Prefeitura de Jequié entrega novos veículos adaptados e com acessibilidade para a Saúde e Educação

/ Jequié, NOTÍCIAS

Prefeito, deputado e secretários em entrega. Foto: Divulgação

Devido a precariedade em que se encontravam muitos dos veículos da Prefeitura de Jequié, o prefeito, Sérgio da Gameleira, deu início, ainda em 2017, a mudanças do setor de transportes do município, com a ampliação e modernização da frota municipal, com o objetivo de melhorar o atendimento prestado à população. Nesta quinta-feira (11/07), aconteceu a solenidade de entrega de mais outros três veículos, adquiridos com recursos próprios, e destinados à Secretaria de Saúde e à Secretaria de Educação.

Na ocasião de entrega dos veículos, que aconteceu na Praça Rui Barbosa, estiveram presentes o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira; o deputado estadual, Euclides Fernandes; o secretário de Saúde, Vitor Lavinsky; o secretário de Educação, Paulo Andrade; o vereador e líder da maioria, Roque Silva; os vereadores, José Augusto de Aguiar, o Gutinha; José Simões de Carvalho; Jackson Roberto, Beto de Lalá; demais secretários municipais, lideranças comunitárias e população em geral.

Desta vez, foram adquiridos dois micro-ônibus e uma van, que tem capacidade para transportar 16 passageiros. Os micro-ônibus atenderão aos alunos das escolas dos distritos e van, aos usuários do Tratamento Fora do Domicílio, o TFD. Para garantir o acesso das pessoas com deficiência ou com dificuldade de locomoção, os novos veículos possuem elevador para cadeira de rodas e acessórios de acessibilidade.

 

Feira de saúde do Hospital Prado Valadares Jequié deve atender dez mil pessoas até segunda

/ NOTÍCIAS

Feira de Saúde acontece no Mandacaru. Foto: Alberto Coutinho
A população de Jequié e região recebe a terceira edição do projeto Hospital Geral Prado Valadares (HGPV) na Comunidade, iniciada na manhã desta quinta-feira (11), no bairro Mandacaru. A ação se estende até segunda-feira (15), com uma série de serviços de saúde e expectativa de superar dez mil atendimentos. Promovida pelo HGPV, em parceria com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), a feira de saúde, nas outras duas edições já realizadas em 2019, alcançou 17 mil pessoas beneficiadas.
”Jequié é uma cidade bastante populosa e a demanda reprimida por serviços de atenção básica é imensa. Após um mapeamento, o município foi dividido em quatro núcleos, de forma a dar vazão às carências da população jequieense e também de cidades vizinhas”, detalhou o coordenador da ação pelas VSBA, Edvaldo Gomes.
De acordo com a diretora geral do HGPV, Polliana Leandro, embora o hospital seja uma unidade de urgência e emergência, frequentemente, é procurado para serviços de atenção básica. “Por isso a realização dessas feiras é extremamente relevante”, pontuou.
 
Serviços
Quem chega ao evento tem acesso à triagem de cirurgias (histerectomia total, vesícula e hérnia umbilical, inguinal e epigástrica), preventivo e mamografia, bem como ecocardiograma, raio-x e ultrassonografia, sendo esses dois últimos realizados no próprio Prado Valadares.

Informativo da Câmara Municipal de Jaguaquara

/ NOTÍCIAS

INFORMATIVO DA CÂMARA MUNICIPAL DE JAGUAQUARA

Foram apresentadas e aprovadas na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Jaguaquara, realizada no dia 13 de junho de 2019, as seguintes matérias:

v INDICAÇÃO Nº. 069/2019 – DE AUTORIA DO VEREADOR VAL DA CARROCERIA, SOLICITANDO AO EXECUTIVO MUNICIPAL, A CONSTRUÇÃO DO CALÇAMENTO DE TODAS AS RUAS E CONSTRUÇÃO DE UMA PRAÇA DE LAZER NA ÁREA DISPONÍVEL NO ASSENTAMENTO WILSON FURTADO, LOCALIZADO NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE JAGUAQUARA.

