Sob forte comoção, menino de 10 anos achado carbonizado é enterrado em Brumado

/ Polícia

Menino de 10 anos foi enterrado nesta quinta-feira (Foto: Mayara Magalhães/TV Sudoeste)
Menino foi enterrado. Foto: Mayara Magalhães/TV Sudoeste

Sob comoção e salva de palmas, o menino de 10 anos encontrado com o corpo parcialmente carbonizado foi enterrado em Brumado, sudoeste da Bahia, nesta quinta-feira (22/12). Parentes e amigos se reuniram para o sepultamento da criança, que ocorreu no final da manhã, em um cemitério da cidade. Segundo o G1, Emerson Kawã Santos Souza, de 10 anos, desapareceu na tarde de terça-feira (20), depois de ter saído para o mercado para comprar uma tinta para a vizinha. O caso foi registrado na delegacia. No dia seguinte, a família soube do assassinato.

Corpo de menino foi achado morto em matagal, na tarde de quarta-feira (Foto: Lay Amorim/ Brumado Notícias)
Corpo de menino foi achado morto em matagal, na quarta-feira

O pai do menino, Gilmar de Oliveira Souza, que estava em São Paulo trabalhando e voltou assim que soube do crime, disse que a comunidade está consternada com o crime e que a família não tem informações sobre o que pode ter acontecido. Ele está inconformado e não consegue entender porque o filho morreu de forma cruel. A polícia ainda não sabe qual foi a causa da morte, se a criança morreu antes de ser carbonizada ou se morreu por causa da queimadura. Os delegados ainda estão ouvindo depoimentos e não há nenhuma pista de quem cometeu o crime. O corpo de Emerson Kawã foi encontrado com várias partes carbonizadas, em um matagal próximo à cidade. A criança morava com a família no bairro de Irmã Dulce, em Brumado. O corpo de garoto foi liberado pelo DPT na noite de quarta.

Carreta que levava maconha Seguia para Sergipe e era conduzida por jovem de 22 anos

/ Polícia

Mais de duas toneladas apreendidas
Mais de duas toneladas apreendidas. Foto: Divulgação/PRF

A carreta apreendida pela Polícia Rodoviária Federal – PRF na BR-116, durante operação na noite desta quarta-feira (21/12), transportava um carregamento de sal mineral de Foz do Iguaçu/PR com destino a cidade de Salgado Filho/SE, de acordo com Nota Fiscal apresentada. No decorrer da vistoria, a equipe da PRF encontrou, em meio às sacas de sal, 97 fardos de substância similar à maconha, pesando 2.190,580 kg. Segundo a PRF, que interceptou o veículo Scania /L111S, atrelada a um semirreboque, a qual possuía características similares a de uma informação repassada pela Receita Federal de veículo que poderia estar transportando algum ilícito, a Scania era conduzida por um jovem de 22 anos, proprietário da carreta, tendo relatado que recebeu o veículo já carregado em Cascavel/PR e levaria até a cidade de Salgado Filho/SE e receberia certa quantia pelo transporte. O jovem foi encaminhado com o entorpecente para a delegacia de polícia judiciária local.

Nova Itarana: PRF apreende mais de duas toneladas de maconha na BR-116, em praça de pedágio

/ Polícia

Maconha era transportada em carreta. Foto: PRF
Maconha era transportada em carreta. Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal – PRF apreendeu, na noite desta quarta-feira (21/12), mais de uma tonelada de maconha na BR-116. De acordo com informações preliminares, os policiais apreenderam a droga no trecho de Nova Itarana, quando uma carreta que transportava a droga foi interceptada na praça de pedágio da Rodovia Santos Dumont. A carreta transportava um carregamento de sal mineral de Foz do Iguaçu/PR com destino a cidade de Salgado Filho/SE, de acordo com Nota Fiscal apresentada. No decorrer da vistoria, a equipe da PRF encontrou, em meio às sacas de sal, 97 fardos de substância similar à maconha, pesando 2.190,580 kg. Segundo a PRF, que interceptou o veículo Scania /L111S, atrelada a um semirreboque, a qual possuía características similares a de uma informação repassada pela Receita Federal de veículo que poderia estar transportando algum ilícito, a Scania era conduzida por um jovem de 22 anos, proprietário da carreta, que foi encaminhado com a droga e o veículo para a Delegacia Territorial de Jequié.

