Viuxiii: Andrea Mendonça pode processar Marcelo Nilo com base na Lei Maria da Penha

/ Política

Família Mendonça em guerra com Nilo
Família Mendonça em guerra com Nilo. Foto: Reprodução

A secretária de Desenvolvimento, Trabalho e Renda de Salvador, Andrea Mendonça (PDT), pode processar o presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo, também do partido, com base na Lei Maria da Penha. De acordo com a coluna Satélite, o deputado agrediu a gestora com “palavras de baixo calão” durante a reunião da terça-feira (20), na sede do partido quando o PDT decidiu manter-se ao lado de ACM Neto (DEM) em Salvador, contrariando a orientação estadual. O movimento resultou no desligamento do PDT da base de Rui Costa (PT), apesar do apoio dos deputados ao governador. Andrea teria contratado o criminalista Gamil Föppel para dar seguimento ao processo. Bahia Notícias

PDT sai da base do governo Rui Costa, mas deputado do partido ficam e reafirmam apoio

/ Política

Deputados do PDT se reuniram com Rui Costa
Deputados do PDT se reuniram com Rui Costa. Foto: Divulgação

Mesmo com a confirmada saída do PDT da base do governo Rui Costa, os deputados estaduais da sigla se reuniram com o chefe do Executivo baiano, na tarde desta quarta-feira (21), e garantiram apoio na Assembleia Legislativa da Bahia. A maioria da executiva estadual do partido também confirmou a manutenção na base. A reunião foi comandada pelo presidente da Alba, Marcelo Nilo, e contou com os parlamentares Roberto Carlos, Euclides Fernandes, Paulo Câmera e o recém-chegado, Vitor Bonfim. Já o presidente estadual do PDT, Félix Mendonça Jr, encarou com tranquilidade a reunião afirmando que ”não era o partido que esteve na reunião, apenas os deputados estaduais, isoladamente”. Há indícios de que os parlamentares deixarão a sigla e se engajarão na recriação do Partido Liberal (PL). A nova legenda será uma fusão do PSD e do PR, comandada nacionalmente pelo ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. A ideia seria fundir as siglas para que torne-se a segunda maior bancada da Câmara dos Deputados. As informações são do site Bocão News. Já o Bahia Notícias, outro site da capital baiana publicou nota revelando que o PDT continuará com o comando da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri). A informação foi repassada pelo secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes, que afirmou ter disponibilizado a vaga para que os cinco parlamentares do PDT na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) indiquem um nome em troca de continuarem na base do governador Rui Costa (PT).

Maracás: Ex-prefeito Nelson rompe com Paulo dos Anjos e diz que será candidato em 2016

/ Política

Nelson Portela está de olho na Prefeitura
Portela está de olho na Prefeitura. Foto: Blog Marcos Frahm

O ex-prefeito de Maracás, Nelson Portela (PT), rompeu politicamente com o atual gestor da Cidade das Flores, o primo Paulo dos Anjos (PT). Conversas de bastidores políticos revelam que a relação entre Nelson e Paulo já estava estremecida, desde as eleições 2014, quando ambos apoiaram candidatos diferentes para deputado estadual. O deputado federal diplomado, Luiz Caetano (PT), foi votado em Maracás pelo prefeito e pelo ex, mas no âmbito estadual, Nelson declinou-se de apoiar Marcelo Nilo (PDT), candidato de Paulo e marchou com Rogério Andrade (PSD) – fato que levou o prefeito a exonerar do cargo de secretária de Desenvolvimento Social do município a ex-primeira dama e esposa de Nelson, Leila Portela. A gestão de Nelson teve início em Maracás em 2004, quando o petista, que não ocasião era vice do então prefeito Fernando Carvalho (PV), elegeu-se prefeito e Paulo dos Anjos vice-prefeito. Depois, em 2008, os petistas foram reeleitos e, em 2012, Portela conseguiu emplacar dos Anjos como seu sucessor. As rugas entre os primos ganharam as ruas de Maracás. O caso não é mais novidade para o eleitorado maracaense. Recentemente, Nelson teria articulado com o grupo de oposição na cidade, liderado pelo empresário Uilson Novaes o Soya do PDT, que foi derrotado no pleito de 2012 ao disputar a Prefeitura à eleição da Câmara de Vereadores, que resultou na vitória da vereadora Noélia de Souza (PV), eleita presidente com apoio dos oposicionistas do prefeito na Casa. Questionado pelo Blog Marcos Frahm, sobre a ruptura política com Paulo, Nelson foi taxativo. ”Lutei para eleger ele, mas agora é ele de lá, eu de cá, porque não sabe ouvir. Eu serei candidato a prefeito em 2012”, disse, mas quando perguntado sobre a aproximação com a oposição, revelou ter consciência de que o grupo opositor em Maracás deverá apresentar, novamente, em 2016, o empresário Soya como postulante ao cargo de gestor público municipal. ”Estamos conversando também com a oposição, Soya é um amigo e tudo pode acontecer até as eleições”.

