que fará parte da primeira linha do ministério, Wagner esquivou-se de alguma definição concreta, egundo o site Bocão News. ”Pela vitória que demos aqui (na Bahia) à Dilma, eu acabei virando a bola da vez. Aí dizem que Jaques Wagner pode até escolher o ministério. Mas não funciona assim. Eu agradeço ao povo baiano que me deu esta credencial. Eu sou muito amigo da presidente Dilma, ela já me convocou, disse que eu vou fazer parte da coordenação política do governo. Agora, em qual ministério, eu estou indo amanhã (quarta) ou quinta pra bater o martelo”, afirmou Wagner, durante entrevista ao apresentador Raimundo Varela, no programa Balanço Geral.

Rui anuncia nomes do secretariado nesta terça

/ Política

Rui afirma que buscou os melhores nomes
Rui afirma que buscou os melhores nomes. Foto: Mateus Pereira

O governador eleito da Bahia, Rui Costa, promove coletiva de imprensa, nesta terça-feira (16), às 10h, para anunciar a composição da equipe de secretários estaduais. O anúncio será realizado no Salão de Atos da Governadoria, em Salvador. De acordo com Rui, a escolha dos nomes buscou o melhor para a Bahia. “Trabalhamos para encontrar quadros que unissem características técnicas e políticas, porque eu acho que essa é a melhor combinação. Queremos pessoas que tenham afinidade com as áreas que vão tocar. Essa composição é sempre um quebra cabeça e amanhã nós iremos anunciar.”, destacou.

Rui Costa recebe diploma de governador da Bahia

/ Política

Agora diplomado, Rui será empossado no dia 1º de janeiro de 2015
Diplomado, Rui será empossado no dia 1º de janeiro de 2015

Foi realizada a cerimônia de diplomação dos candidatos eleitos em 2014 realizada, na tarde desta segunda-feira (15), no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador. O diploma foi entregue pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), desembargador Lourival de Almeida Trindade, tornado os eleitos aptos para a posse em 2015. Entre os que receberam o documento oficial estão o governador eleito, e agora diplomado, Rui Costa, e o vice, João Leão, que serão empossados no dia 1º de janeiro de 2015. Além deles, foram diplomados 39 deputados federais e 63 deputados estaduais, além de um suplente por coligação. Os representantes do Poder Legislativo serão empossados em 1º de fevereiro.

Rui segura o choro durante cerimônia de diplomação
Rui segura o choro durante cerimônia. Fotos: Mateus Pereira

O governador Jaques Wagner acompanhou a diplomação dos futuros governador do Estado, Rui Costa, e senador Otto Alencar, e falou sobre os desafios da próxima gestão. “O ano que vem é muito importante. [Completam] três décadas de democracia ininterrupta no Estado brasileiro e isso mostra o amadurecimento dessa democracia, que as instituições estão funcionando. Mas algumas coisas têm que mudar e por isso aposto na reforma política, que acompanharei de perto a partir do ano que vem“.

Surpreendentemente, Marcelino é diplomado deputado e Herzem Gusmão fica como suplente

/ Política

Marcelino é diplomado. Foto: Jornal Grande
Marcelino Galo recebeu diploma. Foto: Jornal Grande

Ao invés de Herzem Gusmão (PMDB), quem foi diplomado nesta segunda-feira (15) foi o petista Marcelino Galo, que perderia a vaga para o radialista Heregem. Galo recebeu aplausos do público durante cerimônia de diplomas dos eleitos no evento realizado no Teatro Iemanjá, no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador. O petista corre o risco de perder a vaga, já que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acatou pedido de liminar que garante mandato a Herzem Gusmão (PMDB). Na recontagem, a vaga na repescagem passaria a ser da coligação oposicionista formada pelo PMDB, DEM, PSDB, PSC, PROS, PTN, SDD, PRB, PV, PRP, PPS, PTdoB, PSDC, PTC e PHS. O peemedebista Herzen Gusmão foi diplomado como suplente, após decisão do TSE. Ele disse que os advogados acompanham o processo e na recontagem ele entrou como suplente. Ele vai analisar a contagem e aguardar a decisão da corte. Até a posse nada está decidido.

