Skatista morre após ser atropelado por automóvel em Ipiaú; ele faleceu em ambulância do Samu

Skatista foi atingido por automóvel modelo Gol. Foto: Giro em Ipiaú

Um adolescente skatista, identificado pelo prenome de José, foi atropelado na Rua Rio Branco, centro de Ipiaú, por volta das 18h15 desse domingo (18), e não resistiu aos ferimentos, falecendo na unidade do Samu. Profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência tentaram por diversas vezes reanimar a vítima, mas sem êxito. Familiares receberam a notícia do óbito no local do acidente. O skatista de 17 anos era filho da cabelereira Josane Sampaio.

Conforme as informações apuradas pelo Giro no local, o skatista descia a Avenida quando se chocou com um automóvel modelo Gol, de cor vermelha. Um homem se apresentou à Polícia Militar como condutor do veículo, mas diversas pessoas no local, afirmaram que o carro era conduzido por outra pessoa, um jovem ainda não identificado. Testemunhas e o proprietário do veículo prestarão depoimentos na delegacia.

A PM encontrou o Gol parado na sua via. Mas há relatos que a cena do acidente teria sido alterada. Uma perícia deverá ser realizada pela Polícia Civil e apontar como ocorreu o atropelamento. ”Eu vi tudo, ele atropelou na faixa contrária a que desce, ele ultrapassou meu carro e outro que vinha na frente na faixa dupla”, comentou uma testemunha através de uma rede social. Ao GIRO, ele confirmou a versão postada e afirmou que irá testemunhar oficialmente sobre o caso. Imagens de câmeras na localidade deverão ser solicitadas pelas autoridades policiais. Com informações do Giro em Ipiaú

Prefeitos discutem gestão ambiental compartilhada e endividamento do Médio Rio das Contas

Liderados por Zé Cocá, gestores se reúnem. Foto: Divulgação

Prefeitos e/ou representantes dos municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal do Médio Rio das Contas (CIMURC) participaram da Assembleia Geral Extraordinária do colegiado nesta quinta-feira (15).

Na oportunidade foram abordados, entre outros assuntos, sobre um convênio a ser firmado para uma gestão ambiental compartilhada.

Também foram discutidos assuntos relacionados ao endividamento previdenciário dos municípios. Foram tratados ainda temas relativos ao desenvolvimento da região. *Por Souza Andrade

 

Tribunal rejeita contas do prefeito Olival, de Itagi, que sofreu multa no valor de R$ 54 mil

Olival Andrade foi punido pelo TCM. Foto: Blog Marcos Frahm

Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios rejeitaram as contas da Prefeitura de Itagi, da responsabilidade do prefeito Olival Andrade Júnior, relativas ao exercício de 2019. Além de ultrapassar o limite máximo para despesa total com pessoal, descumprindo o previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal, o gestor não quitou multas que lhes foram aplicadas pelo TCM em processos anteriores. O relator do parecer, conselheiro substituto Cláudio Ventin, multou o prefeito em R$5 mil pelas irregularidades apontadas no relatório técnico. A decisão foi proferida na sessão desta quarta-feira (24/03), realizada por meio eletrônico.

A despesa total com pessoal – com a aplicação da Instrução do TCM nº 003 – representou 63,06% da Receita Corrente Líquida de R$31.314.912,20, superando o limite de 54% previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Por esse motivo, o gestor também foi multado em R$54 mil – que corresponde a 30% dos subsídios que recebeu ao longo do ano –, pela não recondução dos gastos com pessoal ao limite previsto na LRF.

Também foi determinado o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$19.840,00, com recursos pessoais, decorrente da realização de despesas sem comprovação da efetiva prestação dos serviços.

O relatório técnico também registrou, como irregularidades, a contratação ilegal de serviços assessoria e consultoria técnica administrativa, por meio de inexigibilidade de licitação, no valor de R$72 mil; realização de compras não balizadas pelos preços praticados no âmbito dos órgão e entidades da Administração Pública; publicação intempestiva de contrato administrativo no valor de R$1.825.427,95; sublocação ilegal de veículos no montante de R$62.933,48; e a ausência de remessa e/ou remessa incorreta de dados e informações pelo sistema SIGA.