Política: PDT licencia Andrea Mendonça para continuar apoiando Rui Costa e ACM Neto

/ Política

Andrea está licenciada Executiva do partido do estado
Andrea está licenciada Executiva do PDT. Foto: Reprodução
Conforme nota enviada na noite de ontem, o PDT decidiu licenciar a secretária de Emprego e Renda da Prefeitura de Salvador, Andrea Mendonça, da Executiva do partido do estado, conforme especulações lançadas pela imprensa no início da semana passada. Com isso, o apoio duplo da base do governo e da prefeitura ficaria mantido. A articulação, anunciada através de carta assinada pelo presidente nacional, Carlos Lupi (PDT), e o presidente estadual, Felix Mendonça (PDT), ainda afirma que as decisões a respeito das eleições de 2016 e possíveis apoios para o referido pleito serão debatidas no ano que vem, sem precipitações. Resta saber agora se o governador Rui Costa (PT) acatará de bom grado a decisão partidária e continuará o desenrolar das negociações com os pedetistas para o segundo escalão. O secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes, negou que Lupi tenha se reunido com o petista na manhã de ontem, fato esperado pelos filiados. Ou seja: a decisão pode não ter tido o aval completo. Até o fim da noite desta terça-feira (20/1), os caciques do PDT estavam reunidos com toda Executiva para tratar o assunto e não retornaram contato. Tanto o PDT, como o PSB, emperram o anúncio completo do segundo escalão do governo Rui. Conforme mencionado esta semana, caso a escolha do PDT penda pelo lado petista, Nilo pode garantir sua indicação para a Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. (Embasa). Os pedetistas já são contemplados com duas indicações no primeiro escalão: a Secretaria de Agricultura com Fernanda Medonça e a de Administração Penitenciária e Ressocialização com o suplente da senadora Lídice da Mata (PSB), Nestor Duarte.

Jequié: ”Eu acredito que não serei punido”, diz Roberto Britto sobre julgamento do TRE

/ Política

''Estou confiante'', diz Roberto Britto.
”Estou confiante”, diz Roberto Britto. Foto: Agência Câmara

O deputado jequieense Roberto Britto (PP), que corre o risco de perder seu mandato, caso o pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) decida por sua condenação após a Procuradoria Regional Eleitoral, através do procurador André Luiz Batista Neves, acionar o pepista por propaganda antecipada com uso de dinheiro público, disse não acreditar que será punido, conforme nota publicada no site Bocão News, da capital baiana. O julgamento estava previsto para acontecer nessa terça-feira (20), mas segundo o próprio parlamentar, a matéria foi retirada de pauta e não tem data para ser debatida pelos desembargadores. De acordo com a representação, uma elaboração e impressão de informativos para distribuição em residências da cidade de Jequié, durante o mês de maio de 2014, custou R$ 50 mil e foi pago diretamente pela Câmara dos Deputados, que é bancada pelo contribuinte. A procuradoria do Ministério Público Eleitoral ressalta como indícios de irregularidade no informativo o destaque da história do parlamentar, exaltação da atuação do deputado de quando foi prefeito municipal e a notícia de suas visitas à diversas cidades. A PRE ainda diz que na publicidade a imagem e o nome do pepista se repetem “exaustivamente”. Segundo a representação, os informativos “levam as pessoas a acreditarem que o beneficiário é o mais apto ao exercício de cargo eletivo, persuadindo o eleitorado através da autopromoção do agente, influenciando com isso o eleitorado”. “Além de provocar a quebra da isonomia de oportunidades, tem-se como ultrapassado as raias da mera divulgação dos trabalhos desenvolvidos no exercício da atividade parlamentar para incidir na prática da propaganda eleitoral extemporânea de forma dissimulada“, argumentou a procuradoria. Em conversa com a reportagem do site Bocão News, o deputado se disse confiante em sua absolvição. “Particularmente, eu acredito que não serei [punido]. Estou confiante e vamos aguardar o resultado“, afirmou.