Álvaro Gomes é cotado para assumir Secretaria

/ Política

Álvaro deve assumir a Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda
Álvaro deve assumir a Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda

Crescem as expectativas para que o governador eleito, Rui Costa (PT), após várias tentativas de anúncios remarcadas, venha, de fato, matar a curiosidade da classe política e anunciar o seu corpo de secretariado nesta terça-feira. A informação que circula nos bastidores dá conta de que os nomes preliminares serão apenas do primeiro escalação. As diretorias de órgãos e instituições, chamados de cargos de segundo e terceiro escalão, não serão anunciadas, de imediato. O fato deixa a base mais inquieta, pois, muito mais que as chefias de secretarias, as acomodações de aliados nestas funções são tidas como importantes. O fato mais recente diz respeito ao PCdoB. O partido deve continuar com a indicação da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, hoje capitaneada por Nilton Vasconcelos. Porém, quem deve ficar na função é Álvaro Gomes, nome forte da agremiação que não conseguiu viabilizar reeleição para uma das cadeiras da Assembleia Legislativa da Bahia. Ao Jornal Tribuna da Bahia, Gomes não confirmou, mas deixou o mistério no ar. Segundo ele, a indicação é uma possibilidade, mas a decisão final será do governador petista. ”Estamos aguardando e deixando Rui à vontade. Ele é quem vai avaliar e escolher a equipe. O nosso partido tem bons quadros, contudo, a decisão final é do governador”, disse. Apesar disso, cargos de segundo escalão cobiçados, como a presidência da Bahiagás, ainda não foram confirmados. O candidato derrotado nas eleições para deputado federal, Davidson Magalhães, estaria na berlinda se voltaria a assumir o cargo ou não.

Herzem Gusmão consegue liminar na Justiça e será diplomado deputado; Galo fica de fora

/ Política

O radialista será diplomado deputado nesta segunda.
O radialista será diplomado deputado. Foto: Blog do Anderson

O radialista e candidato a deputado estadual pelo PMDB nas eleições 2014, Herzem Gusmão, conseguiu neste domingo (14) uma liminar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que garante a ele o direito de ser diplomado, nesta segunda-feira (15), deputado estadual da Bahia para a legislatura de 2015-2018. Com a medida, o petista Marcelino Galo, que ocuparia a última vaga destinada à chapa do PT, fica de fora da Assembleia Legislativa. Em contato com o Bahia Notícias, o advogado do peemedebista, Ademir Ismerim, relatou o trâmite do processo. “Conseguimos agora, no final da tarde, esta medida liminar expedida pelo ministro Admar Gonzada e Gusmão vai ser diplomado deputado. Ele estava inelegível por oito anos, mas entrei com uma medida cautelar para dar efeito suspensivo a condenação e, em outubro, a ministra Luciana Lóssio concedeu liminar que suspendeu a inelegibilidade dele”, explicou. Com a decisão, o ministro pediu celeridade ao Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). “Comunica-se com urgência ao TRE da Bahia, uma vez designada para a data de amanhã a cerimônia de diplomação”. Gusmão chega ao cargo após conseguir a quantia de 40.876 votos no pleito deste ano. Nota do Bahia Notícias

Santa Inês: Com sentimento de traição, oposição contesta eleição da Câmara de Vereadores

/ Política

Vereadora Rosely revela sentimento de traição na eleição
Vereadora Rosely revela sentimento de traição na eleição

A eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Santa Inês, que aconteceu na noite desta sexta-feira (12) é contestada pela oposição, que saiu derrotada do processo. As articulações nos corredores da Casa, momentos antes da votação, apontavam para uma reviravolta. A líder da oposição, Rosely França (PP), dialogava com vereadores governistas para tentar formar chapa para derrubar o que já estava costurado pelo presidente José Antônio (PCdoB), o Xó, que foi reeleito líder da Câmara. Com o sentimento de traição estampado na expressão e no olhar, a vereadora confidenciou ao Blog Marcos Frahm que a oposição contava com a participação do 2º secretário eleito na chapa única, Anerildo da Silva (PT), para disputar a presidência. ”Ele (Anerildo) teria nos garantido que formaria a chapa, e assim somaríamos quatro votos, contra quatro da chapa de lá e teríamos o voto que iria decidir. Eu não posso revelar o nome, mas se Anerildo garantisse a palavra a gente tinha o apoio de um vereador que acabou votando na chapa única porque a gente não conseguiu formar a chapa”, disse Rosely, que tentava reverter o que já era considerado irreversível pelo presidente eleito. Ela disse ainda ter ficado surpreendida com a mudança repentina das articulações. Assegurou que tudo já estava conversado com o petista Anerildo, mas que de uma hora para outra ele conversou com o reeleito José Antônio e frustrou a base oposicionista. Já o petista Anerildo, consultado pelo Blog, rechaçou as informações afirmando que não teria oficializado apoio à vereadora. Rosely França é aliada do ex-prefeito Wilson Moura e opositora ferrenha do prefeito Zé Afrânio (PCdoB). Apesar da derrota, garante que permanecerá na oposição e espera que, o presidente Xó, seja mais democrático e não engavete os seus requerimentos. ”Espero que ele não seja, nesse novo mandato, tão omisso como foi no primeiro. A gente apresenta os requerimentos pedindo melhoria para a cidade e ficam todos aí os requerimentos, ele não encaminha nada”.

