Lafaiete Coutinho: Operação da Polícia Federal desbarata esquema em que ex-prefeito é citado

/ Polícia

Operação Three Hills cumpre mandados na cidade. Foto: Divulgação

A Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira (16) sete mandados de busca e apreensão em Lafaiete Coutinho, no sudoeste, e Salvador. A Operação Three Hills visa desbaratar um esquema de fraude em licitações e desvios de verbas públicas em Lafaiete Coutinho. Segundo a PF, as investigações começaram em 2016. Uma denúncia apontava que uma empresa havia vencido todas as licitações para fornecimento de combustível para o município de Lafaiete Coutinho, no período de 2010 a 2016. Essa empresa seria de propriedade do então prefeito Zé Coca, atual deputado estadual, mas estaria em nome de ”laranjas”.

Ainda segundo a PF, no curso das investigações comprovou-se que o posto de combustíveis na verdade era administrado por um servidor da prefeitura de Lafaiete Coutinho. Este servidor chegou a ser responsável pela conferência do recebimento do material (combustíveis) em relação a dois procedimentos licitatórios, além de presidente da Comissão Permanente de Licitação em um certame e pregoeiro designado pelo então prefeito em outro certame.

Da documentação relativa às licitações citadas, foi atestado que até 2013, os editais dos certames eram publicados apenas no Diário Oficial do Município de Lafaiete Coutinho e, consequentemente, somente comparecia aos Pregões Presenciais a empresa investigada. Ainda segundo a PF, os acusados serão indiciados pela prática dos crimes previstos no art. 1º, inciso I do Decreto-Lei nº 201/67, no art. 288 do Código Penal e nos arts. 90 e 96, inciso I da Lei nº 8.666/93. O nome da Operação remete à tradução para o idioma inglês do antigo nome de Lafaiete Coutinho (Três Morros). Com informações do Bahia Notícias

Ativista LGBT, funcionário de prefeitura da região metropolitana de Salvador é achado morto

/ Polícia

Alessandro Bráulio Matos Fraga é achado morto. Foto: Rede social

O ativista LGBT Alessandro Bráulio Matos Fraga, também conhecido como Alex Fraga, foi encontrado morto no sábado (13), em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador. Não há detalhes sobre as causas da morte de Alex, mas a família afirmou que o corpo tinha ferimento de projétil de arma de fogo. Segundo o G1, a Polícia Civil informou que está levantando informações sobre o caso.

Amigos de Alex postaram nas redes sociais que ele havia desaparecido na sexta-feira (12) e, no dia seguinte, o corpo dele foi encontrado. Alex era formado em psicologia e servidor da prefeitura de Lauro de Freitas. Por meio de nota, a prefeitura informou que ele era coordenador do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) da prefeitura.

Ainda em nota, a prefeitura se solidarizou com a família e amigos do funcionário, e também destacou que Alex foi vítima de morte violenta. A administração municipal disse ainda que está acompanhando as investigações do caso. O corpo de Alex Fraga foi velado e sepultado no Cemitério de Portão, no domingo (14).

Idoso é brutalmente assassinado a golpes de facão em Serra Preta; filho é suspeito do crime

/ Polícia

Um idoso foi assassinado, na noite de sábado (13), com golpes de facão, em Serra Preta. Segundo o Acorda Cidade, o homem recebeu cerca de dez golpes. Ele ainda chegou a ser socorrido para o hospital municipal, mas não resistiu. Ainda segundo a publicação, a polícia afirmou que o filho da vítima é suspeito do crime. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Delegado Chefe da Polícia Civil retorna a delegada Ana Beatriz para a 9ª Coorpin Jequié

/ Polícia

Ana Beatriz de França Bomfim

Através da Portaria 241, datada de 12/3/2019, publicada no Diário Oficial do Estado-DOE, deste sábado (13), o delegado-geral da Polícia Civil da Bahia, Bernardino Brito Filho, tornou sem efeito a Portaria 621/2014, removendo a delegada da Ana Beatriz de França Bomfim, da Delegacia Territorial de Barra do Rocha, determinando que ela passe a desenvolver as suas atividades profissionais, a partir desta data na Delegacia Territorial de Jequié-DT, âmbito da 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior-9ª Coorpin.

Relembre – Em 8 de março de 2013, a delegada Ana Beatriz foi transferida da 9ª Coorpin de Jequié para a 7ª Coorpin de Ilhéus.  De acordo comentários da época, a delegada divergia do então diretor regional da 9ª Coorpin, André Aragão Lima. Com a nomeação de André Aragão, para a coordenadoria em Ilhéus, a delegada foi removida da DT daquela regional, retornando a Jequié.