Em relação às obrigações constitucionais, o prefeito aplicou 25,54% da receita resultante de impostos (compreendida a proveniente de transferências) na manutenção e desenvolvimento do ensino no município, superando o mínimo exigido de 25%, e investiu nas ações e serviços públicos de saúde 15,84% da arrecadação dos impostos, sendo o mínimo previsto de 15%. Na remuneração dos profissionais do magistério foram investidos 71,14% dos recursos do Fundeb, também atendendo ao mínimo de 60%. Cabe recurso da decisão.

Município e Ibirataia consegue zerar casos ativos de Covid-19; 31 mortes foram registradas

O Município de Ibirataia, no Médio Rio de Contas, conseguiu zerar todos os casos ativos de covid-19. A informação foi dada no último boletim epidemiológico divulgado na segunda-feira (22), pela Secretaria Municipal de Saúde. Na cidade, até o momento, ocorreram 31 mortes provocados pela doença, com 2.031 pessoas infectadas pelo novo coronavírus, tendo um total de 2.000 pessoas recuperadas.

A Prefeitura atribui o resultado as ações que ocorrem no município desde o ano passado, como a manutenção das barreiras sanitárias nas entradas e saídas da cidade, monitoramento da chegada de pessoas de municípios que já tinham casos, realização de assepsia de vias públicas e locais com grande fluxo de pessoas, implantou leitos para tratamento da doença em parceria com a Fundação Hospitalar, distribuição de máscaras à população, ativação a Central de Atendimento à Covid-19, entre outras medidas.

Até o momento, Ibirataia soma 1.284 pessoas imunizadas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19, desde o início da imunização. Conforme a secretaria, 328 profissionais de saúde e 956 idosos tomaram a primeira dose. No momento, foi ampliada a faixa etária da vacinação, passando para maiores de 70 anos. Com informações do A Tarde

Em Ipiaú, Associação de Bares e Restaurantes protesta contra medidas restritivas apoiadas pela Prefeitura

Comerciantes protestaram no Centro da cidade. Foto: Giro em Ipiaú

Proprietários de bares, restaurantes e afins, juntamente com colaboradores, protestam na manhã desta quinta-feira (11), contra as restrições determinadas pelo Governo do Estado e apoiadas pela Prefeitura de Ipiaú, no combate ao avanço da covid-19.

Por conta do decreto, esse setor só funciona durante o dia, e no período das 18h às 23h apenas na modalidade delivery. Para os empresários, a decisão do governo é seletiva. O protesto teve início às 09h15 na praça Rui Barbosa, e em seguida houve uma caminhada em direção à praça Alberto Pinto, em frente ao prédio da Prefeitura Municipal.

A Associação de Bares e Restaurantes de Ipiaú e Região (ABRIR), estima que, desde o início da pandemia, cerca de 25% dos estabelecimentos foram fechados.

Ainda de acordo com a associação, existem em Ipiaú e no distrito do Japomirim, em torno de 120 estabelecimentos do ramo, e mais de 500 pessoas trabalham diretamente nesse setor. As informações são do Giro em Ipiaú

Polícia encontra corpo de jovem que estava desaparecido em Itagi; cadáver foi enterrado

Bruno Oliveira Gama

A Polícia Civil do município de Itagi, no Médio Rio de Contas, informou ter encontrado, nesta sexta-feira (12), após denúncia, o corpo de um jovem que estava desaparecido na cidade desde o último dia (8/2).

Segundo informações que constam no relatório divulgado pela delegada Wilma Caldas, a equipe esteve no local indicado via denúncia anônima, um posto em uma fazenda de propriedade de um senhor, na área rural, tendo encontrado o cadáver em cova rasa.

Peritos do Departamento de Polícia Técnica de Jequié foram acionados e fizeram o encaminhamento do corpo do IML, para realização dos procedimentos legais. Ainda segundo a delegada, a autoria é desconhecida e foi instaurado um inquérito para apurar o caso. Os familiares do jovem foram comunicados sobre a descoberta e fizeram o reconhecimento, sendo a vítima identificada como Bruno Oliveira Gama. Conforme relatados da família, Bruno saiu de casa dizendo que iria se encontrar com uma garota e não mais voltou.

Atlantic Nickel confirma investimento de 355 milhões de dólares em Itagibá , no Médio Rio de Contas

Com sede em Itagibá, no sul da Bahia, a empresa Atlantic Nickel confirmou nesta semana que a sua projeção é dobrar a capacidade produtiva de minério, com o início da operação subterrânea na Mina Santa Rita, prevista para 2028.