Em chapa única, governistas reelegem presidente da Câmara de Vereadores de Santa Inês

/ Política

José Antônio o Xó é reeleito presidente da Casa
José Antônio o Xó do PCdoB é reeleito presidente da Casa

A base aliada do prefeito Zé Afrânio (PCdoB) manteve o controle da Câmara de Santa Inês e conquistou a maioria das cadeiras do Legislativo nas eleições para presidência da Casa, na noite desta sexta-feira (12). O vereador José Antônio  do PCdoB, o Xó, foi reeleito presidente da Câmara e o pleito teve chapa única, com Xó obtendo 6 favoráveis a sua reeleição e 3 contra. A oposição, liderada pela vereadora Rose França (PP), tentou, até minutos antes do início da votação conquistar governistas para inverter o quadro, mas não conseguiu formar chapa para enfrentar o atual presidente. Votaram pela reeleição os vereadores: Antônio Pascoal (PMDB), Dilton França (PSD), Anerildo da Silva (PT), Agnelo Bispo (PCdoB), Wagner Gonçalves (PSD) e o próprio presidente. Votaram contra: Rosely França (PP), Edvaldo Barros (PDT) e Ney Nobre (PRB).

Maioria decide pela reeleição do atual presidente da Câmara
Maioria decide pela reeleição do atual presidente da Câmara

Sobre a chapa única, o parlamentar José Antônio argumentou que ela é fruto de relações políticas. ”É o resultado das nossas relações com os colegas na casa, com os funcionários e das relações políticas que temos, principalmente com o prefeito, que nos apoiou nessa eleição. Nós conseguimos convencer os colegas de que somos a melhor opção para continuar no comando da Câmara, que funciona bem, tratando dos problemas da nossa cidade como mandam as leis”, salientou. Para o Biênio 2015/2016 a Câmara de Santa Inês terá José Antônio presidente, Dilton França vice-presidente, Agnelo Bispo 1º secretário e Anerildo da Silva 2º secretário.

Maracás: Vereadora deixa base do prefeito, se une a oposição e é eleita presidente da Câmara

/ Política

Mulher de secretário do prefeito, Noélia se uniu a oposição
Mulher de secretário do prefeito, vereadora Noélia se uniu a oposição

Frustrando as expectativas, a oposição venceu a eleição da Câmara em Maracás e saiu fortalecida da disputa pela presidência, durante sessão ocorrida na noite desta sexta-feira (12). De casaca virada – a vereadora Noélia de Souza Novaes (PV), que até então integrava a base aliada do prefeito Paulo dos Anjos (PT), migrou para a oposição ao eleger-se presidente da Casa pela base oposicionista. Segundo informações, a parlamentar, que não escondia o desejo de presidir a Câmara, até que tentou o apoio do prefeito. Mas o gestor decidiu pela candidatura da prima Maria Soledade Brito dos Anjos (PV), a Suzi, que se manteve na oposição nesses primeiros dois anos do mandato de Paulo e, agora, de olho na liderança do Poder Legislativo, resolveu unir-se ao primo-prefeito e as investidas deram errado. Com a saída de Suzi, a oposição abriu mão da candidatura já anunciada e representada por João Menezes dos Santos (PDT), o Zitinho, para articular a migração de Noélia, que foi eleita pelos opositores do prefeito ao derrotar Suzi, por 6 votos a 5. Curioso é que a presidente eleita é esposa de um dos secretários da Prefeitura de Maracás. Mas nos bastidores da política local as conversações são de que as relações do secretário de Infraestrutura Manoel Santana e da esposa Noélia com Paulo dos Anjos já estavam estremecidas. Agora, resta saber se o prefeito irá manter o secretário no cargo depois que a sua mulher se articulou com a oposição para conquistar a Câmara. Noelia de Souza vai suceder o atual presidente, que optou pela sua candidatura, Edmundo da Silva (PT).