v INDICAÇÃO Nº. 070/2019 – DE AUTORIA DA VEREADORA SARA HELEM, SOLICITANDO AO SR. PREFEITO MUNICIPAL, A RECUPERAÇÃO COMPLETA (PATROLAMENTO, ENCASCALHAMENTO E ROÇAGEM) DA ESTRADA DA MALHADA, ESPECIALMENTE DA LADEIRA QUE DÁ ACESSO À REGIÃO DE PEDRA DE PEDRO, PRÓXIMO A RAIMUNDO DE ODÍLIO, ZONA RURAL DO MUNICÍPIO.

v INDICAÇÃO Nº. 071/2019 – DE AUTORIA DOS VEREADORES JÚNIOR DA KOMBI E DEMA DO ENTRONCAMENTO, SOLICITANDO AO EXECUTIVO MUNICIPAL, A REQUALIFICAÇÃO DOS QUISQUES E CONSTRUÇÃO DE UM NOVO PONTO DE TÁXI AMPLO E MODERNO COM COBERTURA, SITUADOS NA ÁREA AO LADO DO POSTO BRASIL-ITÁLIA E DA AGÊNCIA DE PASSAGENS DA CAMURUJIPE, NO DISTRITO STELA CÂMARA DUBOIS (ENTRONCAMENTO DE JAGUAQUARA).

v INDICAÇÃO Nº. 072/2019 – DE AUTORIA DO VEREADOR NILDO PIRÔPO, SOLICITANDO AO EXECUTIVO MUNICIPAL, A INSTALAÇÃO DE SUPORTES PARA LÂMPADAS, NOS POSTES DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA, DA REDE DE ENERGIA ELÉTRICA DO POVOADO DO RIACHO DAS BANANEIRAS, LOCALIZADO NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE JAGUAQUARA.

v INDICAÇÃO Nº. 073/2019 – DE AUTORIA DO VEREADOR ROQUE MACHADO, SOLICITANDO AO SR. PREFEITO MUNICIPAL, A CONSTRUÇÃO DO CALÇAMENTO DA RUA NOVO MÉXICO E DA RUA PORTUGAL, LOCALIZADAS NO DISTRITO STELA CÂMARA DUBOIS (ENTRONCAMENTO), NESTE MUNICÍPIO.

v INDICAÇÃO Nº. 074/2019 – DE AUTORIA DO VEREADOR ELIO BOA SORTE, SOLICITANDO AO SR. PREFEITO MUNICIPAL, A CONSTRUÇÃO DO CALÇAMENTO DA RUA ADEMAR DE BARROS, RUA LINDOLFO ANDRADE PORTO E RUA JOSÉ DOS SANTOS TEIXEIRA, LOCALIZADAS NO BAIRRO DA PALMEIRA, NA CIDADE DE JAGUAQUARA

Conselho do MP recebe pedido para investigar troca de mensagens entre Sérgio Moro e Dallagnol

/ NOTÍCIAS

Os conselheiros Luiz Fernando Bandeira de Mello, Gustavo Rocha, Erick Venâncio Lima do Nascimento e Leonardo Accioly da Silva, do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) estão pedindo ao corregedor nacional do órgão a abertura de investigação para apurar os fatos noticiados pelo site The Intercept. Neste domingo, 9, o site The Intercept Brasil divulgou o suposto conteúdo de mensagens trocadas por Moro e integrantes do MPF-PR, como o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa em Curitiba.

As conversas supostamente mostrariam que Moro teria orientado investigações da Lava Jato por meio de mensagens trocadas no aplicativo Telegram. O site afirmou que recebeu de fonte anônima o material. O The Intercept tem entre seus fundadores Glenn Greenwald, americano radicado no Brasil que é um dos autores da reportagem. De acordo com o site, há conversas escritas e gravadas nas quais Moro teria sugerido mudança da ordem de fases da Lava Jato, além de dar conselhos, fornecer pistas e antecipar uma decisão a Dallagnol.