Para isso, cerca de US$ 355 milhões devem ser investidos nos primeiros cinco anos desta nova fase. De acordo a companhia, os novos investimentos vão possibilitar a elevação do tempo de vida útil da mina em Itagibá de oito para 34 anos – 8 anos de mina a céu aberto mais 26 anos de mina subterrânea.

Além disso, a Atlantic Nickel já comemora a recente descoberta de um novo depósito com potencial significativo de recursos de níquel a apenas 26km de distância, e no mesmo cinturão geológico, de onde já funciona a Mina Santa Rita.

A empresa informou ainda que a proximidade desta nova área com a infraestrutura em operação e a viabilidade de integração logística apontam para o sucesso dos estudos de expansão.

Projeto do Estado irá produzir 100 toneladas de pescado por ano no Médio Rio de Contas

A partir deste ano, a Barragem de Pedras, que banha os municípios de Iramaia, Jequié, Manoel Vitorino e Maracás, poderá se transformar em uma privilegiada fonte de renda para pelo menos 20 famílias de produtores da região do Médio Rio de Contas.

Um plano de trabalho firmado entre a Bahia Pesca e a Cooperativa dos Piscicultores de Tanhaçu e Região (Coopstar) está viabilizando a implantação de 50 tanques-redes na barragem, garantindo a produção de cerca de 100 toneladas de pescado por ano.

A Coopstar foi a vencedora do chamamento público realizado pela Bahia Pesca, em dezembro de 2020, e receberá cerca de R$ 500 mil para ações de regularização ambiental dos empreendimentos e reestruturação da produção em viveiros escavados.

Para Alan Oliveira, presidente da cooperativa, o recurso irá possibilitar o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva na região. ”Para nós, produtores, esse investimento significa um produto final com maior valor agregado, o que será vendido por um preço maior, trazendo mais lucro e melhores condições de vida para nossas famílias”, afirma.

O presidente da Bahia Pesca, Marcelo Oliveira, explica que o projeto prevê também a aquisição de licenças ambientais. “Fizemos um levantamento na região e percebamos uma carência muito grande de alevinos e subsídios para dar uma alavancada na atividade. O recurso do projeto será investido na compra de peixes reprodutores geneticamente melhorados e ração, além da requalificação do laboratório de produção de alevinos. Com essas novas ferramentas, poderão aumentar sua produtividade e a qualidade de vida no trabalho”, destaca.

Território do Médio Rio de Contas recebe projeto de piscicultura de R$ 500 mil, com a Barragem da Pedra

A piscicultura no território do Médio Rio de Contas passará, em 2021, por uma grande transformação. A Barragem de Pedras, que banha os municípios de Jequié, Iramaia, Manoel Vitorino e Maracás, será utilizada para a produção de cerca de 100 toneladas de pescado por ano.

O projeto, realizado pela Cooperativa dos Piscicultores de Tanhaçu e Região (Coopstar) com recursos da Bahia Pesca, beneficiará diretamente cerca de 20 famílias que já trabalham com piscicultura na barragem e no Rio de Contas.

”A Coopstar foi a vencedora do chamamento público realizado pela Bahia Pesca no ano passado com o objetivo de fortalecer a cadeia produtiva de piscicultura do Médio Rio de Contas. A Bahia Pesca repassará à organização cerca de R$ 500 mil reais, que serão investidos em ações de regularização ambiental dos empreendimentos da cooperativa e reestruturação da produção em viveiros escavados”, explicou o presidente da Bahia Pesca, Marcelo Oliveira.

O plano de trabalho firmado entre a Bahia Pesca e a Coopstar prevê a implantação de 50 tanques-redes na barragem de Pedras, aquisição de licenças ambientais, compra de matrizes (peixes reprodutores) geneticamente melhoradas e ração, e requalificação do laboratório de produção de alevinos.

”Essa é uma iniciativa que se torna ainda mais importante nesse momento de crise que vivemos, ao garantir a segurança alimentar dos baianos, por meio do aumento na produção de peixes, e também ao proporcionar renda às famílias de pequenos agricultores familiares do Médio Rio de Contas”, complementou Marcelo Oliveira.

Fonte: Ascom/Bahia Pesca

Jitaúna foi o primeiro município da Regional Sul de Jequié a ter paciente vacinado contra Covid

Marcelo Motta Xavier, 35 anos, foi vacinado. Foto: Divulgação

Sem perder tempo, tão logo recebeu o primeiro lote de vacinas contra a Covid-19, nesta terça-feira (19), a Prefeitura de Jitaúna, na região de Jequié, deu início a vacinação no Município.