”Mão do destino” pode livrar Luiz Argolo da cassação

/ Política

parlamentar baiano é acusado de ter vínculo com o doleiro Alberto Yousseff,
Argolo é acusado de ter vínculo com o doleiro Alberto Yousseff

A mão do destino, também chamada de lentidão e falta de tempo hábil, pode ajudar o deputado federal Luiz Argolo (SD-BA) a fugir da cassação. O Congresso Nacional deve entrar de recesso na próxima quarta-feira (17). Ele não será mais deputado em fevereiro porque não conseguiu se reeleger. Após um mês parado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), recurso de Argolo contra a perda de mandato foi liberado par análise, o que deve acontecer na terça-feira (16), um dia antes do recesso. Fontes ouvidas pela Folha de S. Paulo dizem que se o pedido ficar para o ano que vem o processo passará pelo crivo de técnicos da Casa, mas a tendência será pelo arquivamento já que o parlamentar não se reelegeu. Argôlo está na suplência. O parlamentar baiano é acusado de ter vínculo com o doleiro Alberto Yousseff, preso na Operação Lava-Jato. Meire Bonfim, que prestou serviços contábeis por quatro anos ao doleiro, falou ao Conselho de Ética da Câmara e denunciou o envolvimento do deputado no esquema de corrupção. A contadora disse conhecer bem Argôlo. Segundo ele, o deputado era chamado de “bebê Johnson”. O deputado negou. “Só estive com essa mulher uma vez e, não sei como, ela descobriu o meu telefone celular e mandou uma mensagem para mim, dizendo que precisava falar comigo urgentemente”. Luiz Argôlo confirmou manter relações comerciais com Alberto Yousseff, mas negou a acusação de qualquer negócio ilícito. Argolo foi apresentado a Youssef em 2011, quando se elegeu deputado federal pelo PP.

Jequié: Roberto Britto explica aliança com o PDT e diz ter sido injustiçado nas eleições deste ano

/ Política

RB comenta aliança com Euclides. Foto: Reprodução
Roberto comenta aliança com Euclides. Foto: Reprodução

O deputado federal Roberto Britto (PP) será o convidado do quadro o ”Assunto em Debate”, do programa ”A Semana em Revista” (93 FM), no próximo sábado (13/12), no horário das 8h às 10h. O parlamentar em conversa com a reportagem do blog Jequié Repórter revelou ter assumido a coordenação política do grupo aliado formado pelo PP/PT, agora com a adesão do PDT, que disse de ”extrema importância para o nosso projeto político-administrativo”. Ao voltar a ser questionado sobre redução do número de votos que obteve em Jequié, nas eleições deste ano, ele disse se considerar ”injustiçado” pelo eleitorado, ao afirmar que tem procurado direcionar emendas que beneficiem o município, ”mas é necessário que as pessoas entendam que não sou eu o prefeito de Jequié”, defende-se. Disse ainda que espera no próximo semestre serem liberados recursos para concretização do projeto da Central de Imagens, que afirma ter direcionado emenda parlamentar e, para conclusão da Praça Luiz Viana, que passará a se constituir no centro de artesanato da cidade. Elogiou o postura do PT municipal, disse não ter conversado ainda com o vice-prefeito Sérgio da Gameleira, sobre as informações que chegaram ao seu conhecimento do afastamento do vice da prefeita; explicou que estão sendo feitas mudanças necessárias no secretariado municipal; afirmou que será melhorado o relacionamento do Executivo com a Câmara de Vereadores e fez duras críticas à equipe que elaborou o Orçamento da Prefeitura para o exercício de 2014, ”foi muito mal feito impediu que a prefeita trabalhasse  e já no mês de fevereiro se fazia necessário solicitar suplementação, o que se repetiu várias vezes, agora inclusive, no  fechamento do ano com as mesmas dificuldades orçamentárias”. Informações do Jequié Repórter

Vereadores da oposição de Brumado pedem na Justiça cancelamento de eleição da Câmara

/ Política

Candidatura de Alessandro Lôbo seria ilegal
Candidatura de Alessandro Lôbo seria ilegal. Foto: Divulgação

A chapa de oposição de eleições para a presidência da Câmara Municipal de Brumado, Sudoeste do Estado, entrou na Justiça com um mandado de segurança pedindo o cancelamento da eleição na próxima segunda-feira (8). O grupo, encabeçado pelo vereador Castilho Viana (PSB), afirma que há ilegalidades no registro da chapa do vereador Alessandro Lôbo (PSL), pois a Lei Orgânica não admite recondução de candidatos nos cargos da Mesa Diretora na eleição subsequente. Ao site Brumado Notícias, o prefeito da cidade Aguiberto Lima Dias (SDD) disse que acompanha a disputa, contudo, não está interferindo no processo. “Quando Alessandro Lôbo e Weliton Lopes disseram que iriam buscar a reeleição, eu disse que não havia nenhuma objeção se houvesse acordo entre a nossa bancada. Castilho e Zé Carlos também entraram com outra chapa e também não fiz nenhuma objeção. […] os demais cargos sempre foram negociados, o que leva a democracia dentro da proporcionalidade”, disse o gestor ao site