Na edição do Diário Oficial de (29/10/2914), quando já exercia a titularidade da 9ª Coorpin, o delegado Fabiano Aurich, foi publicada outra Portaria, exonerando a delegada Ana Beatriz, mais uma vez da coordenadoria em Jequié. Ainda de acordo com informações à época, divergências de relacionamento profissional entre os dois delegados teriam resultado na nova mudança. A delegada Ana Beatriz, que dentre outras unidades da PC, já esteve nas DTs de Itiruçu, Iramaia, Ipiaú, Jequié, Ilhéus e, atualmente Barra do Rocha,  revelou na ocasião da sua segunda remoção de Jequié, que estaria buscando a intervenção do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia-Sindipoc, para tentar reverter a mudança.  Agora, a partir da decisão do comando da Polícia Civil da Bahia, a  delegada  está de volta às suas funções em Jequié, na 9ª Coorpin, unidade que permanece comandada pelo delegado Fabiano Aurich. *Por Wilson Novaes

Itaparica: Suspeitos de envolvimento no assassinato de policial civil morrem durante confronto com PMs

/ Polícia

Três homens suspeitos de envolvimento na morte do policial civil, no distrito de Barra Grande, que fica na Ilha de Itaparica, região metropolitana de Salvador, morreram durante um confronto com policiais militares, no final da manhã desta quarta-feira (10), em Vera Cruz. A informação foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA). Segundo informações da SSP, equipes da 19ª Delegacia Territorial (DT/Itaparica) receberam uma denúncia anônima sobre a fuga dos suspeitos pela região de Jiribatuba, em Vera Cruz. Os policiais foram até o local e montaram uma blitz para fazer as prisões deles.

De acordo com o órgão, os suspeitos, que não tiveram a identidade revelada e estavam em um carro que faz transporte alternativo, pararam na barreira e desceram atirando após receberem a voz de prisão. Os três homens foram atingidos, socorridos, mas não resistiram aos ferimentos. A Secretaria de Segurança Pública informou que foram apreendidos duas pistolas, dois carregadores, um deles alongados, celulares, dinheiro, maconha, cocaína, crack e anotações referentes à venda de drogas.

Ainda de acordo com o órgão, os suspeitos são apontados como traficantes e autores de roubos. Testemunhas foram ouvidas e buscas foram realizadas durante toda a madrugada. Além das equipes de delegados e investigadores, guarnições territoriais e especializadas da PM também continuam na região em busca de outros comparsas do trio. Com informações do G1

Itaparica: Policial civil é morto por indivíduos de bicicleta em tentativa de assalto à residência

/ Polícia

Waldeck Monteiro de Jesus foi morto a tiros. Foto: Reprodução

Um policial civil foi morto a tiros na noite desta terça-feira (9) dentro da própria casa em Barra Grande, na Ilha de Itaparica. A vítima foi identificada como Waldeck Monteiro de Jesus. Ele trabalhava na 19ª Delegacia Territorial, em Itaparica. Segundo a 5ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM /Vera Cruz), dois homens chegaram de bicicleta ao condomínio onde o policial residia e pularam o muro da casa da vítima para roubar a residência.

Ainda segundo relato, o policial foi baleado quando tentava pegar uma arma. Mesmo ferido, Waldeck ainda teria conseguido atirar contra um dos acusados, que também teria sido alvejado. Logo após o crime, policiais civis e militares iniciaram as buscas para identificar e localizar os bandidos. As informações são do Bahia Notícias

Militares que fuzilaram músico com 80 tiros vão a audiência de custódia no Rio de Janeiro

/ Polícia

Automóvel foi alvejado com 80 tiros. Foto: Fabio Teixeira/AP

Será realizada nesta quarta-feira (9), às 14h, a primeira audiência de custódia dos dez militares do Exército presos e investigados pela morte do músico Evaldo Rosa dos Santos, 46 anos. As informações foram divulgadas pelo Superior Tribunal Militar.

O carro em que ele estava com a família, em Guadalupe, zona norte do Rio, foi alvo de mais 80 tiros, que ainda feriram mais duas pessoas. O crime ocorreu na tarde de domingo, quando o veículo foi supostamente confundido com um automóvel em que estariam criminosos. O caso será investigado pela Justiça Militar.

O músico levava a família para um chá de bebê, quando o carro cruzou com um grupo de militares, que estariam no perímetro de patrulhamento da Vila Militar. Segundo testemunhas, não havia operação policial e não houve ordem para que o motorista parasse. Sem aviso, os militares dispararam uma saraivada de tiros.