No documento em que pedem sindicância para apurar a conduta dos citados pelo site, os conselheiros do CNMP destacam: ”Caso forem verídicas as mensagens e correta a imputação de contexto sugerida na reportagem, independentemente da duvidosa forma como teriam sido obtidas, faz-se imperiosa a atuação do Conselho Nacional do Ministério Público.” Os conselheiros argumentam que não estão formando nenhum juízo prévio de valor, mas ressaltam a necessidade de se apurar se houve eventual falta funcional, ”particularmente no tocante à violação dos princípios do juiz e do promotor natural, da equidistância das partes e da vedação de atuação político-partidária”.

Ninguém acertou: Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 48 milhões no próximo sorteio

/ NOTÍCIAS

Nenhum apostador acertou os números sorteados pela Caixa Econômica Federal na Mega-Sena deste sábado (25), concurso 2.154. Os números sorteados foram 07, 25, 41, 47, 50, 53. A estimativa da Caixa para o prêmio do próximo concurso, a ser sorteado na próxima quarta-feira (29) é de R$ 48 milhões. O valor da aposta simples, em seis números, é de R$ 3,50. A possibilidade de acerta é de uma em mais de 50 milhões. A aposta mais cara é de R$ 17.517,50, em 15 números. Neste caso, a possibilidade de acertar é de uma em 10 mil.

Pedidos de recurso e revisão do INSS passam a ser feitos por internet, a partir desta segunda

/ NOTÍCIAS

A partir desta segunda-feira (13) os pedidos de revisão de valor do benefício, de recursos e de cópia de processos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) poderão ser feitos apenas pela internet, no Meu INSS, ou pelo telefone 135.

A estimativa do INSS é que atualmente esses serviços levem mais de 70 mil pessoas por mês às agências. Com as solicitações feitas pela internet ou telefone, o órgão espera melhorar o atendimento ao público e poupar trabalho e gastos aos cidadãos que precisam se descolar em busca de uma agência do órgão.

A mudança faz parte do projeto de transformação digital implantado pelo INSS para ampliar a oferta de serviços digitais.

Como acessar o Meu INSS
O Meu INSS é acessível por meio de computador ou celular. Para usar o serviço é preciso se cadastrar e obter uma senha no próprio site. Também é possível obter a senha no internet banking de instituições da rede credenciada que são Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa, Itaú, Mercantil do Brasil, Santander, Sicoob e Sicredi. Em caso de dúvida, basta ligar para o 135.

Para acessar os serviços de cópia de processo, revisão e recurso basta ir em Agendamentos/Requerimentos, escolher o requerimento ou clicar em Novo Requerimento, atualizar os dados caso seja pedido e, em seguida, escolher a opção Recurso e Revisão ou Processos e Documentos. Este último é para aqueles que buscam uma cópia de processo.

Prefeitura de Jequié anuncia que investimento nos festejos juninos será de R$ 500 mil

/ NOTÍCIAS

São João de Jequié não terá grandes atrações. Foto: Secom

O São João de Jequié será mais modesto em 2019 do que no ano passado, quando tivemos grandes shows na Praça da Bandeira com a presença de artistas como: Luiz Caldas, Solange, Mastruz com Leite, Geraldo Azevedo, entre outros. A Prefeitura de Jequié anunciou que neste ano a festa vai acontecer apenas na Vila Junina, que será montada na Praça Rui Barbosa.

Segundo o prefeito Sergio da Gameleira, a cidade vai seguir a recomendação da Procuradoria Geral de Justiça, que orientou as prefeituras a não extrapolarem no valor investido no São João por conta dos problemas financeiros enfrentados pelas cidades. Pelas dificuldades de caixa, a Prefeitura de Jequié divulgou que serão investidos cerca de R$ 500 mil na festa, o valor é bem menor do que o que foi investido em 2018 e com isso teremos um São João mais modesto na cidade.

Governo Federal autoriza contratação de 234 mil temporários para Censo 2020

/ NOTÍCIAS

O Ministério da Economia autorizou a contratação temporária de até 234,4 mil profissionais para atuarem no Censo 2020, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Os profissionais serão contratados a partir de janeiro de 2020. A autorização está em portaria publicada no Diário Oficial da União de hoje (6). Do total de vagas, 196 mil serão para recenseador que coleta as informações junto à população. Outra atividade com número alto de vagas é o de agente censitário supervisor (23.578).