Na mira do TRE, Roberto Britto pode perder mandato por propaganda eleitoral paga com dinheiro público

/ Política

Deputado
Deputado é acusado pelo Ministério Público Estadual
Pouco mais de um mês após sua diplomação como deputado federal reeleito, Roberto Britto (PP) pode dar adeus ao seu novo mandato nesta terça-feira (20). O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) pode julgar nesta terça uma ação contra o parlamentar que usou R$ 50 mil em verba de gabinete para propaganda eleitoral antecipada, de acordo com o Ministério Público Estadual (MPE). Em maio de 2014, Britto mandou distribuir em residências de Jequié – sua base eleitoral – um “informativo” que enaltecia seus supostos feitos pela cidade. “Faço questão de sempre lembrar a todos que o caminho para disponibilizar recursos não é fácil. É preciso persistência, paciência e acompanhamento aos órgãos do Executivo; um dever que requer muita dedicação e empenho. Continuarei meu trabalho, de maneira incansável na Câmara dos Deputados e junto aos ministérios espero que essas emendas continuem sendo transformadas em melhorias e garantam mais qualidade de vida para Jequié e região”, diz o material ilegal. O folheto elogiava ainda as supostas qualidades políticas do progressista e, de acordo com a peça processual do MPE, “não deixa dúvidas: trata-se de peça publicitária destinada a infundir confiança e atrair votos”. Em Jequié, Britto foi o segundo mais votado em 2014 e teve 10.904 – cerca de 14,55% dos votos válidos, ficando atrás apenas de Antônio Brito (PTB), que teve 36.653 votos. Em julho de 2013, o deputado foi acionado pelo TRE e pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE-BA) por distribuir em Jequié lenços de tecido estampados com o seu nome e cargo, associados à imagem de Santo Antônio e anjos a bordo de um barco à vela. “A prática tratou-se, na verdade, de propaganda realizada de forma ostensiva, mascarada na forma de lembranças distribuídas aos eleitores”, afirmou, à época, o procurador regional eleitoral Sidney Madruga. Segundo ele, embora não contemple pedido explícito de voto, a conduta do deputado “revela-se preordenada a alavancar pretensões políticas no pleito de outubro do ano que vem”. De acordo com o TRE, caso seja condenado por esta nova infração, o parlamentar poderá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) antes de perder seu cargo de deputado federal. Nota do Bahia Notícias

Decisão do TJ-BA mantém resultado da eleição para presidente da Câmara de Maracás

/ Política

Vereadora Noélia será empossada nesta segunda-feira
Vereadora Noélia será empossada nesta terça-feira, em Maracás