De acordo com o Ministério Público Militar, ”a perícia do local foi feita ontem pela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro. Os militares envolvidos foram afastados e encaminhados à Delegacia de Polícia Judiciária Militar para tomada de depoimentos”. Também foi ouvida uma testemunha civil. Com informações do Estado de S. Paulo.

Vereador suspeito de matar concunhado a golpes de facão é preso após se entregar à polícia

/ Polícia

O vereador suspeito de matar o concunhado a golpes de facão, dentro de uma barbearia, na cidade de Sebastião Laranjeiras, no sudoeste da Bahia, foi preso após se entregar na Delegacia de Guanambi, na segunda-feira (8). Conforme o delegado Romilson Dourado, que investiga o caso, Edson Carlos da Silva Pereira, conhecido como Tuchinha do Leite (PSD) foi até a delegacia de Guanambi, acompanhado do advogado, na tarde de segunda.

Como havia um mandado de prisão em aberto, o vereador foi preso de forma preventiva. Ainda de acordo com o delegado, o suspeito será interrogado nos próximos dias, para que o inquérito seja concluído.

O vereador estava foragido desde 31 de março, quando o crime ocorreu, no distrito de Mandiroba. As investigações apontam que Edson e Isaque Oliveira tiveram uma discussão durante um churrasco, no dia anterior ao crime. Após ser atacado a golpes de facão, Isaque ainda conseguiu sair do estabelecimento, mas caiu na rua. No local, o vereador terminou de golpear a vítima. Com informações do G1

Polícia Federal prende jogador de futebol por falsidade ideológica no SAC de Feira de Santana

/ Polícia

A Polícia Federal prendeu em flagrante nesta segunda-feira (8) um jogador de futebol de 24 anos ao apresentar documento falso para retirar o passaporte brasileiro no SAC de Feira de Santana. O atleta afirmou aos policiais que conseguiu uma certidão de nascimento falsa com um ”olheiro” com o objetivo de diminuir a sua idade e possibilitar a contratação de times de futebol.

De posse da certidão de nascimento falsa, o jogador conseguiu obter carteira de identidade no Estado de Sergipe e, com o documento, requereu um passaporte brasileiro em Feira de Santana. O sistema da Polícia Federal detectou a compatibilidade biométrica das digitais coletadas do jogador com o de pessoa diversa do requerente do passaporte.

Ao ser abordado pelos policiais federais e questionado sobre a sua real identidade, o jogador confessou o crime e informou que pretendia tirar o passaporte para poder viajar para a Europa em busca de realizar o seu sonho de jogar em um time estrangeiro. O rapaz foi autuado em flagrante por ter cometido os crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso e ficará custodiado no Presídio da cidade, a disposição da Justiça Federal.

Menina de 10 anos é morta pelo pai após tentar defender mãe em briga na cidade de Muritiba

/ Polícia

Michele levou 1 tiro nas contas e outro na cabeça. Foto: Reprodução

Uma menina de 10 anos morreu após ser baleada pelo pai quando tentou defender a mãe durante uma briga, na zona rural de Muritiba, no recôncavo baiano, no domingo (7). O suspeito ainda atingiu o filho de 5 anos, conforme as informações da Polícia Civil.

Segundo o jornal Correio, a polícia informou que o suspeito, Lucival de Oliveira Rodrigues, conhecido como ”Buti da Rifa”, atirou na filha após a menina tentar separar a briga entre ele e a mãe. O casal teria discutido por ciúmes de Lucival, que desconfiava que a esposa o traía.

Ainda de acordo com a polícia, a menina foi atingida nas costas e na cabeça e acabou morrendo no local. Com estado de saúde estável, o menino de 5 anos, que foi baleado quando tentava fugir da confusão, foi internado no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. A mãe das crianças não se feriu e segue em estado de choque.

O corpo da garota foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Santo Antônio de Jesus. O suspeito fugiu do local e está sendo procurado pela polícia. O caso foi registrado na Delegacia de Cruz das Almas, responsável pelo plantão regional de final de semana, e será investigado pela Polícia Civil de Muritiba.

Após perseguição policial, criminosos invadem casa e fazem reféns em bairro de Salvador

/ Polícia

Uma família viveu momentos de terror nesta quinta-feira (4), quando seis criminosos fugiram de uma abordagem policial, invadiram uma casa e fizeram reféns. O caso teve início no período da tarde, na região conhecida como Serra Verde, no Vale das Pedrinhas, no Complexo do Nordeste de Amaralina, em Salvador.