Carro forte é interceptado e explodido na BR-116, no trecho entre Poções e Boa Nova

/ Polícia

Carro foi explodido e malotes roubados. Foto: Site Portal Poções
Carro foi explodido e malotes roubados. Foto: Portal Poções

Criminosos interceptaram e explodiram um carro forte na BR-116, no trecho entre o Poções e o Entroncamento de Boa Nova, na tarde desta segunda-feira (19/12). Segundo informações preliminares, os bandidos, que estavam a bordo de uma caminhonete, explodiram o carro forte com a utilização de bananas de dinamite e dispararam tiros de metralhadora contra o veículo. Os vigilantes conseguiram descer do carro a tempo e fugiram por um matagal na margem da estrada. Não há informações sobre a quantia roubada na ação. Buscas estão sendo feitas pela polícia na régio.

Dois suspeitos morrem em confronto com policiais militares em Feira de Santana

/ Polícia

Vítimas confrontaram com PMs. Foto: Acorda Cidade
Vítimas confrontaram com policiais. Foto: Acorda Cidade

Dois suspeitos morreram após um confronto com policiais militares em Feira de Santana, na noite de sábado (17/12). Segundo a Polícia Militar, os homens teriam recebido os policiais a tiros no bairro Santo Antônio dos Prazeres. Os PMs revidaram e os suspeitos foram baleados. A dupla chegou a ser levada para o Hospital Geral Clériston Andrade, onde foram constatadas as mortes. Segundo a polícia, equipes policiais da 66ª Companhia Independente de Polícia Militar (Esquadrão Asa Branca) e do Grupamento Barra realizavam a ”Operação Anjos da Guarda”, quando cinco homens armados atiraram contra eles. A ocorrência foi por volta das 21h, na Rua Custódia.Os outros três comparsas conseguiram fugir e deixaram no local dois revólveres. Uma das armas foi achada com duas munições picotadas e o outro com quatro munições deflagradas, além de uma motocicleta. Todo material apreendido foi apresentado no complexo de delegacias do Sobradinho, onde foi registrada a ocorrência. Com os suspeitos, foram encontrados um revólver com quatro munições deflagradas e uma escopeta contendo também uma munição deflagrada.

Malafaia deixou Superintendência da PF após depoimento e dizendo ser inocente

/ Polícia

J.F. Diorio/Estadão Conteúdo
Malafia é investigado na Operação Timóteo. Foto: Estadão

Durou pouco mais de uma hora e meia o depoimento do pastor Silas Malafaia, da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, ontem (16/12) na Polícia Federal, em São Paulo. Malafaia foi levado coercitivamente para depor, durante a Operação Timóteo, deflagrada pela Polícia Federal, que investiga irregularidades em cobranças de royalties da exploração mineral. O pastor chegou à sede da Superintendência da Polícia Federal por volta das 16h e deixou o local pouco antes das 18h. Ele parou para falar com jornalistas ao chegar e ao sair do local. Ao deixar a superintendência, ele disse ter esclarecido ao delegado da Polícia Federal que não praticou irregularidades. O pastor confirmou que recebeu um cheque no valor de R$ 100 mil em sua conta pessoal. Mas informou que esse cheque foi recebido por meio de uma oferta pessoal por ter orado para um empresário e que, só agora, soube que o doador está envolvido em irregularidades e é investigado na operação. Malafaia disse que conheceu o empresário por meio de seu amigo e também pastor Michael Abud. ”Foi tudo esclarecido. O delegado, muito competente, perguntou tudo o que tinha direito. Eu respondi tudo”, disse Malafaia. ”Sou suspeito de usar contas da minha instituição? Lembrei-me de ter recebido a visita de um amigo meu, de 20 anos, que levou um membro dele [o empresário] para fazer uma oferta, e eu vou desconfiar que o cara está envolvido? Nem ele, o pastor Michael Abud, sabe do envolvimento desse cara, tenho certeza”. Segundo Silas Malafaia, é muito difícil para as organizações e entidades religiosas saber se a origem do dinheiro de doações é ilegal. Malafaia disse que vai esperar o final das investigações para analisar o que fará sobre o fato de ter sido alvo da operação. As informações são da Agência Brasil.