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) negou o pedido de suspensão dos efeitos da liminar concedida em primeiro grau, que suspendeu a segunda eleição para Mesa Diretora da Câmara dos Vereadores de Maracás. A eleição aconteceu no dia 12 de dezembro do ano passado. A decisão questionada, suspende os efeitos da eleição para formação da Mesa após vereadores governistas, derrotados na eleição, terem questionado, através de ação na Justiça local, de que houve irregularidade no processo de eleição que resultou na vitória da vereadora Noélia de Souza Novaes (PV), que foi impedida de tomar posse do cargo de presidente da Casa Legislativa, após a Justiça acatar a ação dos situacionistas. Na ação impetrada por vereadores derrotados, e aliados do prefeito da cidade, Paulo dos Anjos (PT), consta a alegação de que não houve qualquer publicidade de divulgação para a eleição e que o processo foi realizado descumprindo a Lei Orgânica Municipal, que de acordo com os edis denunciantes, a eleição não poderia ocorrer na última sessão legislativa do ano, baseando-se Lei Orgânica datada de 2008. A Câmara Municipal recorreu da liminar afirmando que a sessão do dia 12 de dezembro transcorreu com normalidade até a apuração dos votos. De acordo com informes chegados ao Blog Marcos Frahm, a Câmara alega que, uma emenda à Lei Orgânica do Legislativo de Maracás, Nº 214 de 23 de novembro de 2010, garante a convocação da última sessão do ano para eleição da Mesa Diretora, rechaçando o que contesta os governistas. A Câmara informou ao BMF que recebeu ofício revelando que o TJ-BA entende que não há elementos suficientes para caracterizar irregularidade na eleição. A decisão, que garante a posse da vereadora Noélia de Souza (PV), marcada para a noite desta terça (20) é comemorada pelos oposicionistas, que fazem a festa em Maracás, mesmo antes da publicação da decisão por parte dos Tribunal de Justiça.

Cotado para Prefeitura de Ubaíra, Lúcio nega transferência de domicílio eleitoral para Jaguaquara

/ Política

Lúcio Monteiro prestigia Lavagem em Santa Inês
Ex-prefeito Lúcio Monteiro prestigia Lavagem em Santa Inês

Desde que deixou o cargo de chefe do Executivo de Ubaíra, em dezembro de 2012, o ex-prefeito Lúcio Monteiro (DEM) vem sendo colocado na lista de possíveis candidatos à sucessão municipal da cidade, localizada no Vale do Jiquiriçá. Lúcio é lembrado no município pelo eleitorado com musculatura para disputar a Prefeitura. Quando indagado, sempre nega que seja candidato, mas não encerra o assunto. De acordo com ele, ainda é cedo para definir candidatura. Neste domingo (18), o demista participou da tradicional Lavagem das Escadarias, em Santa Inês, evento que atrai políticos das mais variadas esferas. Surgem rumores de que Lúcio estaria transferindo seu domicílio eleitoral para Jaguaquara, há 62 km de Ubaíra, mas ele não confirma. É um dos poucos ex-gestores da região aptos para candidatura. Governou Ubaíra durante oito anos. Em 2012, lançou como candidato para lhe suceder o advogado e sobrinho Caio Menezes (PR), que foi derrotado no pleito pelo petista Fábio Cristiano, irmão do ex-secretário municipal Márcio Herbert, homem de maior confiança de Lúcio Monteiro, que abriu mão de apoiar a candidatura do irmão para defender Caio Menezes, com anuência do ex-prefeito.

Em Santa Inês, deputado Pedro Tavares diz que continua na oposição e vai cobrar promessas de Rui Costa

/ Política

Pedro Tavares desfila no cortejo da Lavagem em Santa Inês
Pedro Tavares desfila no cortejo da Lavagem em Santa Inês

peemedebista Pedro Tavares foi um dos políticos que marcaram presença na Lavagem das Escadarias, em Santa Inês, na manhã deste domingo (18). Tavares percorreu todo o trajeto ladeado pelos ex-prefeitos da cidade, Romildo Alcântara e Wilson Moura – ambos que resolveram selar a paz após um período histórico de rivalidade política e, nas eleições 2014, votaram com Pedro para estadual. Em entrevista ao Blog Marcos Frahm, o parlamentar comentou sobre a tradicional festa, eleição da Assembleia Legislativa e sobre o Governo Rui Costa (PT), que derrotou Paulo Souto (DEM), candidato apoiado pelo deputado nas últimas eleições. ”Mais uma vez eu participo dessa bela festa, e é um prazer enorme fazer esse percurso tradicional ao lado de Romildo e Wilson e eu aproveito para agradecer pelos votos que obtive aqui”. Quando indagado sobre e eleição da ALBA, Pedro Tavares, apesar de opositor do governo petista, não escondeu que, no próximo dia 2, votará com o candidato à presidência aliado do governo, Marcelo Nilo (PDT). ”Marcelo Nilo conseguiu viabilizar sua candidatura, e o outro candidato, que também é da base de lá, não conseguiu viabilizar a sua candidatura e, por isso, a oposição, que não lançará candidato, votará com Marcelo”. Reeleito com quase 80 mil votos, Pedro Tavares afirmou que permanecerá fazendo oposição como no Governo Jaques Wagner. ”Vou fazer oposição da mesma forma que fiz no primeiro mandato, quando as urnas me colocaram na oposição. Eu apoiei Geddel e o governador foi Wagner. Nesse últimas eleições, eu apoiei Paulo Souto, mas a população, no seu livre direito não escolheu Paulo Souto e eu vou continuar na oposição, fiscalizando as promessas de campanha, fazendo o meu papel e espero que o Rui possa acertar, porque eu sou baiano e quero o bem da Bahia”, sentenciou o jovem parlamentar.