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico e da 40ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/ Nordeste de Amaralina) negociaram a liberação de três reféns. Estavam no imóvel uma mulher de 34 anos e seus dois filhos, sendo um deles uma criança de dois anos.

Às 19h30, foi confirmado que o Bope conseguiu controlar a situação. Os policiais entraram na casa e renderam os criminosos, mas todos permanecem no imóvel, assim como os moradores. Isso porque, segundo os próprios policiais, haverá uma busca por drogas e armas no local.  O caso teve início no período da tarde, durante patrulhamento da Rondesp Atlântico. A casa usada como refúgio pelos traficantes foi cercada. Um helicóptero do Grupamentp Aéreo (Graer) também foi acionado e monitorou possíveis rotas de fuga. Com informações do Correio

Santo Estêvão: Mulher é presa após cão farejador da polícia encontrar 160 kg de maconha em casa

/ Polícia

Polícia usou cão farejador durante a ação. Foto: SSP-BA

Uma mulher foi presa após após o cão farejador da polícia encontrar 160 Kg de maconha na casa onde ela estava, na cidade de Santo Estevão, na região de Feira de Santana, nesta terça-feira (2). Conforme a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), policias receberam denúncias anônimas e foram até a casa, na Avenida Cardeal da Silva. Após autorização da mulher, a polícia entrou no imóvel e fez buscas pelo local, onde encontrou, com ajuda do cão farejador, a substância em vários cômodos. Ainda segundo a SSP, a mulher e a substâncias foram encaminhados para a delegacia de Feira de Santana, cidade da mesma região. A Polícia Civil investigará o caso.

Vereador do PSL é preso acusado de reter parte de salário de funcionários em Belo Horizonte

/ Polícia

Claudio Donizete foi preso nesta terça. Foto: Câmara de BH

O vereador de Belo Horizonte Claudio Donizete Duarte (PSL) foi preso nesta terça-feira (2) pela Polícia Civil de Minas Gerais, acusado de retenção de parte dos salários dos funcionários do gabinete. O chefe de gabinete do edil, Luiz Carlos de Souza Cordeiro, também foi preso.

A Divisão Especializada de Investigação de Fraudes e Crimes contra a Administração Pública cumpriu cinco mandados de busca e apreensão: nas residências dos investigados, no gabinete do parlamentar na Câmara de Belo Horizonte, em seu Comitê Eleitoral e em uma associação no bairro Céu Azul controlada pelo vereador.

As investigações da Polícia Civil apontaram que um funcionário recebia salário de R$ 11 mil e ficava com apenas R$ 1 mil, o resto do dinheiro era repassado para o parlamentar por meio do chefe de gabinete. Segundo o delegado responsável pelo caso e chefe da Divisão Especializada de Investigação de Fraudes e Crimes contra a Administração Pública, Domiciano Monteiro, são investigados os crimes de peculato, concussão, formação de organização criminosa e obstrução de Justiça.

Dayane Pimentel vai à polícia contra boato de que desvia ”dinheiro” para campanha de marido

/ Polícia

Dayane Pimentel é presidente do PSL/Bahia. Foto: Divulgação

A deputada federal Dayane Pimentel (PSL) foi até a sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) da Bahia, nesta segunda-feira (1°), prestar queixa contra um grupo de Whatsapp que teria espalhado uma suposta prova de envolvimento da parlamentar com um esquema de desvio de dinheiro público em seu gabinete na Câmara dos Deputados.

Em uma captura de tela que foi compartilhada na rede de grupos de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PSL) na Bahia nesta semana, uma funcionária do gabinete de Pimentel teria admitido que era obrigada a entregar parte do seu salário para a campanha de Alberto Pimentel (PSL) em 2020.

Cotado para concorrer às prefeituras de Feira de Santana ou Salvador no próximo ano, Alberto é secretário municipal de Esporte e Lazer na capital baiana e casado com Dayane Pimentel. Em uma rede social, Pimentel anunciou que iria protocolar a queixa contra o grupo de WhatsApp e seus administradores que teriam forjado a conversa com Jakelyne Batisa de Oliveira Teles, funcionária SP-25 de seu gabinete.

A suposta imagem da conversa com Batisa apresenta incongruências que apontam para a falsidade do suposto diálogo. Uma das mensagens enviadas pelo remetente aparece enviada às 1h32 da madrugada e é seguida por outra mensagem datada de 10h32 do mesmo dia. ”Agora, é com a polícia, a justiça e vamos descobrir quem é o autor e quem anda espalhando essa ação criminosa”, escreveu a Dayane Pimentel em publicação em sua rede social. Com informações do Bahia Notícias