Marcelo Motta Xavier, 35 anos, enfermeiro, foi o primeiro a ser vacinado. Ele trabalha na linha de frente no enfrentamento ao Coronavírus desde o início do período pandêmico.

A dose foi ministrada pela Secretaria de Saúde, a enfermeira Patrícia Lopes. Jitaúna foi o primeiro município da Regional Sul de Jequié a ter paciente vacinado.

Empresário é baleado no Centro de Ipiaú ao tentar interceptar assaltante que tomou carro do irmão

Vítima foi alvejada no ombro pelo bandido. Foto: Ipiaú Online

Um empresário foi baleado no ombro, na tarde desta terça-feira (19), no Centro da cidade de Ipiaú, no Médio Rio de Contas.

Segundo o site Giro em Ipiaú, o homem, proprietário de uma loja de Autopeças, foi alvejado por um assaltante que teria tomado de assalto minutos antes um carro do irmão da vítima, na Rua 7 de setembro, próximo ao Banco do Brasil de Ipiaú. Populares contam que o comerciante interceptou o ladrão nas imediações de sua loja, e que ele teria tentado dominá-lo.

Após atirar em Ricardo, o criminoso acabou batendo o carro e fugiu a pé, sendo alcançado pela Polícia Militar.

Ainda segundo o site, houve troca de tiros e o assaltante identificado como Uilquison Santana Vieira, de 30 anos, foi baleado no pé. Já Ricardo foi encaminhado para atendimento médico em uma clínica particular.

Ele foi capturado e levado ao Hospital Geral de Ipiaú. A suspeita é de que o criminoso seja morador da região de Ibirapitanga. Aparentemente, ele estava sozinho. O indivíduo teria tomado o carro quando o condutor estacionava.

Prefeito de Jequié, Zé Cocá é eleito presidente do Consórcio Intermunicipal Médio Rio das Contas

Prefeito de Jequié, Cocá vai comandar Consórcio. Foto: Marcos Frahm

Aconteceu, na sesta sexta-feira (), no auditório da Associação Comercial e Industrial de Jequié (ACIJ), no Centro, a Assembleia Geral Extraordinária para eleição do novo presidente do Consórcio Intermunicipal Médio Rio das Contas (CIMURC). Zé Cocá (PP), prefeito de Jequié, que já foi presidente do Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Jiquiriçá (CONVALE) e coordenador estadual dos consórcios públicos, teve o nome escolhido pela maioria dos consorciados presentes, assumindo um mandato de dois anos à frente da entidade.

Este ano, votaram os prefeitos de Barra do Rocha, José Luiz Franco Ramos Costa; de Gongogi, Adriano Mendonça Pinheiro; de Ibirataia, Ana Cléia dos Santos Leal; de Itagibá, Marcos Valério Barreto; de Itamari, Everton Borges Vasconcelos; de Jitaúna, o Patrick Lopes; de Ubatã, Vinícius do Vale de Souza; de Apuarema, Jorge Rogério Costa Souza; e de Itagi, Olival Andrade Júnior, que defendeu a escolha de um representante de outro município para presidir o CIMURC, tendo sido voto vencido. Estiveram presentes, como convidados, o prefeito de Lafaiete Coutinho, José Freitas de Santana Junior, o João Véi; e Antônio Danilo, gestor municipal de Nova Itarana, que no mesmo dia foi eleito em Maracás presidente do Consórcio do Vale do Jiquiriçá.

O evento foi marcado por discussões acaloradas entre Zé Cocá, Olival Andrade do DEM, prefeito de Itagi e Ana Cléia, do PSD, gestora de Ibirataia e que se uniu a Olival com posicionamento contrário a candidatura de Cocá. Olival subiu o tom após a fala do prefeito reeleito de Jitaúna, Patrick Lopes do PP, que teria evidenciado a aproximação de Zé com o governador Rui Costa (PT), o que para ele, a relação com o chefe do Executivo baiano facilitaria na busca através do consórcio de benefícios para o território. Olival rebateu afirmando que o governador não iria deixar de atender um prefeito em detrimento do outro e que era favorável a alternância, em face de Jequié já ter presentado o Consórcio até 31 de dezembro último, quando o ex-prefeito Sérgio da Gameleira (PSB) deixou a prefeitura e a presidência da entidade. O gestor de Itagi, que é declarado opositor de Rui, disse não ter problemas com Cocá no campo pessoal, mas que não poderia defender a candidatura do novo prefeito de Jequié, ameaçando inclusive se desligar do CIMURC. Ele deixou o local momentos antes da votação. Já Ana Cléia, comungava com a ideia de Olival, voltou atrás e aceitou compor a chama, sendo eleita vice-presidente.