Rogério Andrade será o líder do PSD na Assembleia

/ Política

Rogério Andrade no cortejo da Lavagem, em Santa Inês
Deputado Rogério no cortejo da Lavagem, em Santa Inês

O novo líder do PSD na Assembleia Legislativa da Bahia já foi definido. O deputado estadual Rogério Andrade, um dos parlamentares eleitos mais votados do Estado nas eleições 2014, assumirá o cargo a partir de fevereiro de 2015. Rogério antecipou ao Blog Marcos Frahm que será líder do seu partido ao participar, neste domingo (18) da tradicional Lavagem das Escadarias na Festa da Padroeira, em Santa Inês. ”Vou assumir a liderança do PSD, a partir de fevereiro, quando escolhermos o novo presidente do parlamento baiano”.

Prefeito de Mutuípe é escolhido 1º secretário da UPB

/ Política

Carlinhos de Mutuípe comemora vitória de Quitéria
Carlinhos integra a chapa da presidente reeleita, Quitéria

O prefeito de Mutuípe, Luis Carlos Cardoso o Carlinhos (PT), assumirá o cargo de 1º secretário da União dos Municípios da Bahia, para o qual foi escolhido nesta quarta-feira (14) ao integrar a chapa da presidente reeleita da entidade, Maria Quitéria (PSB), prefeita de Cardeal da Silva. Representante do Vale do Jiquiriçá na chapa, Carlinhos esteve engajado na campanha pela reeleição de Quitéria à presidência da UPB e comemora a vitória da prefeita, que venceu a disputa obtendo 80% dos votos contra Ricardo Machado (PT), prefeito de Santo Amaro da Purificação. Para o prefeito de Mutuípe, o fato de ter se manifestado contrário ao também petista Ricardo Machado não muda sua relação histórica com o Partido dos Trabalhadores. ”Nós já tínhamos decidido pela candidatura de Quitéria, que tem lutado muito em defesa da bandeira municipalista. Na condição de secretário, iremos levar a UPB as demandas dos municípios do nosso território, Vale do Jiquiriçá. A vitória de Maria Quitéria foi justa pelo seu trabalho a frente da UPB”, comentou o gestor em contato com o Blog Marcos Frahm. A chapa liderada por Quitéria tem como vice-presidente institucional o prefeito de Ruy Barbosa, José Bonifácio (PT); como vice-presidente administrativo o prefeito de Barra do Choça, Oberdan Rocha (PP); 1º secretário o prefeito Carlinhos de Mutuipe, 2º secretário, prefeito de Coribe, Manoel Rocha (PR);  1º tesoureiro o prefeito de Teixeira de Freitas, João Bosco Bittencourt (PT), e 2º tesoureiro, o prefeito de Juazeiro, Isaac Cavalcante de Carvalho (PCdoB).