Serão contratados ainda supervisores, coordenadores censitários e agentes censitários operacionais. A contratação dos profissionais depende de aprovação prévia em processo seletivo simplificado. O contrato terá duração de até um ano, prazo que pode ser prorrogado de acordo com a necessidade de conclusão dos trabalhos.

O edital de abertura de inscrições para o processo seletivo simplificado será publicado no prazo de até seis meses com detalhes sobre a escolaridade exigida para cada atividade e a remuneração. Nas últimas seleções, a exigência era de ensino fundamental completo para o cargo de recenseador. A portaria informa que as contratações serão formalizadas somente mediante disponibilidade de dotações orçamentárias específicas.

Ex-prefeito de Teixeira de Freitas é denunciado por ”fraudar” contrato de quase R$ 400 mil

/ NOTÍCIAS

O ex-prefeito de Teixeira de Freitas, João Bosco Bittencourt, foi denunciado por fraude a licitação e peculato pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA). Ele também responderá, junto à empresa Posto Seguro II Derivados de Petróleo Ltda. (Posto CNA), a ação civil pública por improbidade administrativa. As ações foram ajuizadas na última quinta-feira (15).

Segundo o promotor de Justiça George Elias Pereira, o então gestor municipal causou um prejuízo aos cofres públicos de R$ 391.382,27. Um contrato foi firmado em 2015, sem licitação, para a aquisição de 80 mil litros de óleo diesel que seriam fornecidos pelo Posto CNA durante três meses. Conforme o promotor, a quantidade de combustível contratada possibilitaria cinco voltas completas de carro no mundo.

Ainda segundo o órgão, João Bosco forjou ilegalmente uma situação de emergência que foi utilizada como justificativa para a ausência de licitação. Ele teria interrompido, sem qualquer justificativa, o pagamento correspondente ao fornecimento de combustível feito por empresa contratada em 2014, forçando-a a deixar de fornecer o produto em prazo inferior a 90 dias, contados a partir da suspensão do pagamento.

Na ação, o MP requer que a Justiça, liminarmente, declare a nulidade do contrato e determine o bloqueio de bens do ex-prefeito e do posto até o valor de R$ 391,3 mil, pago no contrato fraudulento. Nos pedidos finais, é solicitada a condenação para ressarcimento aos cofres públicos, proibição de contratar com o Poder Público, perda de função pública, se houver, e suspensão dos direitos políticos – penas previstas na Lei de Improbidade Administrativa (nº 8.429/92).

Chega a 228 o número de mortos identificados em decorrência da tragédia de Brumadinho

/ NOTÍCIAS

A Defesa Civil de Minas Gerais contabilizou 228 mortes em decorrência do rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Vale em Brumadinho (MG). O número inclui três corpos identificados desde o último balanço, feito no dia 11. A atualização, divulgada neste domingo (14), registra 395 pessoas localizadas e 49 desaparecidos.

Localizada nas proximidades de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, a barragem da Mina do Córrego do Feijão rompeu-se em janeiro, resultando na morte de funcionários da Vale e de moradores da cidade, além contaminar o Rio Paraopeba, responsável por 43% do abastecimento da região.

Em decorrência do episódio, a Vale responde a processo na Justiça por reparação de danos às vítimas e ao meio ambiente. A empresa já teve mais de R$ 13 bilhões bloqueados por decisão judicial. Em março, representantes do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) denunciaram, em audiência na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que a mineradora estava atrasando pagamentos emergenciais às famílias afetadas.