Conquista: Câmera registra momento em que dono de restaurante é morto em assalto

/ Polícia

Imagens do circuito de segurança de um restaurante de um posto de gasolina em Vitória da Conquista registraram o momento em que o proprietário do estabelecimento foi morto a tiros após reagir a um assalto. Segundo informações do jornal Correio, Domício Silveira Amaral, 57 anos, foi atingido na cabeça e no peito e morreu no local. O delegado Ney Brito, da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Vitória da Conquista, afirma que dois dos três suspeitos de participar do crime já foram identificados. Um deles, Lucas da Silva Lisboa, 23 anos, natural de Itabuna, é o que aparece atirando no empresário. O outro suspeito identificado é Marilton Silva da Silva, 31 anos, natural de Salvador. De acordo com a Polícia Civil, tanto Lucas quanto Marilton tem antecedentes criminais por assaltos a casas lotéricas na cidade de Ilhéus, no sul do estado. Nas imagens, Lucas é visto chegando ao balcão e conversando com o proprietário. Passado certo tempo, ele tira a arma da cintura e a coloca próximo ao corpo de Domício, de forma brusca. A vítima segura e puxa a arma e os dois entram em luta corporal, mas o assaltante consegue empurrar o dono do restaurante, atirando em seguida.

Irajuba: Casal suspeito de tráfico de droga é preso em bar, pela Cipe, na margem da BR-116

/ Polícia

Crack e maconha encontrados. Foto: Cipe Central
Crack e maconha foram encontrados. Foto: Cipe Central

Um casal suspeito de tráfico de entorpecente foi preso em um bar, na margem da BR-116, trecho do município de Irajuba, na noite desta quinta-feira (15/12). Uma guarnição da Cipe Central em ronda na região recebeu denúncia anônima de que um homem comercializava droga no estabelecimento, que recebeu a presença de policiais para averiguação, no povoado do 73, quando o proprietário do bar foi abordado e com ele encontrada parte da droga, tendo o mesmo, segundo a Cipe, levado os policiais a um local, onde foram encontrados: 104 pedras de crack, 17 papelotes de maconha, 01 TV de Lec marca CPE, 01 aparelho celular Motorola, 01 calculadora, R$ 74 reais, 01 folha de cheque no valor de R$ 500 reais, da Caixa Econômica Federal, 01 folha de cheque no valor de R$ 300 reais, do Banco do Brasil e mais 06 folhas da Caixa em branco. O casal, juntamente com o material apreendido, foi encaminhado para a Delegacia Territorial de Irajuba.

Operação Pecúlio: 12 vereadores são presos em Foz do Iguaçu e 10 estão em prisão preventiva

/ Polícia

Foto: Foz do Iguaçu.com
Vereadores foram presos pela PF. Foto: Foz do Iguaçu.com

Na manhã desta quinta-feira (15/12), a Polícia Federal em ação conjunta com o Ministério Público Federal, deflagrou a 5ª fase da Operação Pecúlio. Batizada de Nipoti, a ação cumpre 78 mandados judiciais, sendo 20 de prisão preventiva, 8 de prisão temporária, 11 de condução coercitiva e 39 de busca e apreensão em residências e locais de trabalho dos investigados. Entre os presos estão 12 dos 15 vereadores de Foz do Iguaçu: Anice Gazzaoui, Beni Rodrigues, Darci ”DRM”, Edílio Dall’Agnol, Fernando Duso, Hermógenes de Oliveira, Zé Carlos, Luiz Queiroga, Marino Garcia, Coquinho, Paulo Rocha e Rudinei Moura. Destes, 10 tiveram a prisão preventiva decretada (quando não há prazo determinado) e dois estão cumprindo prisão temporária (de cinco dias). Vereadores presos preventivamente: Anice Gazzaoui, Darci ”DRM”, Edílio Dall’Agnol, Fernando Duso, Hermógenes de Oliveira, Luiz Queiroga, Marino Garcia, Coquinho, Paulo Rocha e Rudinei Moura. De acordo com o Procurador Geral da República, Alexandre Halfen, os vereadores foram presos por receber mensalinho e cargos comissionados, em troca de apoio político. ”Havia uma arrecadação de propina na prefeitura, centralizada no secretário Melquizedeque de Souza. Era ele quem efetuava o pagamento aos vereadores. Na primeira fase, ele era o operador e fazia os pagamentos ao líder do governo na Câmara, o Mogênio (Hermógenes de Oliveira), que se encarregava posteriormente de distribuir as propinas aos demais. Alguns recebiam o valor mensal de R$ 10 mil reais para apoiar a prefeitura. E uns, de oposição, recebiam repasses para fazer oposição mitigada ao governo”, enfatizou. Ainda segundo Halfen, o esquema acontece há mais de dois anos.