Zé Cocá despede-se do cargo de secretário da UPB e comemora vitória de Quitéria

/ Política

Presidente Maria Quitéria e Zé Cocá após eleição da UPB
Presidente Maria Quitéria e Zé Cocá após eleição da UPB

O presidente do Consórcio dos Municípios do Vale do Jiquiriçá (CVJ), Zé Cocá (PP), prefeito de Lafaiete Coutinho, esteve engajado na campanha pela reeleição de Maria Quitéria (PSB) à presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB) e comemorou a vitória da prefeita, com quem esteve ao lado durante dois anos ocupando o cargo de secretário da entidade. Para Cocá, a reeleição de Quitéria é o reconhecimento dos gestores baianos pela sua luta em favor do municipalismo. ”É uma pessoa de coragem, que abraça as causas dos municípios sem distinção de partido político. Quitéria nessa eleição apresentou, sem dúvidas, as melhores propostas de solução para os problemas que os municípios vêm enfrentando. A UPB avançou muito nesses dois últimos anos e, nós, gestores, recebemos dela um tratamento digno”, disse Zé Cocá em contato telefônico com o Blog Marcos Frahm. O prefeito de Lafaiete foi um dos membros da mesa receptora de votos na sede da UPB nesta quarta-feira.

Eleição UPB: Quitéria derrota Machado e é reeleita

/ Política

Derrotado, Ricardo aplaude Quitéria
Derrotado, prefeito Ricardo Machado aplaude Maria Quitéria

A prefeita Maria Quitéria (PSB) foi reeleita presidente da União dos Municípios da Bahia com um total de 257 votos. A eleição para escolha da nova mesa diretora da UPB registrou 330 prefeitos votantes, 69 votos para o candidato derrotado, Ricardo Machado (PT), prefeito de Santo Amaro, 66 abstenções e 3 votos em branco. Reeleita presidente, a prefeita de Cardeal da Silva elogiou o governador Rui Costa (PT), que apesar de amigo de Ricardo manteve-se firme e não apoiou, abertamente, nenhum dos dois candidatos e agradeceu aos funcionários da entidade representativa. “Na hora que vou defender o prefeito, eu não olho o partido. Defendo todos da mesma forma“, afirmou Maria Quitéria. Ela rebateu o seu adversário após confirmar a sua reeleição a acusação de que o apadrinhamento de cargos, as festas grandiosas tinham que acabar e criar um corpo técnico para desenvolver projetos para os municípios. ”Aqui na UPB não tem apadrinhamento de cargos não. Não admito que desrespeitem meus funcionários porque aqui só tem gente que trabalha de verdade”, desabafou.

Quitéria comemora com prefeitos sua reeleição.
Maria Quitéria comemora sua reeleição. Fotos: Bocão News

A chapa liderada por Maria Quitéria tem como vice-presidente institucional o prefeito de Ruy Barbosa, José Bonifácio (PT); como vice-presidente administrativo o prefeito de Barra do Choça, Oberdan Rocha (PP); 1º secretário o prefeito de Mutuipe, Luis Carlos Cardoso (PT);  2º secretário, prefeito de Coribe, Manoel Rocha (PR);  1º tesoureiro o prefeito de Teixeira de Freitas, João Bosco Bittencourt (PT), e 2º tesoureiro, o prefeito de Juazeiro, Isaac Cavalcante de Carvalho (PCdoB).

Prefeito de Itagi ameniza confusão na eleição da UPB

/ Política

O prefeito Railton é o presidente da Comissão Elaitoral
Railton é o presidente da comissão eleitoral. Foto: Reprodução

O prefeito de Itagi, Railton Ramos (PT) é um dos membros da comissão eleitoral que acompanha o processo de votação na eleição da União dos Municípios da Bahia (UPB), na capital baiana. Assembleia Geral foi instalada às 08h e permanecerá aberta até as 17 horas. Durante este período os prefeitos poderão votar secretamente na sede da entidade. Um princípio de confusão foi iniciado na manhã desta quarta-feira (14) onde acontece a votação para o próximo presidente, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Segundo o site Bahia Notícias, um militante do candidato Ricardo Machado (PT), que disputa o cargo de líder da UPB com Maria Quitéria (PSB) fez denúncias não confirmadas de que os apoiadores de Quitéria entregavam santinhos dentro do auditório onde ocorre o pleito. O presidente da comissão eleitoral, o prefeito de Itajai, contudo, tentou amenizar a situação e afirmou que a prática seria proibida a partir daquele momento. O homem responsável pelo início do imbróglio não foi identificado. A comissão eleitoral é formada, também, pelos prefeitos de Varzedo, Radaman Barreto, e o de Amélia Rodrigues, Antônio Paim