Prefeitos do Médio Rio de Contas escolhem Zé Cocá presidente

Ao final da votação, o novo presidente firmou compromisso para a criação de uma mesa diretora, que passará a ser composta de uma vice-presidência, tesouraria e secretaria. Para estes novos cargos, foram indicados Ana Célia Leal, de Ibirataia; Marcos Valério, de Itagibá; e Vinícius do Vale, de Ubatã.

”Trabalharemos para o fortalecimento da municipalidade através do CIMURC. Os consórcios de infraestrutura são fundamentais para a execução de serviços e obras e, por meio do esforço de cada município participante, contando com o apoio do Governo do Estado, vamos lutar por melhorias estruturais, principalmente na questão das malhas viárias, importante canal de escoamento da produção dos municípios consorciados, entre outras demandas que podem ser resolvidas de forma mais ágil, por meio do Consórcio.” destacou Zé Cocá.

Câmara de Ipiaú aprova aumento dos salários da prefeita, vice-prefeito e secretários municipais

O plenário da Câmara Municipal de Ipiaú aprovou, na sessão ordinária do último dia 17, o Projeto de Lei que dispõem sobre a fixação dos subsídios da prefeita, vice-prefeito e secretários municipais para o período de 1º de janeiro de 2021 a 31 de dezembro de 2024. De acordo com a matéria, da autoria da Mesa Diretora da Câmara, o subsídio da prefeita será fixado em R$ 16.000 , enquanto o do vice-prefeito será de R$ 9.200. Os secretários receberão R$ 8.625.

O valor do subsídio mensal dos referidos cargos não poderá ser alterado durante a legislatura, mas será anualmente revisado com o mesmo índice e na mesma data em que for realizada a revisão geral da remuneração dos servidores do município.

O artigo quarto deste Projeto de Lei elaborado pela Mesa Diretora da Câmara, presidida pelo vereador Alessandro Moreira (San de Paulista), assegura à prefeita, vIce-prefeito e secretários municipais, o direito ao recebimento das parcelas adicionais de 13º salário e um terço (1/3) de férias.

SESSÃO EXTRAORDINÁRIA
Já o Projeto de Lei 14/2020, também de autoria da Mesa da Câmara Municipal, que define o subsídio dos vereadores em R$ 7.599, 67 e dá outras providências, ainda não foi votado. Para que a sua apreciação aconteça será necessária a convocação de uma sessão extraordinária, tendo em vista que a Câmara encontra-se em recesso até o próximo dia 15 de fevereiro.

Se depender de alguns vereadores da base governista, que será maioria absoluta na próxima legislatura, esse projeto, datado do dia 30 de setembro do ano em curso, será arquivado por falta de quórum. Sendo assim prevalecerá o valor do subsidio da atual legislatura, ou seja, R$7.500.

O salário do vereador é prefixado com base no percentual fixo do salário do deputado estadual que em função da situação da pandemia não foi reajustado, deste modo não justifica-se reajustes nos vencimentos dos parlamentares municipais. No Projeto de Lei 14/2020 também consta a proposta de pagamento das parcelas adicionais de 13º salário e um terço ( 1/3) de férias aos edis. (Giro/José Américo Castro).

Vice-prefeito eleito de Aiquara vence a Covid-19 e recebe alta do Hospital São Vicente, em Jequié

Vivaldo Honorio da Silva venceu o coronavírus. Foto: Divulgação

Mais um paciente deu exemplo de superação ao vencer a Covid-19 no Município de Jequié. O vice-prefeito eleito da cidade de Aiquara, no Médio Rio de Contas, Vivaldo Honorio da Silva, de 54 anos, recebeu alta hospitalar do Hospital São Vicente, uma das unidades de Saúde que atuam por meio de parceria com o Estado como centro de tratamento do coronavírus.

Liberado, o vice-prefeito eleito foi encaminhado para Aiquara, onde foi recebido por amigos e familiares com homenagens.

Desde o início da pandemia até sexta-feira (18), Aiquara registrou 323 casos da doença, com 07 óbitos e o número de casos ativos é de 05, segundo o último boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Saúde.