Diante da situação, entidades representativas de trabalhadores vítimas do rompimento da barragem da Vale informaram ter entrado com uma ação coletiva contra a mineradora. Nela, pedem R$ 5 bilhões em indenizações por danos morais coletivos e sociais provocados pela empresa. As entidades reclamam reparação por danos morais tanto às famílias dos funcionários que morreram durante a tragédia como aos trabalhadores sobreviventes. Da Agência Brasil

Trégua entre Bolsonaro e Rodrigo Maia é vista com descrédito dentro do Congresso Nacional

/ NOTÍCIAS

A trégua ensaiada entre os presidentes da República, Jair Bolsonaro (PSL), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), depois de dias de bate-boca não desfez o temor entre parte dos deputados com as consequências do desarranjo político do governo. Congressistas de direita e centro-direita passaram a semana manifestando preocupação com a forma como o Executivo, em especial Bolsonaro, trata o Legislativo. O presidente fez provocações públicas a Maia, que retribuiu. As discussões envenenaram o ambiente político e as expectativas do mercado.

Na quinta-feira (29), a disputa arrefeceu, mas o ceticismo permanece. Sem esforço de Bolsonaro para organizar uma base aliada para aprovação da reforma da Previdência, deputados dizem que ele flerta com o caos na intenção de desmoralizar o Congresso perante a opinião pública. A conversa chegou a Maia, que reagiu com cautela. “Precisamos ter paciência e fortalecer o Poder Legislativo”, disse o presidente da Câmara à Folha de S.Paulo. “Com as instituições fortes e equilibradas -Supremo Tribunal Federal, Legislativo, Executivo e imprensa livre-, não haverá risco de ruptura.”

A exoneração do funcionário do Ibama que multou Bolsonaro por pesca irregular, a demissão da presidente da Embratur e dois diretores e a desautorização do ministro Sergio Moro na indicação de Ilona Szabó para a suplência de um conselho são, para alguns deputados, indícios de autoritarismo do presidente. Parte dos parlamentares com bom trânsito com Maia advoga que o Congresso deve dar seguidos recados ao governo, com a aprovação de projetos que contrariam interesses do Executivo. Outro grupo pondera que, se aprovar medidas para atrapalhar o governo, o Legislativo acabará alimentando a narrativa do Planalto de que prioriza interesses não republicanos. Por isso, esses deputados veem com preocupação momentos como a aprovação relâmpago, na terça-feira (26), da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que torna o Orçamento ainda mais engessado e pode comprometer o teto de gastos.

Vende-se uma casa no bairro Cruzeiro, em Jaguaquara

/ NOTÍCIAS

Uma boa opção para quem pensa em morar num imóvel estruturado e bem localizado. Está à venda, na Rua Eustáquio Luqueccss, no bairro Cruzeiro, próximo ao Centro da cidade. A casa, em bom estado, conta com quatro quartos, sala cozinha, dois banheiros, áreas interna e externa, além de um quintal amplo. Os interessados devem tratar do assunto pelo telefone (73) 98879-4796

A polêmica ”Reforma da Previdência” precisa ser analisada no cenário econômico

/ NOTÍCIAS

Fato incontroverso é a necessidade urgente de o Brasil se adaptar aos fluxos da economia global, reduzindo os custos para investidores, fomentando o empreendedorismo nacional, controlando as contas públicas e ampliando os níveis de transparência ativa e passiva. Este é o cenário no qual foi entregue ao Congresso pelo presidente Jair Bolsonaro o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) que modifica o sistema de previdência social, estabelece regras de transição e outras disposições, alterando 14 artigos na Constituição, outros três no Ato das Disposições Constitucionais Transitórias e criando dois novos artigos no texto constitucional. Dados da Secretaria da Previdência, divulgados em janeiro de 2019, indicam déficit de R$ 195,2 bilhões em 2018, com despesas de benefícios equivalentes à R$ 586,4 bilhões, ou seja, 8,6% do PIB. Especificamente, a previdência urbana registrou déficit de R$ 81,4 bilhões e a rural igual a R$ 113,8 bilhões. Este é um dos principais estímulos para a aprovação da Reforma da Previdência que estima um impacto líquido superior à casa do trilhão de reais em 10 anos, incluindo a reforma nos regimes geral e próprio, mudança de alíquotas e assistência básica e focalização do abono salarial. A Reforma da Previdência lato sensu inclui, além da mudança nas regras expostas na PEC, medida provisória e projetos de lei que pretendem combater fraudes, enrijecer mecanismos de cobranças de débitos previdenciários inscritos na dívida ativa e atualização do estatuto dos militares. Isso com as justificativas apresentadas no relatório do ministro da Economia que podem ser sintetizadas na sustentabilidade do sistema, redução de custos efetivos, atendimento aos princípios constitucionais de igualdade e distribuição de renda e, principalmente, a despesa previdenciária enquanto elemento que aumenta exponencialmente a dívida pública e limita o crescimento econômico contínuo. Assim, explica-se a abrangência da PEC alcançando, dentre outros, professores, servidores públicos federais, estaduais, distritais e municipais, pensionistas, idosos e pessoas com deficiência que recebem benefício assistencial, forças de segurança, anistiados políticos, trabalhadores urbanos e rurais, titulares de mandatos eletivos, justamente associando-se ao intuito de reduzir desigualdades, promover o crescimento econômico e proporcionar sustentabilidade ao sistema previdenciário.