 

Três policiais militares são presos por sequestro e extorsão em Camaçari, diz PM

/ Polícia

Material foi apreendido com quadrilha. Foto: Polícia Militar
Material foi apreendido com policiais. Foto: Polícia Militar

De acordo com a polícia, foram apreendidas seis pistolas, uma quantia do resgate e munições de diversos calibres. A desarticulação da quadrilha ocorreu após o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) ser acionado sobre um sequestro que estaria em andamento. O 12º Batalhão/Camaçari auxiliou na operação. A PM informou que o pai da vítima teria pago o resgate em dinheiro, carro e aparelho de som automotivo no posto de gasolina na Cetrel e os criminosos teriam fugido pela Estrada do Coco, sentido Salvador. Os policiais militares do Bope iniciaram as diligências na região, onde foi montado um ponto de bloqueio antes do pedágio. No momento em que os carros entraram nas baias para pagamento foram realizadas as abordagens e os quatro criminosos foram presos. Os três policiais e o comparsa foram flagrados com o que foi dado pelo resgate, seis pistolas dos calibres 45, 380, 40 (este último tipo de calibre utilizado pela PM da Bahia). Também foram apreendidas 271 munições dos calibres 40, 45, 380, 12 e 16. Segundo a PM, ainda foram apreendidos com a quadrilha nove celulares, duas algemas, placas e documentos de veículos diversos, balaclava, relógio, quatro anéis dourados, uma pulseira dourada, uma corrente dourada; três coldres e dois porta-carregadores. Todo material e os autores foram apresentados a 18ª delegacia e, em seguida, os militares serão encaminhados para Corregedoria Geral da PMBA. G1

Criança é resgatada de casa em Medeiros Neto após suspeita de maus-tratos da mãe

/ Polícia

Criança estava com a mãe e dois homens. Foto: Isabelli Vitória
Criança estava com a mãe e dois homens. Foto: Isabelli Vitória

Uma mulher de 44 anos foi presa suspeita de maus-tratos contra a filha de cinco anos no município de Medeiros Neto, na região sul da Bahia. A criança foi resgatada da residência após ter sido encontrada no imóvel com a mãe e dois homens completamente embriagados. De acordo com a Polícia Civil, mãe e filha já eram acompanhadas pelo Conselho Tutelar do município. Na sexta-feira (9), após uma visita técnica ao imóvel, que fica no bairro Uldurico Pinto, o órgão teria presenciado o estado da criança e chamado a polícia. Em entrevista ao site G1, o delegado Jorge Nascimento contou que a menina foi encontrada com alguns hematomas pelo corpo. ”A criança declarou, nos termos do Conselho Tutelar, que sofria maus-tratos ”, constata. O delegado acrescenta que a mãe é alcoólatra e confessou que não cuida da menina. De acordo com Jorge Nascimento, a criança foi encaminhada para a casa de um tio, mas deve ter a guarda transferida para o pai biológico. Além disso, destaca que estabeleceu um valor de fiança de dois salários mínimos, para que a mãe possa responder o processo em liberdade. Como o valor não foi pago até a manhã desta terça-feira (13), ela segue presa.

Senhor do Bonfim: Operação da Polícia Civil prende acusados de tráfico de drogas

/ Polícia

Suspeitos foram autuados em flagrante. Foto: Divulgação/19ª Coorpin
Suspeitos autuados em flagrante. Foto: Divulgação/19ª Coorpin

Cinco pessoas foram presas sob acusação de tráfico de drogas na cidade de Senhor do Bonfim, em situações distintas. De acordo com o que anunciou nesta segunda-feira (12/12) o coordenador da 19ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Senhor do Bonfim, delegado Felipe Neri Neto, 09 kg de maconha foram apreendidos com Júlio Pereira Duarte, de 32 anos, numa casa usada como ponto de comercialização de drogas. Júlio foi autuado em flagrante. Ainda em Senhor do Bonfim, a Polícia Civil deteve:  Fillipe Amario Feliciano de Sá, 22, Itamara Raquel Alves Pessoa, 23, Nívia Souza do Nascimento, 18 e Flávia Cristina Silva de Jesus, 22, que segundo a 19ª Coorpin foram flagrados tentando entrar na cadeia do Complexo Policial do município com uma porção de maconha escondida numa embalagem de margarina. A droga, descoberta pelos policiais durante inspeção nos alimentos levados aos presos no horário de visita, seria entregue aos traficantes Ronicleiton da Silva e José Flávio da Silva. O grupo foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Itiruçu: Polícia Militar prende suspeito de arrombamentos com arma e droga

/ Polícia

Suspeito é preso após denúncia anônima. Foto: Divulgação
Suspeito é preso após denúncia anônima. Foto: Divulgação

Um indivíduo foi preso pela Polícia Militar de Itiruçu na manhã desta segunda-feira (12/12) sob suspeita de praticar arrombamentos na cidade. O suspeito foi detido pela guarnição da PM 93ª Cia depois de denúncia anônima, de que o mesmo, enfurecido, tentava danificar a casa de uma mulher. No local, o suspeito foi preso portando um revólver calibre 38 com munições e aproximadamente 515 gramas de substância aparentando ser cocaína. Ele foi apresentado com a arma de fogo e a droga na Delegacia Circunscricional de Polícia de Itiruçu.

Casal de 17 e 19 anos é preso suspeito de matar professores no município de Santa Luiz

/ Polícia

Multidão ocupa entrada da Delegacia. Foto: Notícias de Santa Luz
Multidão na entrada da Delegacia. Foto: Notícias de Santa Luz

Uma jovem de 19 anos foi presa, e um adolescente, de 17, apreendido, após confessar participação na morte de dois professores. À época do crime, dois corpos foram encontrados carbonizados no porta-malas de um veículo capotado na BA-120. O caso chocou o município de Santaluz, no nordeste da Bahia. A polícia chegou até os suspeitos após denúncia anônima nesta quinta-feira (8/12), conforme publicação do G1. Uma das vítimas foi identificada como o professor Edivaldo Silva de Oliveira, de 32 anos. A polícia acredita que o outro corpo seja do também professor Jeovan Bandeira, que está desaparecido desde junho, mas o resultado do DNA, feito pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT), ainda não ficou pronto até a manhã desta sexta-feira (9). Em depoimento à polícia, a dupla informou também sobre a participação de uma terceira pessoa no crime. Um jovem de 19 anos, que foi morto na terça-feira (6), após deixar a delegacia do município de Valente, onde estava preso por tráfico de drogas. A cidade onde o jovem foi morto fica a cerca de 50 quilômetros de Santaluz. Ainda de acordo com a polícia, a jovem de 19 anos contou que a ideia do trio era sequestrar os professores após um assalto, e liberar as vítimas no município de Queimadas. Mas o carro em que eles estavam capotou, então o trio incendiou o veículo com os professores dentro do porta-malas. Ao tomar conhecimento da prisão, uma multidão ocupou a entrada da delegacia para onde os suspeitos haviam sido encaminhados. Por questões de segurança, o delegado João Farias comunicou que os presos precisaram ser transferidos. Ele informou ainda que a prisão preventiva da jovem, e o internamento do menor já foram decretados pela Justiça. A jovem de 19 anos foi levada para um presídio em Feira de Santana, mesma cidade para onde o adolescente foi enviado, mas nesse caso, para um Centro de Internação para Menores Infratores.