Vice é preso após encomendar morte do prefeito baleado na cabeça no interior do Tocantins

/ NOTÍCIAS

Vice-prefeito de Novo Acordo, Leto Leitão. Foto: TV Anhanguera

O vice-prefeito de Novo Acordo, no interior do Tocantins, Leto Moura Leitão Filho (PRB), teria encomendando um novo ataque ao prefeito da cidade, Elson Lino de Aguiar (MDB) antes de ser preso. A informação é do delegado Leandro Risi, que coordenou a investigação. Segundo ele, desta vez Leitão ofereceu o dobro do valor ao pistoleiro para que o serviço fosse concluído. Em entrevista à TV Anhanguera, Risi informou que o primeiro atentando foi encomendado por R$ 4 mil ainda em 2018, mas os pistoleiros não chegaram a ir até a cidade. No segundo ataque, ocorrido na última quarta-feira (9), quando o prefeito foi baleado, o pagamento combinado seria de R$ 10 mil. ”Quando viram que o prefeito não tinha morrido, ele prometeu então R$ 20 mil para que eles voltassem e terminassem a tarefa após ele sair do hospital”, disse o delegado. Ainda de acordo com Risi, o crime teria sido motivado por conflitos na distribuição de propinas. ”Em principio, por uma divisão de recursos advindos de fraudes em licitações na prefeitura de novo acordo”, afirmou o delegado. O prefeito teria se recusado a repassar R$ 800 mil para o vice.

Prefeito Elson foi levado ao hospital após ser baleado na cabeça

Na saída do depoimento, Leto Moura Leitão negou as acusações, disse que não teve participação em nenhum esquema de propina e que vai provar a própria inocência. A defesa do prefeito da cidade, Elson Lino de Aguiar, repudiou a acusação de que haveria um esquema de proprina. ”O atual prefeito jamais permitiu qualquer tipo de ato ilícito durante o seu mandato, inclusive, nunca permitiu que se efetivasse qualquer pagamento a fornecedor sem processo licitatório devidamente formalizado”, diz a nota. O advogado disse ainda que a história e a carreira do político são marcadas por muito trabalho e honradez.

O caso

O prefeito de Novo Acordo, Elson Lino de Aguiar (MDB), de 59 anos, foi baleado na cabeça ao sofrer o atentado na tarde desta quarta. A família informou que o ele estava sozinho dentro de casa quando tudo aconteceu. O imóvel não é murado e a porta da sala estava destrancada. O atirador entrou e abriu fogo contra o prefeito dentro do quarto dele. O gestor conseguiu chegar até a parte de fora, onde pediu socorro. Três suspeitos de envolvimento na tentativa de homicídio foram presos em flagrante na manhã desta quinta: Leto Moura Leitão Filho, vice-prefeito de Novo Acordo; o empresário Paulo Henrique Sousa; e Gustavo Araújo da Silva, que seria o autor dos disparos. Eles foram detidos pela Polícia Civil e levados à Delegacia de Investigações Criminais (Deic) de Palmas. Após terminarem os depoimentos, eles devem ser levados para a Casa de Prisão Provisória de Palmas.